Um brinde à Stephen King

Hoje, 21 de setembro de 2019, o mestre do horror completa 72 anos.

Hoje, 21 de setembro de 2019, o nosso mestre do horror completa 72 anos. Stephen King tem mais de 55 livros lançados, mais de 200 contos publicados e é o nono autor mais traduzido do mundo. Apesar de ser mundialmente famoso  pelo Gênero terror,  ele também se destacou escrevendo vários livros de ficção científica, policiais, fantasia, suspenses ,biográfico etc. Alguns deles  ele escreveu com o Pseudônimo Richard Bachman como, por exemplo, “Os Justiceiros”.

A maioria de suas estórias foram parar na Televisão e foram adaptadas para o cinema, tornando-se Filmes e séries. Alguns exemplos: Colheita maldita, Christine – o carro assassino, À espera de um milagre, O quarto 1408, Under The dome, The Dead Zone, e muitos outros. Os filmes mais recentes são os remakes de “It a coisa – parte 2″ e ” cemitério Maldito”. Lançados em 2019.

Stephen King vive no Maine, lugar onde se passa a maioria das estórias de seus livros. Ele é casado com a também escritora Tabitha Spruce King,  e tem três filhos: Noemi King, Joe Hill, Owsen King. Joe e Owsen tem livros lançados, uns até em parceria com Stephen e, atualmente seguem trilhando o caminho de sucesso do pai.

O autor já recebeu diversos prêmios importantes da literatura como:

  • Bram Stoker Award.
  • World fantasy Award
  • Mistery Writers of America e outros.

Recebeu também a medalha Nacional das Artes por suas contribuições para a literatura no ano de 2015.

Algumas curiosidades sobre o autor e sua carreira:

1- Carrie, A estranha.

Carrie foi o primeiro livro de Stephen King. Sua esposa Tabitha certa vez o encontrou pela metade jogado no lixo. Ela gostou do que leu e o encorajou a terminar o livro. Esse foi o primeiro de muitos outros  livros de sucesso que ele ainda vem lançando. Foi também um de seus primeiros livros adaptados para o cinema. A primeira versão do  filme foi lançada em 1976.

2- Ainda sobre Carrie, A estranha.

Stephen inspirou-se em duas alunas do mesmo colégio em que estudava e que sofriam Bullying. E assim criou Carrie, que conta com todos aqueles poderes telecinéticos e que se vinga de todos que fizeram algum mal para ela.

3- Stephen King e Ramones

King sempre foi muito fã da Banda Punk Rock  Ramones. Em 89, eles escreveram a letra de Pet Sematary, música que seria o tema e o nome do livro de Stephen King e do filme Cemitério maldito (nome do filme no Brasil). A música “Pet Sematary” acabou sendo um dos maiores sucessos da banda.

4-Cemitério Maldito (Pet Sematary)

Ainda falando em “cemitério maldito” vale destacar que King fez uma breve aparição no filme. Sim, ele é o padre! 🙂

5- O iluminado – O filme

Apesar do filme ter sido dirigido por ninguém mais ninguém menos que o grande Stanley Kubrick, esta é a adaptação que Stephen King menos gosta. Aliás, ele diz que odeia.

6- O autor e as drogas

King é notável por muitas obras inesquecíveis. Mas algumas delas ele escreveu sob efeito de álcool e drogas. Alguns desses livros foram : “It- a coisa”, “cemitério maldito”, “cujo” e parte de ” A torre Negra”. Ele inclusive  lembra-se vagamente das estórias que criou  nesse período em que fazia uso de entorpecentes. E há muito do próprio autor em suas estórias e personagens. Muitos deles são escritores, e alguns tem problemas com drogas  ou álcool. Como por exemplo, o Jack Torrance de “O iluminado” . Stephen hoje está recuperado do vício.

7- Vida pessoal

Antes de tornar-se um autor famoso e conhecido no mundo todo, king passou diversas dificuldades financeiras. Chegou a trabalhou em uma lavanderia e morou num trailer com a esposa e os filhos pequenos.

Então é isso pessoal! Muitas estórias, muitos livros, contos, filmes e séries inspiradas nas criações do nosso querido Stephen King. Muita saúde para o nosso mestre do terror (como sempre será lembrado), para que continue a nos brindar com mais leituras sensacionais que ainda vamos resenhar e falar muito aqui no mundo Hype.

Opa, enquanto eu falava sobre King já tem livro novo dele!  “O instituto”. Esse homem escreve à todo vapor. Vou lá ler e já volto. Até mais! 🙂

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here