“TOP FIVE DA NOVA” – EDIÇÃO Nº 7 – ESPECIAL “GUERRA DOS REINOS”

Boa noite aos amigos do “Mundo Hype” !!!

Após pensar muito sobre algo novo e que chamasse o nosso público para participar, resolvemos trazer de volta uma postagem com uma nova roupagem e que se adequasse aos novos tempos.

Apresentamos o “TOP FIVE DA NOVA” !!!!

Uma opinião clara e simples sobre o que está sendo publicado em nossa bancas, e o nosso objetivo é ser uma fonte de informação para quem quer adquirir HQ’s que valham a pena gastar o seu “suado” dinheiro (a situação não está fácil para ninguém, não é mesmo?)

Nesta sétima edição apresentamos uma avaliação das edições (as principais), que trouxeram a saga “A Guerra dos Reinos” (como foi prometido na última edição desta coluna). Vamos analisar cronologicamente as edições, quanto ao conteúdo e importância dentro da saga (hoje excepcionalmente sem ranqueamento). E agradecemos a participação de todos para a montagem desta edição….continuem nos ajudando com suas opiniões!!!

A GUERRA DOS REINOS Nº 1

Jason Aaron (roteiro principal) e Russell Dauterman (arte principal).

E chegamos ao ápice da Guerra dos Reinos, com a chegada de Malekith e seu exército à Midgard (ou o Planeta Terra como preferirem….rrsss). Nesta edição acompanhe a violenta investida ao nosso planeta, onde o foco é a cidade de Nova York (e com certeza onde estão a grande maioria dos super-heróis neste momento).

Um encadernado composto por 4 histórias (a principal e as outras 3 com uma sub-trama com uma equipe de heróis de “segundo escalão” em uma missão dada por Lady Freyja, com roteiro de Os McElroys (fraco) e arte de André Lima de Araújo (sofrível).

Se fosse pela sub-trama não estaria valendo a pena, mas o mais importante é a trama principal (mais uma artimanha usada pela Panini para vender mais caro a saga que realmente interessa….até quando, hein?) ???

A GUERRA DOS REINOS – CRÔNICAS DE GUERRA Nº 1

Jason Aaron, Gerry Duggan entre outros (roteiro) e Andrea Sorrentino entre outros (arte).

Nesta edição somos apresentados ao Demolidor, o deus sem medo (isto acontece após Heimdall o nomear portador de sua espada e com isso, herdar os poderes de observação do deus guardião da Bifrost). A curiosidade é que por ser deficiente visual, o demônio da Cozinha do Inferno agora “escuta” tudo que acontece nos dez reinos.

Também acompanhamos o Justiceiro fazendo o que mais gosta: combatendo sem piedade Gigantes de Gelo e Elfos Negros (e todo tipo de criatura), para retomar a cidade de Nova York.

O encadernado também traz aventuras dos Três Guerreiros de Asgard (agora com Hildegard no lugar de Volstag) e do grupo de infiltração montado por Freyja, para destruir Ymir, o deus arquiteto dos Gigantes de Gelo, na Flórida (agora território ocupado pela raça). De interessante mesmo Demolidor (como sempre) e o Justiceiro (uma aventura sensacional)….o resto só para fazer volume!!!

A GUERRA DOS REINOS Nº 2

Jason Aaron (roteiro principal) e Russell Dauterman (arte principal).

A Guerra dos Reinos continua em um cenário de violência e morte por todos os lados, e com Thor preso em Jotunheim (devido a destruição da Bifrost), Freyja monta uma equipe de resgate composta pelo Capitão América, Wolverine, Homem-Aranha, Luke Cage e Punho de Ferro, para trazer o deus do trovão de volta à Terra.

Freyja também monta a sua própria equipe (composta por Justiceiro, Mulher-Hulk, Blade e Motoqueiro Fantasma) em uma missão suicida, para destruir a Bifrost Negra de Malekith.

Também no encadernado a continuação da sub-trama com uma equipe de heróis de “segundo escalão”, em sua missão de proteção à vida da filha de Lady Freyja e Odin (sim leitor, você leu corretamente…rrsssss). Uma edição “quase” completa, se não fosse por esta última aventura citada (as outras sub-tramas seguram e completam o cenário para a terceira e última edição).

A GUERRA DOS REINOS – CRÔNICAS DE GUERRA Nº 2

Jason Aaron, entre outros (roteiro) e Andrea Sorrentino entre outros (arte).

Nesta edição acompanhamos a entrada dos X-Men na Guerra dos Reinos, e a participação do Dr. Estranho (em um confronto contra Pesadelo), Loki (antes dos acontecimentos da primeira edição de Guerra dos Reinos) e da equipe infiltrada na Flórida (lembram-se dela…eu já tinha esquecido…rrsss).

Realmente um encadernado com conteúdo muito fraco (só a primeira aventura com o Demolidor se salvou).

A GUERRA DOS REINOS Nº 3

Jason Aaron (roteiro principal) e Russell Dauterman (arte principal).

Nesta edição a Guerra dos Reinos chega ao seu final de forma devastadora e brutal (um épico criado por Jason Aaron desde que assumiu o título do deus do trovão), e um final que mudará Thor de uma maneira nunca antes vista (com influências no passado, presente e até mesmo no futuro).

E logicamente o derradeiro combate de Thor contra Malekith (com várias surpresas durante e depois deste combate). Neste encadernado também o final da sub-trama com “aquela” equipe de heróis de “segundo escalão” (que desnecessário!!!) e a apresentação da participação da Capitã Marvel durante a guerra.

Uma edição que fecha a saga e prepara o terreno para as consequências da guerra, que serão mostradas em Thor Nº 3.

A GUERRA DOS REINOS – CRÔNICAS DE GUERRA Nº 3

Jason Aaron, entre outros (roteiro) e Andrea Sorrentino entre outros (arte).

Nesta edição a conclusão de todas as “pontas soltas” das sub-tramas (e a principal delas a do Demolidor, o deus sem medo (uma grata surpresa!!!).

E também das decepções como: a Liga dos Reinos (com a participação do Homem-Aranha), Dr. Destino e Mulher-Hulk. Realmente só valeu o Demolidor (comprar um encadernado por causa de uma história de 5 páginas?….assalto à mão armada !!!).

THOR Nº 3

Jason Aaron, entre outros (roteiro) e Mike Del Mundo, entre outros (arte).

Nesta edição acompanhamos o desfecho de personagens com um novo caminho ou futuro, traçados pelo desfecho da Guerra dos Reinos (casos de Loki, Cul Borson e Jane Foster).

O ressurgimento de uma nova Asgard (agora com um novo Pai Supremo), e um vislumbre do que aguarda por Thor daqui em diante (e serão dias realmente fantásticos !!!).

Avaliação Final : eu realmente esperei com ansiedade por esta saga ser publicada por aqui (em se levando em conta a saga principal), e fiquei satisfeito com o resultado final.

O roteiro de Jason Aaron foi simplesmente cinematográfico (eu cheguei até a imaginar um filme com esta saga), mas o que me desagradou profundamente foi o modo como foi publicada.

Das sub-tramas só se salvam os materiais do Demolidor e do Justiceiro; com isto teríamos no máximo dois encadernados publicados (um com a saga principal e este material em outro). Infelizmente a ganância está acima da qualidade oferecida em publicações deste tipo (já vimos isso em outras sagas aqui publicadas).

Espero que gostem desta compilação de dados e que ela possa ajudar a escolher futuras aquisições de quadrinhos, pois este é o nosso maior objetivo…..eu sou o Paulo Cruz e aguardo por suas opiniões e sugestões para que sempre apresentemos quadrinhos de qualidade nesta coluna….até a próxima semana !!

 

Sobre o autor

Leia mais Originais

Drops Hype Nº 9 | Quem eram os Mestres do Terror que atacaram a mansão dos Vingadores?

Eu sou o Paulo Cruz e esta é uma nova coluna sem data fixa de postagem (pintou a ideia, vai para o site). Minha proposta é...

Top 10 Curiosidades | Sandman

Olá leitores do Mundo Hype! Hoje trouxe para vocês curiosidades sobre um dos meus personagens favoritos do mundo dos quadrinhos: Morpheu, ou Sandman. Morpheu...

Drops Hype Nº 8 | Você conhece a Freak Force?

Boa tarde amigos da Mundo Hype !!! Eu sou o Paulo Cruz e esta é uma nova coluna sem data fixa de postagem (pintou a ideia,...

“TOP FIVE DA NOVA” – EDIÇÃO Nº 12

Boa tarde aos amigos do “Mundo Hype” !!! Após pensar muito sobre algo novo e que chamasse o nosso público para participar, resolvemos trazer de...