Review | Wayne de Gotham de Tracy Hickman

Você já deve pensar logo de cara que esse livro se trata de Bruce “Batman” Wayne? se você pensou isso parabéns você está certo. Mas o grande diferencial escrito por Tracy Hickman é justamente o fantasma que ronda a família Wayne muito antes do Morcegástico Bruce decidir ser o Justiceiro de Gotham. Nosso cavaleiro das trevas possui hoje o maior número de publicações de história em quadrinhos, pouquíssimos livros são feitos baseados em heróis. Mais um motivo pra você ler o início de tudo.

Começando o livro já nos deparamos com um prefácio que mostra claramente o relacionamento de Thomas Wayne (Pai de Bruce) e seu pai Patrick Wayne (Avô de Bruce), quão ríspido e rígido era com sua família e como evoluiu o império das Indústrias Wayne, de como era severo com o filho ainda criança e de como Thomas aprenderia as duras lições de como ser um Wayne, pois queria ensinar Thomas a ser um homem.

A história faz breves flashback´s entre o antes e o agora, portanto acompanhamos a estranha situação do não mais tão jovem Bruce Wayne. Gotham como sempre a beira do caos e ninguém melhor que Batman para desvendar o que se passa. Batman se encontra em um ambiente hostil com criminosos apontando armas, em meio seus caçadores ele se depara com Comissário Gordon tentando matá-lo e surpreendentemente acusando o Cavaleiro das trevas, de deixar Bárbara na cadeira de rodas. Bruce sabe que não foi ele quem o fez, e se pergunta que estaria manipulando o pensamento de Gordon e das demais pessoas, Cogitou a possibilidade de ser o Espantalho, porém Bruce sabe que ele não tem poder pra isso. Seria Spellbinder? Coringa? Scarface? Talvez.

Thomas Wayne herdeiro de todo o império Wayne, não tem a mínima vontade de seguir os passos do pai, por isso decide estudar medicina e fazer o que realmente gosta, por influência e investimento de seu pai, Thomas concluiu sua graduação na melhor faculdade e se vê impelido de trabalhar para ajudar as pessoas carentes de Gotham, seu coração pulsa forte por sua vizinha e amiga de infância Marta Kane cujo modo de ser e atitudes são contrários aos de Thomas. Marta quer curtir a vida e aproveitar ao lado de pessoas que partilham do mesmo pensamento.

Ao desenrolar da história podemos ver pequenas origens do genuíno mal de Gotham, das aventuras perigosas da família Wayne e como foi criada a incubadora de vilões, psicopatas e sociopatas de alto nível, nascidos ou encarcerados no que hoje conhecemos como Asilo Arkham. Veja também o surgimento dos 4 cavaleiros do apocalipse de Gotham, justiceiros impiedosos do final da década de 50. O legal é ver toda sujeira que existe em Gotham mesmo antes de Bruce vestir o manto, ele já era necessário. Uma das mais satisfatórias curiosidades fica por conta do mordomo Alfred Pennyworth o fiel, sereno e atento, nem sempre atuou apenas nesse ramo, e como ele mesmo diz a Thomas Wayne “Sou pago para limpar a sujeira”, Ficou uma bela pista heim rsrsrs.  Leia, pra você fã do Morcego é essencial que conheça esse lado da história, pra você que ainda não é, tenho certeza que irá se tornar um. Wayne de Gotham de Tracy Hickman.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet