Review | Trono de Vidro – Rainha das Sombras, de Sarah J. Maas

Em Trono de Vidro – Rainha das Sombras, lançado pela Editora Galera Record, Aelin assume oficialmente sua situação de rainha de Terrasen. Ela volta para Forte da Fenda e vê que as coisas estão muito piores do que imaginava: seu primo, que ela não sabia o paradeiro, estava preso e seria executado em breve pelo rei de Adarlan, Dorian fora capturado por seu pai e a sua relação com os rebeldes – e Chaol – não era das melhores. Aelin agora precisa resgatar seu primo, lidar com a raiva de Chaol e descobrir como restaurar a magia, enquanto tenta fugir da manipulação de seu antigo empregador – o Rei dos Assassinos. Ao mesmo passo em que Aelin precisa lidar com todos os seus problemas, os membros de sua corte possuem os seus próprios. Em Morath, Manon Bico Negro tenta lidar com as bruxas sob sua jurisdição, ao mesmo passo que tenta descobrir o que realmente acontecia dentro das montanhas onde estava. Um personagem novo é acrescentado à história, Elide, que passa a ser uma aliada de Manon e tem seu passado interligado com o de Aelin.

Resenha de @booksofdrez :

iz essa leitura acompanhada por vários fãs da série, o que me proporcionou uma experiência cheia de surtos e trocas de opiniões.

Em Rainha das Sombras, nossa protagonista está cheia de contas para acertar e seu regresso é gostoso de ler. Nesse volume ela retorna a Adarlan bem melhor do que saiu, aceitando e abraçando o seu destino, poderosa como sempre, mas acima de tudo muito ágil, nos encantando com seus feitos que fazem toda diferença na trama. Vemos outros personagens ganharem espaço e crescerem na estória, igualmente cativantes quantos os que já conhecemos. Amizades e aliados improváveis é o que mais temos neste livro, o que me surpreendeu bastante. Algumas relações e tratamento entre personagens principais ficaram muito cansativas à certa altura para mim.

Apesar do volume ter conquistado meu coração, tiveram algumas partes que eu esperava mais, mas entendo que a autora focou em outras questões, o que conseguiu preencher qualquer coisa que eu tenha achado que faltasse anteriormente. Teve uma parte que me enganou direitinho nesse livro… Ahh, sofri, sem coragem de virar a página de tanto medo hahaha. É aquele livro que em vários momentos você precisa parar e respirar para assimilar o que acabou de ler. Personagens que nunca me agradaram deram um show, a ponto de me deixar arrepiada. Bem, não estive nada preparada para o que me esperava no final.

Para quem já leu Corte, da mesma autora, e sabe do que estou falando, tem acontecimentos que não podemos acreditar. Fiquei bem emocionada mais de uma vez nos últimos capítulos. Vi dizerem que parece até que a série terminaria nesse livro e realmente é o que eu pensaria se não soubesse que tem muita coisa pela frente ainda. Mais uma vez, Sarah me presenteou com um desfecho daqueleeeesss. E mais uma vez eu favorito e dou cinco estrelas, só na admiração. Essa escritora é fiel a cada personagem e a gente vai tendo essa noção à medida que continua a série, o que eu aplaudo e amo perceber na trama; os personagens não se perdem.

Espero que vocês tenham gostado dos posts que ando fazendo sobre minha experiência com Trono de Vidro. Fico por aqui. Tenham uma boa noite, pessoal!

Adquira se exemplar na Amazon _ clique aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Review | Bodas de Fogo, de Deborah Simmons

Bodas de Fogo é um dos romances de época mais engraçados que li esse ano! Publicado pela Editora Leque Rosa, um selo da Editora...

Review | Lendário, de Stephanie Garber

Lendário é o segundo volume da trilogia de Caraval, da autora Stephanie Garber, publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito. Fiz a leitura desse...

Review | X-Men – Programa de Extermínio

Chegou ao fim mais uma parte, dessa vez: PROGRAMA DE EXTERMÍNIO , que pra mim é uma das sagas mais bem elaboradas e marcantes...

Review | A Baleia Noturna do Meu Sertão de Emerson Sarmento

A Baleia Noturna do Meu Sertão é o belo e poético titulo de uma ficção teatral lançada em forma gráfica pela Editora Penalux. Escrito por...

Review | Lady Killers, de Tori Telfer

Com uma edição primorosa em capa rosa e que faz parte da galeria Crime Scene da editora, a darkside apresenta um desfile de mulheres...

Review | Bodas de Fogo, de Deborah Simmons

Bodas de Fogo é um dos romances de época mais engraçados que li esse ano! Publicado pela Editora Leque Rosa, um selo da Editora...

Review | Lendário, de Stephanie Garber

Lendário é o segundo volume da trilogia de Caraval, da autora Stephanie Garber, publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito. Fiz a leitura desse...

Review | X-Men – Programa de Extermínio

Chegou ao fim mais uma parte, dessa vez: PROGRAMA DE EXTERMÍNIO , que pra mim é uma das sagas mais bem elaboradas e marcantes...

Review | A Baleia Noturna do Meu Sertão de Emerson Sarmento

A Baleia Noturna do Meu Sertão é o belo e poético titulo de uma ficção teatral lançada em forma gráfica pela Editora Penalux. Escrito por...