Review | Mentira Perfeita de Carina Rissi

Sinopse : 

Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…

Resenha : 

Carina Rissi nos apresenta Júlia, uma garota forte e independente, mas tem um ponto fraco, sua tia. Ela mora com a tia Berenice desde criança e tem um carinho muito grande por ela. O único problema é que Berenice precisa de um coração novo rapidamente.

Logo no inicio da leitura, a tia de Júlia vai para o hospital, pois seu coração está fraco. Para ver sua tia feliz, Júlia acaba contando uma mentira que muda todo o rumo da história : que está apaixonada. Sua tia, muito empolgada, melhora rápido por conta da noticia e Júlia não sabe como contar a verdade, por medo que sua tia acabe indo para o hospital novamente.

Somos apresentados a Marcus, o irmão de Max do livro Procura-se um Marido. Marcus sofreu um acidente e ficou paraplégico, mas isso não o impede de praticar esportes e ter muitas mulheres em sua cama. Ele mora com o irmão e a noiva Alicia, protagonista do livro Procura-se um Marido. Marcus quer ser independente e morar sozinho, mas seu irmãos e seus pais só aceitam se ele tiver um cuidador.

Assim, Marcus e Júlia acabam se encontrando, Júlia precisa de um  namorado apaixonado e Marcus precisa de alguém que se passe por sua cuidadora. Assim os dois fazem um trato que ajudarão um ao outro. O desfecho vocês podem imaginar…

Personagens : 

Júlia foi uma personagem que eu gostei a maioria do tempo, talvez por se parecer um pouco comigo. Ela é decidida no que faz e não fica esperando a ajuda de ninguém ou chorando pelos cantos. Claro que há vezes em que você se irrita com a personagem e seu orgulho ou ingenuidade. Mas ao todo, achei uma boa personagem.

Marcus também me conquistou, mostrando que um cadeirante não é exatamente como todos mostram. Ele consegue mostrar bem seu lado romântico assumido, não tentando esconder de ninguém como Júlia tentava fazer. No geral, o casal teve uma ótima química, deixando tudo mais gostoso de ler.

Os personagens secundários foram bem explorados também, não deixando os principais no mundinho deles. Todos tiveram seu papel em cada cena, fazendo tudo ficar mais interessante.

Critica : 

O livro ao todo foi bom, tendo uma leitura bem fluída e muito rápida. As cenas são todas muito bem elaboradas e algumas ideias da autora estão sempre renovando . Já percebi que todos as suas tramas envolvem casamentos e mentiras, o que estão deixando as histórias um pouco clichês. Sempre há uma cena de uma tentativa de abuso, ou a mocinha quase morre em um acidente e sempre há um traidor. Infelizmente, achei que a autora deixou muitas pistas explícitas, não dando tanta graça ao ler a revelação. Sempre que ela tentava algo parecer curioso, eu tentava adivinhar e ao final do livro pensei : É claro que isso ia acontecer.

O que me deixou um pouco cansada ao ler também, foram as cenas clichês de todos os seus livros. Um dos personagens faz algo errado, tenta concertar, mas ai o outro aceita e é a vez dele de fazer algo errado, mas no fim todos falam a verdade e ficam bem, vivendo felizes para sempre.

Confesso que no geral, o livro me agradou muito, mas a autora deveria rever esses pontos clichês que acontecem em todos os seus livros, não dando a oportunidade de deixar seus leitores curiosos ou ansiosos por descobrir quem foi ou o que houve.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet