Review | Diário de um exorcista de Renato Siqueira e Luciano Milici

“Diário de um Exorcista” é um livro da literatura nacional, que narra a história real do padre/exorcista Lucas Vidal (o nome original foi mantido à pedido da família), que desde criança presencia atividades demoníacas e paranormais em torno de sua família e amigos. Após a misteriosa morte do seu pai, ele decide entrar para a igreja a procura do mal que o tormenta durante toda a sua vida.
  
Se você é uma pessoa extremamente religiosa, ou no mínimo católica, eu não recomendaria ler esse livro. A história não só cumpre o seu papel de assustar ou dar medo, “Diário de um Exorcista” é uma obra que testa os seus limites, desafia as suas crenças e lhe coloca em constante pensamento em acreditar ou não no que está lendo, por mais que seja ou não religioso.

   
Eu até arriscaria dizer ser um marco na arte brasileira, diferente de tudo que estamos acostumados a ver por aqui, o livro é derivado de um filme independente feito por Renato Siqueira (que estará em cartaz em breve), que irá praticamente revolucionar o cinema nacional, o filme/livro expõe as práticas secretas e polêmicas do Vaticano, como o “ritual da cruz”, que eu não gostaria de entrar muito em detalhes para não estragar as surpresas à caminho de quem começar a ler.  

Dá para notar que todo o trabalho foi fruto do muito esforço e dedicação, o livro trás de brinde imagens do filme, além de um CD com a trilha-sonora, making off e trailer. No tudo, é um livro que considero obrigatório principalmente para os fãs brasileiros do terror, ele impressiona e cumpre um papel que poucos contemporâneos conseguem, te atormentar.

Resenha com autoria de Joaquim Coelho

wattpad: @XCoelhoBranco666 

instagram: bunnyboy33 

twitter: @xcoelhobranco666

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet