Review | O Casamento, de Victor Bonini

Como é bom, nessa vida de leitor, quando encontramos um livro perfeito. E melhor ainda é saber que este livro perfeito foi escrito por um brasileiro. Até uns anos atrás, quando se falava em livros brasileiros só víamos Paulo Coelho e Augusto Cury, mas nos últimos tempos isso vem se diversificando, e além de termos romances escritos por brasileiros com começo, meio e fim, temos também livros de gêneros específicos.

O Mundo Hype traz hoje um ótimo exemplo de livro de suspense e me atrevo a dizer que Victor Bonini, o autor, leu muitos livros de Agatha Christie quando pequeno. E que bom! Tenho certeza que até ela se surpreenderia com o final deste livro. E no meu caso foi uma delicia ser surpreendido desta maneira.

São poucas coisas que você precisa saber sobre este livro:

1 – Você precisa ter tempo para lê-lo em uma sentada só, pois ele vai te prender, e se assim como eu, você não tiver este tempo disponível, vai começar a sofrer de ansiedade em voltar para casa para poder ler mais um pouco e saber o que vai acontecer.

2 – O Casamento é um livro brasileiro de suspense sim e seu autor só tem 24 anos, mas já está em seu segundo romance.

3 – Você nunca leu Colega de Quarto, seu primeiro livro? Pode ler, pois é legal, mas já te aviso que a evolução de Victor Bonini neste segundo livro é inacreditável.

4 – Não deixe de ler este livro.

5 – Leia este livro antes que alguém te conte o final.

O livro já começa interessante pela ambientação do crime que ocorre exatamente em uma cerimônia de casamento em um hotel fazenda. Os noivos fecharam o hotel em um final de semana com feriado prolongado para realizar a cerimônia, obrigando todos os convidados a conviverem durante estes dias.  Assim como nos melhores livros de Agatha Christie o ambiente é fechado e todos os suspeitos estão ali.

Outro ponto positivo são as estórias em paralelo que parecem não ter nada a ver com o crime principal, mas no final,  vemos que eram essenciais para o enredo.

Falando assim, pode parecer que Victor bebeu na fonte já instituída e simplesmente criou uma cópia de livros já conhecidos. Mas este não é o caso. Bonini pegou a fórmula e acrescentou muito mais coisas. A narrativa navega direto entre passado e presente, para que possamos conhecer todos os personagens. O casal, seus pais, os amigos.  As vitimas (sim, desculpe o spoiler, mas existe mais de um crime) são personagens completamente improváveis. Começamos a ler o livro sem saber quem morreu nem quem matou. E seguimos assim por diversas paginas, onde vamos conhecendo a estória dos noivos. Além deles, sabemos que existe uma pessoa sendo chantageada e existe um detetive. Qual a ligação entre tudo isso?  Aos poucos o livro vai nos enchendo de certezas e achamos que sabemos  quem vai morrer, mas quando o crime acontece passamos a nos perguntar: Porque mataram esta pessoa??

De repente o livro sai do hotel. Eu achei que o ritmo da estória cairia, mas ai passamos a ter muitas cenas em SP,  em lugares reais que frequentamos hoje, o que torna a estória moderna, acessível e mais realista. Para completar, como em todo bom livro de suspense, existem muitas reviravoltas e estórias paralelas que vão se relacionando e assim passamos a desconfiar de muitas pessoas, para no fim o autor puxar nosso tapete de uma maneira magistral. E como é bom levar esta rasteira!

No capitulo em que o autor nos revela o assassino, ficamos ainda mais presos à estória, pois com certeza o criminoso é a pessoa mais improvável possível. Impossível não precisar reler a pagina e se perguntar: Como assim ?? Mas, não se preocupe, o autor explica tudo,  amarrando todas as pontas, e você percebe que a informação sempre esteve ali. Bastava você junta-la na maneira correta. Nem a folha de babosa é inútil na narrativa.

Não me surpreendia assim desde o Assassinato de Roger Ackroyd. Desculpe comparar tanto, mas sempre adorei Agatha Christie e acredito que até ela aplaudiria Bonini em sua criatividade.

Compre, leia, dê de presente, recomende, divulgue.

Imperdível ! (E se você que está lendo esta resenha conseguiu descobrir o assassino, me chame no privado e me diga como isso foi possível)

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here