Review | His Eyes by Renee Carter

Sou louca pra lê-lo há tempos, e enfim pude ver a magia que a autora descreve em poucas páginas, e a abordagem a um assunto pouco falado que é ter uma deficiência.
Tristan acabou de ficar cego após uma competição de equitação, mas Amy pode ajudá-lo sendo sua ‘babá’. Ela tem 18 anos e sonha em ir pra melhor faculdade de jornalismo que existe para ter a melhor oportunidade da sua vida: escrever para a revista Rolling Stones, porque ela ama música. Seu carro que vive no último volume e sua melhor amiga sabem muito bem disso.
É através de um anúncio num jornal que Amy chega até Tristan, já que sua mãe quer que ele volte a ter uma vida após o acidente; e como Amy quer uma chance na tão sonhada escola superior, o dinheiro que a Sra. Edmund oferece era o que ela precisava.
As poucas páginas de forma alguma tiram o encanto do livro, que foi bem desenvolvido para o assunto tratado. A autora tbm conta sobre a vida de ambos: o casal de irmãos que Tristan tem, a vida hippie dos pais de Amy e também a fuga de seu irmão mais velho.
As muitas referências a livros e músicas deixam a história mais recheada para o leitor.

“Por alguma razão sempre pensei que quando o mundo acabasse seria muito mais ruidoso.”

Fofo, encantador e dramático na medida certa. Esse é “His Eyes” que nos mostra a insistência de uma garota pra dar uma nova vida a alguém que parece que a perdeu, mesmo que também esteja procurando seu próprio caminho.
Um fator muito importante no livro pra mim, foi a autora ter feito Tristan cair na real, percebendo que poderia ter vivido muito mais e não ter desperdiçado sua vida com tantas coisas fúteis. Mesmo que a juventude traga a sensação de eternidade, as circunstâncias/mudanças sempre são fugazéis e nos pegam de surpresa. #ficaadica

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet