Review | When I Was Yours by Samantha Towle

Quando eu olhei para essa capa eu me apaixonei. Quando eu vi esse título lembrei da música do Bruno Mars. Quando eu li a sinopse saia que precisava ler.  Quando eu comecei a leitura percebi que fiz a escolha certa. Quando acabei a leitura entendi mais ainda porque amo e sempre vou amar livros que abordam segundas oportunidades. Pois é disso que When I Was Yours trata: a possível segunda chance de Adam e Evie em encontrar a felicidade novamente.

 

O livro inteiro gira em torno do grande amor que Adam sente pela garota que vê desenhando sentada numa pedra perto da sua casa de praia, e a dificuldade em tomar a iniciativa de ir falar com ela e ambos começarem algo a partir desse primeiro passo. Até porque é em diferente encontrar uma história onde o rapaz tem um interesse genuíno pela moça. E esse é a base dos sentimentos dele pela Evie, e eu adorei isso com todo meu coração. É fácil entender o que Adam pensa e sente, é palpável e delicado.
Adam tem uma personalidade muito contraditória e enervante devido à falta de criação e afeto que recebeu dos pais. Um pai ausente que é egoísta pelos próprios desejos e uma mãe egocêntrica e vaca. Sim, vaca! Eu realmente queria matar aquela mulher horrorosa e sem coração que não sabe colocar outros e nem mesmo seu próprio filho em primeiro lugar na sua vida.

“Não há fotos de família, de mim, ela e Eric. Mas porque haveria? Nós nunca fomos uma família”

Já a Evie tem uma família cheia de amor, mas com muitos problemas financeiros e de saúde. É doloroso vê-la lidar com questões grandes, porém a faz com muita sabedoria e perseverança apesar da pouca idade.

“Eu só não quero uma repetição do outro dia. Eu sei que eu mereço isso, mereço tudo o que ele tem que atirar em mim, mas só agora que me recuperei de nosso último encontro. Bem, recuperei pode ser exagero, mas ontem à noite foi a primeira noite desde a nossa conversa que eu não chorei até dormir. Eu não quero começar de novo”

Jack, o amigo de Adam também é um personagem divertido e que acrescenta em muito a história. Gosto de personagens coadjuvantes em definidos e participativos no enredo.
Adoro uma linda história de amor, mas confesso que ao ver a dor e o sofrimento de ambos os personagens pingando nas páginas foi muito intenso. Adam não lidou muito bem em se abandonado pouco tempo após os casamento, e Evie teve algumas boas razões para o fez. E ao juntar esses dois ingredientes e observar uma história que mescla passado e presente não é fácil para o leitor.

“Mas você poderia ser responsável por destruir meu coração? Eu não sei o que fazer com isso, Evie. É demais. Muito fodido. Eu quero estar com raiva de você. Eu estou bravo”

No entanto, o livro não deixou de me cativar e ensinar grandes lições como: o que é mais importante na vida, amor, perdão e não esquecer antigos sentimentos. When I Was Yours deixa aquele sentimento de primeiro amor, verão, praia e descobrir quem você é e o que quer fazer da vida. Super recomendo.
ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

La Casa de Papel pode ganhar um longa-metragem além da 3ª temporada pela NETFLIX

Segundo informação divulgada pela Netflix no dia 18 de abril deste ano (2018), foi confirmada que a terceira temporada da série La Casa de...

Aposta de Robert Kirkman é anunciada pela Image Comics

Hardcore, de Andy Diggle e Alessandro Vitti é anunciada pela Image, no selo Skybound de Robert Kirkman (The Walking Dead), para ser lançada no final deste ano....

Review | O Ódio Que Você Semeia, de Angie Thomas

Em tempos de ódio, ler este livro é como levar socos no estomago.  Mas é uma dor necessária.Starr é uma adolescente de 16 anos...

Mais Notícias

Você não está conectado à internet