Review | Para Todos os Garotos que já Amei de Jenny Han

Quando vi esse livro em venda eu sabia que iria amar,  porque é da mesma autora que a série Verão que eu li numa tacada só ano passado de tão boa que foi. E não seria diferente com Para Todos Os Garotos Que Já Amei, que é uma  duologia. A escrita da autora é muito boa, fluida e nem percebemos que está chegando ao final.

O livro contar em primeira pessoa a história da personagem Lara Jean, a irmã do meio de três irmãs que perderam a mãe muito cedo e que tem sua família resumida a elas mesmas e a seu pai. Tanto Lara Jean quanto Kitty e Margot são bastante conformadas com a situação, e lidam muito bem com isso, já que elas são muito próximas e sempre cuidaram umas das outras. Margot é a mais corajosa como irmã mais velha, já Kitty, que é a mais nova é muito determinada, e Lara Jean é apenas ela mesmo, uma guria tímida e recatada 

“Ela dá um passo na minha direção e eu dou um passo na direção dela e nos abraçamos, chorando, e o alívio que eu sinto é imensurável. Somos irmãs, e não há nada que ela ou eu possamos dizer ou fazer que vá mudar isso.”

A vida delas segue um ritmo bastante normal, até que Margot, a irmã mais velha, termina seu último ano da escola e decide cursar faculdade na Escócia, deixando Lara Jean bastante apreensiva e tomando as rédeas da família, já que Margot sempre foi seu porto seguro e modelo a ser seguido. Como lidar com esse fato de ter que amadurecer? 
Nesse meio tempo Lara terá que lidar com outro problema: ela costumava escrever cartas a para todos os garotos que ela já amou, sendo cinco no total. Tais cartas tem como objetivo se despedir da paixão e ainda falar umas “verdades” para o dito cujo. Tipo um encerramento. Porém, a caixa onde ela guarda as cartas um dia some, e foram enviadas para o destinatário, Lara terá que lidar com esse outro problemas às vias de sua irmã estar partindo. 
“- Você só gosta de caras com quem não tem chances, porque tem medo. Do que você tem tanto medo?
– Não tenho medo de nada.
– Até parece. Você prefere criar uma versão idealizada de alguém na sua mente a ficar com a pessoa.”
Isso é tudo que posso contar sem fugir do spoiler ok? 
Leiam esse livro e verão que a relação entre irmãs é muito bonita, as três são muito unidas, cuidam uma da outra e sempre estão lá quando a outra precisa. Todos os personagens no geral são cativantes. E apesar do livro ser um Young Adult Contemporâneo não há clichês (vocês podem ficar despreocupados!). Tudo o que eu achei na leitura foi novo e aqueceu meu coração. Os garotos no romance são totalmente diferentes um do outro, já que de acordo com a nossa protagonista ela não tem um tipo fixo. Uns são bem extrovertidos, enquanto outros são tímidos. 
“Esse é o momento em que me dou conta de que não o amo, que já tem um tempo que não o amo. Talvez nunca tenha amado. Porque ele está bem ali, à disposição. Eu poderia beijá-lo de novo, poderia tomá-lo para mim. Mas não quero. Quero outra pessoa. É estranho ter passado tanto tempo desejando uma coisa, uma pessoa, e de repente isso parar. “
Coisa linda que amei nesse livro é como ele fala de amadurecimento pessoal e como a protagonista precisa aprender a ser forte para enfrentar a distância da irmã que mantinha a família unida, que agora é papel dela. Com uma escrita fluída e encantadora, Jenny Han deleita o autor com uma família coreana linda de viver (AMO COREANOS!) e os altos e baixos de um livro para lá de fofo. 
Contando desesperadamente para o dia do lançamento do próximo livro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Review: O Dragão Negro de Chris Claremont

Quando os anos 1980 começavam, a Marvel começou a estender seu universo para outros rincões. O selo Epic, Illustrated foi uma destas iniciativas, um...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

Rebobinando – 10 Coisas Que Eu Odeio em Você

O rebobinando de hoje é sobre um filme adolescente clássico do final dos anos 90, baseado em outro clássico, mas dessa vez da literatura,...

Mais Notícias