Review | Ligeiramente Casados

Sempre que lançam um romance histórico, eu me jogo nele sem medo de ser feliz. E com o primeiro livro da sério “Badwyns” não foi diferente. Pena que não foi tão bom como eu esperava. Vou contar o porque…
Aidan é um coronel do exército que leva o seu nome e a sua honra em primeiro lugar na vida. Não só pelo nome que leva e toda uma geração, como também por ser um homem que zela pelo que acredita. É por isso que quando seu capitão está a beira da morte e cobra uma antiga dívida, acredita que aí está seu momento de cumprir com o último pedido do homem. E ele vai em busca de Eve Morris, a filha do homem, para lhe dar tal notícia triste e como também oferecer suas condolências. 

“Ele prometera levar a notícia da morte do irmão à Srta. Morris em pessoa, embora não soubesse quem ela era nem onde morava”.

Já nossa protagonista – Eve Morris – não esperava ter que lidar com uma situação tão difícil como perder seu irmão e também estar correndo o risco de perder o Solar Ringwood que sempre foi seu lar como também de outras pessoas que dependem dela. E a ajuda fica em voga quando Aidan propõe a Eve casamento, quando faltam apenas quatro dias para seu primo se apossar de tudo que um dia achou que fosse dela, e o mais apavorante é que não tem com quem contar ou pedir ajuda, exceto Aidan que bate a sua porta, oferecendo tal ajuda. 
Não vou mentir e dizer que foi um livro maravilhoso, apesar de eu ter dado 3 estrelas para a trama. Mas em muito fui surpreendida por uma escrita diferenciada em terceira pessoa, da qual não sou muito fã, e me senti sim, novamente distante dos personagens. Acredito que tenha sido isso que me fez não gostar muito daquilo que me foi apresentado. 

“Talvez o presente fosse tudo o que importava. Talvez fosse tudo o que qualquer um pudesse esperar. Talvez o amanhã fosse uma ilusão que nunca chegasse”.

Mas nem tudo foi ruim. Gostei da Eve como protagonista, sendo uma mulher forte que luta por aquilo que quer, mesmo não sem nada convencional para a sua época, uma mulher ficar ao lado de criados que nada possuem e até mesmo dar todo o pouco que tem para cuidar de crianças que não são suas. Essa amabilidade e devoção da Eve me conquistou plenamente, ajudando com que minha afeição por ele crescesse cada vez mais. 

“Existe algo infinitamente melhor do que felizes para sempre. Há a felicidade. Que é algo vivo, dinâmico e tem que ser cuidada a cada momento pelo resto de nossas vidas. É uma perspectiva muito mais empolgante do que a ideia tola e estática de um felizes para sempre. Não concorda?”

Já por outro lado, não gostei muito do Aidan, tanto por ser um homem distante e frio, como também sua inflexibilidade em dados momentos da narrativa. Porém, ainda acho que Aidan poderia ter sido um personagem mais trabalhado, pois não acredito que alguém que leve sua honra tão à sério seja uma pessoa tão fria assim. Erro da autora, que não soube descrever bem os sentimentos dos personagens, como também dedicou muitas páginas em algumas descrições que poderiam ter sido substituídas por sentimentos e ações envolvendo a vida amorosa do casal. 

“- Não tenho tanta certeza disso – retrucou Aidan. – Não mesmo. Nós, Bedwyns, sempre levamos o casamento muito à sério, Eve. Qualquer pessoa que se case com um de nós precisa estar preparada para ser amada e cuidada pelo resto da vida.”

Porém, algo que já me deixou muito curiosa para os próximos volumes da série é que já apareceram outros personagens, como o Duque (irmão de Aidan) e algumas de suas irmãs que já se mostraram ser bem espevitadas (amo isso!). 
Quero apenas frisar que mesmo o livro não sendo tudo o que eu esperava, ainda assim tive boas surpresas lendo, e já estou preparando meu coração para os outros livros! E nesses sim vou torcer para ter mais paixão e mais romance entre os personagens. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

Marvel apresenta as novas séries dos Defensores

Retomar conceitos e ideias anteriores muitas vezes pode ser uma ba jogada. A Casa das Ideias está trazendo de volta os Defensores originais. Muitos...

Mais Notícias