Review | Alan Moore – O Mago das Histórias de Gary Spencer Millidge


“Quando se percebe que tudo é uma piada, ser O Comediante é a única coisa que faz sentido.”

– Eduard Blake, o Comediante | Watchmen


ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSh[dropcap size=big]H[/dropcap]oje Alan Moore é considerado um icônico escritor de quadrinhos. Com suas ideias originais, com tons psicodélicos, e sua abordagem ao cenário ficcional, Moore usa isso como sua marca registrada. Um turbilhão de arte, história, magia, ciência e sentimentos aflorados. Essa biografia de escrita por Gary Spencer Millidge traz toda a trajetória do mestre, de sua infância até os dias atuais, os caminhos que percorreu, os acasos que levaram Moore a ser um dos revolucionários da indústria dos quadrinhos. O livro brevemente o coloca como um divisor de águas, a.a.m. & d.a.m (Antes de Alan Moore e Depois de Alan Moore).

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSAlan Moore nasceu dia 18 de Novembro de 1953, cresceu na Inglaterra, na cidade de Northampton. Junto a seu irmão caçula, Alan sempre foi fã de quadrinhos, tido como “O diferente” parecia estar fora de sua época. Com o passar dos anos surgiu a vontade de inventar seus próprios personagens e histórias. Surgiram os primeiros rascunhos, conquista-se uma pequena fama entre amigos e assim o sonho se define.

No decorrer de seu crescimento Moore experimenta algumas drogas alucinógenas, ler e assistir algumas obras de autores da contracultura, o ajudou a estabelecer sua personalidade e diretriz. Filho de família humilde, se viu escravo da rotina e por uma necessidade de trabalho e renda fixa Moore quase deixou seu sonho para trás.

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSMesmo que sua vida não fosse o mar de rosas que desejava, Moore se viu encurralado pela necessidade e decidiu abrir mão de tudo em busca de seu sonho. No início de sua carreira encontrou assim como muitos, dificuldades de se firmar e consolidar-se no mercado, porém, suas características e jeito de pensar trouxe para os quadrinhos algo que não se tinha visto ainda, e isso o ajudou a aparecer. Levantando a bandeira da contracultura, Moore deu o pontapé inicial criando quadrinhos Underground´s bem diferentes pra sua época, escrevendo roteiros e desenhando suas próprias obras, o autor se viu impossibilitado de continuar com os dois, e pra sorte de seus atuais fãs, Moore continuou apenas como roteirista.

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSOs anos se passaram, Moore conquistou seu lugar ao sol e as primeiras obras com personagem das grandes indústrias começaram a aparecer. Designado ao público britânico como: CAPITÃO BRITÂNIA e MIRACLEMAN, Moore começou a ganhar notoriedade e ser reconhecido como um novo gênio. O tempo foi passando Moore conquistou tanto o público dos quadrinhos como as editoras, e com isso o direito de escrever ótimas histórias como V DE VINGANÇA, MONSTRO DO PÂNTANO E A BALADA DE HALO JONES, que pra época foi algo inédito e sem igual.

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSA grande obra de Moore que revolucionou os quadrinhos de vez, foi com certeza WATCHMEN. Tirando o tom inocente dos personagens, Moore monta seu panteão de novos personagens ambíguos, que variam entre o heroísmo e o vilanesco egoísmo. Foi um sucesso de vendas e surgiu então mesmo a contragosto de Moore, um novo padrão de realidade para os futuros quadrinhos da indústria.

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSO livro nos mostra a trajetória detalhada de Moore, por onde passou, com quem trabalhou, quais as editoras que prometeu não trabalhar mais, e quais os trabalhos independentes que lhe renderam maiores sucessos. A história foca principalmente no Alan Moore escritor, em variantes entre sua vida pessoal e espiritual. Recheado de obras conhecidas, a edição nos convida a ler todas em questão de modo que desperta a admiração pelo escritor. ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSO grande diferencial com certeza fica por conta das curiosidades e o que pensa o escritor sobre suas próprias obras como O QUE ACONTECEU AO HOMEM DE AÇO, A PIADA MORTAL e sua participação breve em AMERICAN FLAGG E SPAWN. Também acompanhamos ótimas obras com show de referências da literatura como LIGA EXTRAORDINÁRIA, TOM STRONG, TOP 10, DO INFERNO, PROMETHEA e também seus livros A VOZ DO FOGO E JERUSALÉM. Finalizando a biografia descobrimos um pouco do Alan Moore feiticeiro e seu encontro as magias e rituais, seus deuses e nova filosofia de vida. O que o autor acha da produção de seus filmes feitos em Hollywood e quais suas vontades agora que está praticamente aposentado.

Uma ótima edição, capa dura, paginas de alta qualidade, acompanha sobre capa e com certeza pra você fã de quadrinho é um verdadeiro primor. Leia o quanto antes!


ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSEu particularmente gosto muito de biografias, e já disse isso aqui mais de uma vez. Saber a história de Alan Moore não despertou apenas admiração por ele como escritor, mas também admiro sua filosofia de produção. Porque se nega a escrever histórias fúteis, sabendo que suas obras influenciam tantos leitores, ele se preocupa muito com a mensagem passada através de seus roteiros e isso com certeza pra mim, é um diferencial.

Por mais que eu tenha me alongado ao descrever o livro, há uma infinidade de coisas que você precisa saber, curiosidades sobre  o processo de cada quadrinho, seus parceiros, suas obras independentes que não saíram aqui no Brasil, mas que desperta a vontade de ler. ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWSConfesso que ainda não tive a oportunidade de ler todas as obras de Moore, mas li algumas que gostei muito, como Monstro do Pântano, Watchmen, V de Vingança, Miracleman, Do Inferno, Promethea entre outras. Eu gosto muito do tom sentimental que Moore coloca em suas obras, as motivações dos personagens sempre são representadas como algo psicológico, escolhas relevantes ao ego e mensagens além do que a gente consegue enxergar. Através dele desenvolvi a paciência em ler obras com um outro olhar, calmo, atento a todos os detalhes e referências pois sei que tudo quer significar algo mais.

O livro traz também suas produções musicais, seus rituais de feitiçaria e os deuses aos quais segue e diz conversar e instruir o próprio. Essa parte particularmente não me empolgou muito, o tema não me atrai, mas o restante é um verdadeiro presente aos fãs. Leia assim que possível, é entender o propósito dos personagens de Moore e ser convidado a pensar igual ao mestre. Vale mais do que apena!

Você já leu alguma obra do mestre Moore, comente aqui qual foi a que mais gostou e qual não te prendeu tanto. Temos alguns reviews aqui no site (Promethea, Watchmen, A Piada Mortal, Saga do Monstro do Pântano), caso esteja curioso por alguma delas clique no link e saiba um pouco mais o que cada obra representa.

ALAN MOORE - O MAGO DAS HISTÓRIAS - MULTIVERSO NEWS

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet