Review | Saga Vol. 5 de Brian K. Vaughan & Fiona Staples

Se você acha que SAGA está perto do fim, você está redondamente enganado. Trouxemos mais uma edição dessa epopeia maravilhosa escrita por Brian K. Vaughan e Fiona Staples. Mais um acerto da Editora Devir.


Caso não tenha lido SAGA, não conheça ou esteja em outras edições, clique nos links abaixo e acompanhe os reviews das edições anteriores.
SAGA 1SAGA 2SAGA 3SAGA 4

Nesse quinto volume, assim como antecedeu a quarta edição, Markus & Alana estão realmente muito distante daquele casal amoroso das primeiras edições. Agora em lugares separados, fica difícil realmente se acertarem e muito mais difícil cuidarem de sua pequena. Aprisionados separados, porém junto a outros que não conhecem, não confiam e não conseguem entender a real intenção, todos estão passando por momentos tensos que só uma boa dose de sorte poderá ajudar. Uma jornada por auto conhecimento e equilíbrio.
A narrativa da pequena Hazel se torna muito mais constante, apresentando de uma forma bem legal o passado de seus pais, a história dos planetas natais de cada, e seus mais profundos pensamentos. A cada edição se deixa a impressão de abordar um tema diferente, mesmo camuflado fica bem claro as intenções no roteiro. Esse volume claramente tenta de uma forma direta, mostrar o que um pai ou uma mãe é capaz de fazer por seus filhos e todos os seus infinitos sacrifícios que são feitos dia após dia sem que eles mesmos percebam. O amor pela cria acima de tudo, é algo excepcionalmente dos país, não medem esforços, não se lamentam e dariam a própria vida pelos filhos. Não importando, nem classe, nem raça, nem laços sanguíneos e nem situação financeira.
No último dia 21/07 aconteceu a premiação do Eisner Awards (O Oscar dos Quadrinhos). SAGA  ganhou (pela quarta vez) o premio de melhor série superando o clássico Sandman em números de prêmios. Não apenas a obra foi premiada, mas também Brian K. Vaughan por melhor roteiro e Fiona Staples como melhor desenhista e melhor capa. Não é atoa que a série só ganham elogios de seus leitores! 

De uma forma indireta SAGA representa bem o valor da família, seja ela de sangue ou de consideração. Temas polêmicos volta e outra aparecem nos caminhos do casal, como preconceito racial, escravidão, tráfico de seres e as derradeiras drogas. Junto a tudo isso uma após outro, são pequenos os momentos de paz e felicidade, mesmo passando anos de história, parece que essa ficção não foi feita para ter finais felizes e sim histórias reais (Assim como é de fato a vida).

Como de praxe Brian K. Vaughan manda muito bem no roteiro, construção de personagens, e cria plot-twists realmente inimagináveis, porém coerentes. Fiona Staples continua com sua arte fenomenal trazendo personagens bizarros e perfeitos ao seu modo. A narrativa gráfica tem um maior destaque, e quadro quadro Fiona se prova mais que merecedora de estar envolvida em Saga. Assim como destacado em outros reviews aqui no MH, A arte destoa do tom, mas seria impossível imaginar as mesmas histórias com uma arte diferente, feito claramente com muito esmero.

Leituras desse tipo além de nos divertir por seu contexto, nos coloca a pensar sobre muitos questionamentos do dia a dia, fica fácil perceber a dedicação dos autores em apresentar situações e exaltar a personalidade de cada personagem.


Não saia daqui, acompanhe nossos reviews, críticas, notícias e fique por dentro desse Mundo. Temos ótimas Listas de Curiosidades e seleções dos melhores conteúdos. Faça o que for, não saia daqui!

SAGA VOL. 5 - BRIAN K. VAUGHAN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here