Review | Gavião Arqueiro #1 – Legado do Arco

Após a bem-sucedida e premiada etapa de Matt Fraction e David Aja, agora é a vez de Jeff Lemire no roteiro e Ramón Pérez na arte, de tomar o relevo com o título do Gavião Arqueiro, o começo de uma nova etapa, e que parece ser neste primeiro número tão exitosa quanto a anterior.

Lançado recentemente pela Panini, traz os primeiros cinco números da edição norte-americana da MarvelAll-New Hawkeye. O estilo continua o mesmo e seria relativo a renovação colocada no título original, pois a parte artística claramente continuará respeitando o que David Aja consolidou. De toda maneira, podemos desfrutar da HQ independentemente, mas quem já leu a etapa anterior, irá valorizar mais. O arco narrativo do volume não deixa de ser uma tomada de contato dos novos autores com o personagem, para poderem desenvolver melhor nos próximos números.

Nesta aventura os dois Hawkeye (Clint Barton e Kate Bishop) são enviados pela SHIELD para descobrir e pegar da Hydra novas armas cercadas de mistério. Elas não vem a serem previsíveis, e Bishop demonstra um altruísmo elevado ao obtê-las tais “armas”, lutando ainda a não ficarem nas mãos de SHIELD, embora no final vai, infelizmente, provar que nem sempre fazer a coisa certa seria fazer o bem. Mas o melhor está nos flashbacks do passado de Clint que se intercalam, mostrando sua infância e a relação com seu irmão, Barney.

E é com essa analepse do argumento que Pérez leva a um tom mais pictórico, de uma maneira bem legal, fracionando os quadros em duas linhas temporais, passado e presente. E o melhor, que diferente de outros títulos, onde dois artistas ambientam as duas passagens, temos a dualidade pelas mãos de um ilustrador. E Ramon resolve a diferença do tempo adotando o estilo aquarela para o passado e um mais comum ao comic em relação ao presente.

Gostei do argumento, mas não tanto como a arte, e é claro que ela se evidencia a primeira vista. O correto é concluir que se não fosse os roteiros de Lemire a arte não seria essa, a dupla conseguiu formar um tandem criativo que seguramente trará nomeações e prêmios que a série vem recebendo nos últimos anos.

REVER GERAL
História/Roteiro
8,5
Arte/Desenhos
9,0

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here