Planeta Comenta Marvel no Multiverso: Análise de Demolidor – 2ª Temporada

Assisti a segunda temporada completa da série Demolidor lançada pela Marvel/Netflix e gostaria de deixar minhas impressões.

daredevil_season_2_trio_poster

A série tem vários arcos pequenos ao longo da temporada, mas, no geral, de forma bem resumida, vemos Matt Murdock acirrando sua guerra contra o crime em Hell’s Kitchen, ao mesmo tempo em que sua vida pessoal e profissional como advogado é cada vez mais afetada. Essa situação se agrava com a aparição de Frank Castle deixando um rastro de corpos pelo caminho. E para piorar ainda mais, Matt tem de lidar com retorno de Elektra, cujo envolvimento no passado foi bem conturbado.

Dito isso, quero dizer que gostei muito da série. Acho que o formato de treze episódios é bem aproveitado para o desenvolvimento dos personagens e até a evolução de alguns, no caso de Foggy e Karen. O tempo de tela entre os personagens principais – Demolidor, Foggy, Karen, Justiceiro e Elekra – foi bem distribuído, a ponto de eu achar que o Demolidor, em alguns momentos ficou meio esquecido no desenrolar de alguns pontos da trama.

O Justiceiro foi muito bem retradado. Apesar dos trejeitos do Jon Bernthal (que ele já tinha em Walking Dead), sua interpretação ficou muito boa. A sequência dentro da prisão mostrou que realmente é o Justiceiro do universo Marvel. Aliás, à medida que assistia a série, conseguia visualizar o Justiceiro apresentado na minissérie Círculo de Sangue (leia a resenha aqui). No caso de Elektra, eu só a conheço mesmo durante sua fase em Demolidor de Frank Miller. Ela teve alguns títulos solo, mas não cheguei a ler. Digo isso, porque estranhei um pouco a forma como ela foi retratada. Não acho que foi assim que Miller a idealizou (embora há alguns indícios na minissérie Homem Sem Medo), porém, a versão apresentada na série pode ter sido baseada numa soma de versões de suas revistas solo posteriores, mas como eu não li, não saberia dizer. De qualquer forma, eu achei que foi uma personagem que também evoluiu durante a série e sua personalidade foi até “explicada” no final. Vincent D’Onofrio foi uma grata surpresa dupla. Primeiro, porque eu nem esperava sua participação. E segundo, sua participação foi arrasadora em todos os sentidos. Percebi fortes indícios de um futuro “Queda de Murdock” num futuro próximo.

Continuo achando que a morte de Ben Urich na primeira temporada foi precipitada. Tanto é que a Karen passou a ser a “repórter investigadora” no lugar dele. Foi uma evolução interessante para a personagem, embora não tenha nada a ver com os quadrinhos. Foggy também foi muito bem trabalhado, apesar de que eu também não esperava a “separação” entre ele e Matt. Acredito que, assim como acontece nas HQs, na série também será uma situação temporária. Stick teve uma participação maior e até mesmo decisiva, esclarecendo algumas pontas deixadas na primeira temporada. Até o Tucão apareceu um pouco mais dessa vez, se comparado com a primeira temporada. Dessa vez, ele fez duas aparições! Também achei bacana ver a Josie, a citação do Bloco D onde Fisk está preso (me lembro que quando Murdock foi preso ele ficou nesse bloco junto com Fisk na fase Bendis/Brubaker), teve até um pôster na parede da oficina do Melvin Potter que remete a capa da revista Demolidor #226, mostrando o Gladiador. Interessante que a edição #226 é logo antes de começar a Queda de Murdock que começa na edição #227. Coincidência? Na verdade, eu senti falta mesmo foi do próprio Demolidor/Matt Murdock durante a série. Como eu disse, os personagens de apoio foram tão bem trabalhados, que o protagonista ficou meio que misturado ali no meio.

No geral, gostei bastante. Bom drama, ótimas cenas de ação, humor na dose certa, Justiceiro e Elektra com os “uniformes”, o Tentáculo como o vilão da história e uma certeza – a contribuição de Frank Miller para a mitologia do Demolidor foi tão grande que duas temporadas de série de TV ainda não foram suficientes para mostrar tudo. Espero a introdução do Mercenário e algo baseado em Queda de Murdock para o futuro.

Por Roger

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

Review | Fire Force Vol. 1, de Atsushi Ohkubo

Novo mangá do mesmo criador de Soul Eater, Fire Force nos traz a história do aspirante a bombeiro Shinra Kusakabe, mas não um bombeiro...

Marvel apresenta as novas séries dos Defensores

Retomar conceitos e ideias anteriores muitas vezes pode ser uma ba jogada. A Casa das Ideias está trazendo de volta os Defensores originais. Muitos...

Mais Notícias