Planeta Comenta DC no Multiverso: Gotham DPGC – No Cumprimento do Dever (Editora Panini)

Veja a Opinião do Planeta sobre Gotham DPGC – No Cumprimento do Dever, encadernado que reúne as edições #1-10 da revista Gotham Central, escrita por Ed Brubaker e Greg Rucka e desenhada por Michael Lark.

image_gallery

Sinopse:

Não é fácil ser um policial em Gotham City… Não é preciso apenas lidar com a violência e a corrupção de uma cidade infestada pelo crime (e com os criminosos mais insanos e homicidas da história), mas também levar em conta um vigilante decidido a jogar pelas próprias regras. Os bons policiais da cidade trabalham dia e noite limpando a bagunça que é deixada para trás pela guerra de um homem só contra o crime. Porém, quando um dos membros do departamento de polícia é morto pelo Senhor Frio, os Melhores de Gotham entram em uma luta contra o tempo para prender o criminoso sem a ajuda do Cavaleiro das Trevas. Pouco depois, a detetive Renee Montoya é “desmascarada” como homossexual e descobre seu ambiente de trabalho e sua vida pessoal virados de cabeça para baixo. E as coisas ficam ainda mais complicadas quando ela é raptada pelo Duas-Caras. Série ganhadora de diversos prêmios da crítica especializada, GOTHAM é trazida até você pelos aclamados escritores Ed Brubaker e Greg Rucka, acompanhados pelo artista Michael Lark.

Publicação avulsa, formato 17 x 26 cm, 244 páginas, capa dura, miolo couché, R$ 66,00, distribuição em livrarias.

Opinião:

O encadernado reúne as edições #1-10 da série Gotham Central e que já havia sido publicada na revista DC Especial #5, 8, 11, 13, 14 e 16 pela Panini. São basicamente três arcos – No cumprimento do dever, Motivo e Meia vida.

No cumprimento do dever: A série deixa bem claro que as histórias se passam em Gotham no mesmo “universo” em que o Batman atua ao introduzir o vilão Sr. Frio, embora a ênfase seja nos policiais que trabalham nos dois turnos da DPGC. Os detetives Marcus Driver e Chalis Fields estão investigando um caso de sequestro e se deparam com o Sr. Frio, que mata Fields. Buscando deter o vilão antes do Batman, os policiais se mobilizam em correr contra o tempo, porém, percebem mesmo a contragosto, que alguns vilões estão acima de suas capacidades.

Uma bela introdução que em apenas duas edições já deixa bem claro sua proposta. Gotham possui um grupo de policiais determinados, honestos, porém, humanos.

Motivo: Marcus, agora na companhia da detetive Romy Chandler tenta resolver o caso da garota sequestrada – Bonnie Lewis de apenas 14 anos. Infelizmente, o que parecia ser um caso de sequestro, se agrava quando o corpo da menina aparece morta. As investigações levam os dois policiais à supostos suspeitos como alguns garotos valentões da escola de Bonnie e até um mendigo que tinha contato regular com a garota. Ao mesmo tempo, o Sargento Davies tenta solucionar o caso do misterioso incendiário que parece ser o vilão Vaga-Lume.

Praticamente uma continuação do arco anterior, nessa história é focalizado o processo de investigação em dois casos diferentes, mas que podem ter algo em comum. É interessante observar a dificuldade na resolução do caso da jovem Bonnie, pois aparentemente faltava um ingrediente importante para esse assassinato – um motivo.

Meia vida: Renée Montoya sempre foi uma policial acima de qualquer suspeita, porém, um antigo suspeito está de volta para atormentar a vida da detetive. Sua vida íntima é exposta e ela acaba presa vítima de uma armadilha perpetrada por um antigo vilão do Batman.

Não vou dizer muito mais para não estragar o prazer da leitura, mas é um arco que tem Renée Montoya como protagonista. Mais uma vez, o ponto alto é tentar desvendar o responsável por trás da trama, além de saber como os fatos foram acontecendo ininterruptamente na vida dela, que da noite pro dia tem sua vida profissional e pessoal completamente virada do avesso.

Excelente série para quem gosta de ler histórias policiais com todos os ingredientes necessários, mas nunca deixando o leitor desperceber que tudo se passa em Gotham. Os desenhos de Michael Lark combinam com o tom urbano da série. Espero muito que a Panini lance essa série até o fim nesse mesmo formato. Leitura altamente recomendada.

Por Roger 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

Marvel apresenta as novas séries dos Defensores

Retomar conceitos e ideias anteriores muitas vezes pode ser uma ba jogada. A Casa das Ideias está trazendo de volta os Defensores originais. Muitos...

Mais Notícias