Planeta Comenta DC no Multiverso: Batman – As Dez Noites da Besta (Editora Abril)

Planeta analisa o arco As Dez Noites da Besta publicadas em 1988 nas edições #417-420 da revista Batman, escrito por Jim Starlin e desenhado por Jim Aparo e lançado pela Editora Abril em março de 1989 em formato americano.

tennightstpb

Edição #417: O renegado ex-agente da KGB, Anatoli Khyazev vê, à Gotham com uma única missão – matar dez pessoas diretamente responsáveis pelo Projeto Guerra nas Estrelas, um projeto de defesa espacial que está sendo apresentado na cidade do homem morcego. O FBI é destacado para cuidar do caso com a ajuda da polícia de Gotham. O único problema é que eles não permitem a interferência do Batman.

Edição #418: A KGBesta continua a deixar sua trilha de mortes e sangue, ao envenenar todos os presentes numa festa beneficente para angariar fundos para o projeto de defesa espacial, mais de 80 mortos. Batman e Gordon desconfiam de um traidor entre os agentes que deve ter passado as informações para o espião russo.

Edição #419: Um a um, todos os nomes da lista da KGBesta são eliminados, enquanto Batman, a polícia de Gotham e o FBI ficam à mercê do mercenário assassino. Em todas as oportunidades em que Batman enfrenta Anatoli, ele escapa quase sem vida. O tempo urge e acaba restando apenas um último nome – o do Presidente dos EUA.

Edição #420: Uma corrida desesperada contra o tempo e um plano inusitado para tentar salvar o Presidente enquanto Batman tem fortes desconfianças obre quem é o espião infiltrado.

Uma história de espionagem, suspense e muita ação. Jim Starlin mostrando que não é somente um escritor especializado em histórias cósmicas, mas roteiriza de forma magistral esse violento arco em quatro partes. O escritor apresenta um bom plano de fundo histórico da antiga União Soviética para entendermos as motivações do vilão. As capacidades investigativas de Batman são colocadas à prova para descobrir quem é o espião traidor infiltrado na polícia, ao mesmo tempo em que suas habilidades em combate entram em ação em vários momentos de confronto direto com o mercenário russo. Aliás, o clímax da trama teve mais de dez páginas de ação e perseguição entre os dois combatentes, e um desfecho inesperado. Uma leitura obrigatória para todos os fãs do Batman. Esse arco foi lançado pela Editora Abril em formato americano em 1989.

Por Roger

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

Review | Fire Force Vol. 1, de Atsushi Ohkubo

Novo mangá do mesmo criador de Soul Eater, Fire Force nos traz a história do aspirante a bombeiro Shinra Kusakabe, mas não um bombeiro...

Marvel apresenta as novas séries dos Defensores

Retomar conceitos e ideias anteriores muitas vezes pode ser uma ba jogada. A Casa das Ideias está trazendo de volta os Defensores originais. Muitos...

Mais Notícias