Li Homem-Aranha Superior #22-26 e Anual #1, do encadernado Superior Spider-Man: The Superior Venom, com roteiro de Dan Slott e Christos Gage e desenhos de Humberto Ramos e Javier Rodriguez, e tecerei breves comentários.

Edição #22: A vida de Ottto parece ter finalmente entrado nos eixos com a inauguração das Indústrias Parker e sua vida amorosa com Anna Marconi. Flash Thompson, o Agente Venom tenta desbaratar um carregamento ilegal de um novo Mestre do Crime, mas é surpreendido pelo Superior Aranha.

Edição #23: A cirurgia de May Parker é um sucesso e ela voltou a caminhar normalmente. Porém, aparenta estar tendo certa dificuldade em aceitar o namoro de Peter com Anna Maria. Um plano secreto faz com que o Aranha consiga separar o simbionte do corpo de Flash, porém, como consequência, surge o Venom Superior.

Edição #24: Carlie Cooper continua à mercê do Duende Verde, que está à caça do Duende Macabro. Otto agora está hospedando o simbionte Venom e sem saber mais a quem recorrer, Mary Jane entra em contato com os Vingadores.

Anual #1: Blecaute, antigo inimigo do Motoqueiro Fantasma sequestra a Tia May para poder chegar até Peter Parker. Porém, ele não esperava ter de enfrentar o Aranha Superior, muito mais cruel, frio e calculista. Otto prova que é melhor ninguém se meter com Peter, ou ninguém próximo a ele.

Edição #25: Uma batalha campal nas ruas de Nova York entre o Aranha Venom Superior e os Vingadores. Otto aproveita a chance para justificar suas últimas ações, mas será que sua desculpa é o suficiente para enganar a mente analítica de Tony Stark. O Duende Verde transforma Carlie Cooper na Monstra e declara guerra contra o Duende Macabro.

Edição #26: A guerra foi declarada! Duende Verde contra Duende Macabro, e somente um deles poderá sobreviver. Alheio a esse confronto, o Homem-Aranha Superior ainda precisa lidar com a desconfiança dos Vingadores, já que sua história sobre a infecção do simbionte Venom não colou. E o que já era previsto, aconteceu… Peter Parker está de volta, mas apenas como um reles resquício de memória. Para retornar de vez, será preciso um longo caminho e muita perseverança.

Por Roger

Colecionador de HQs Marvel desde 1981 quando comprei minha primeira HQ Heróis da TV Nº 21 pela Editora Abril e HQs DC desde 1984 quando a Abril lançou os três títulos: Super-Homem, Batman e Heróis em Ação. Durante a década de 90, por motivos pessoais, fiz uma pausa, mas retornei em 2000 lendo algumas histórias do universo Ultimate.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here