gambit 8-12

Li Gambit #8-12, do encadernado Gambit: Tombstone Blues, com roteiro de James Asmus e desenhos de Pasqual Ferry e Clay Mann, e tecerei breves comentários sobre as edições.

Edição #8: Um grupo de estudantes decidem realizar uma escavação arqueológica nas ruínas da Cidade Eterna do Alto Evolucionário e desaparecem. Gambit vai ao local e se depara com monstruosas criaturas que foram expostas à uma maquina de evolução.

Edição #9: Depois de resgatar os estudantes da Cidade Eterna, Gambit decide ajudar Joelle a sair de sua vida conflituosa. Para isso, ele vai até um clube noturno de vilões e tenta impedir Joelle de fazer negócios com o mafioso Lápide.

Edição #10: Joelle está a procura de uma cura para sua filha e descobre uma fórmula projetada sob o comando do Barão Von Strucker. Eles invadem um esconderijo abandonado da Hidra, que, na verdade, não estava tão abandonado assim.

Edição #11: Enquanto Gambit e Joelle estavam fugindo do laboratório abandonado da Hidra, foram interceptados por Vampira, que estava preocupada com seu amigo e ex-namorado. Joelle aproveita a situação e foge, deixando os dois mutantes à mercê dos mercenários do Läpide. Quando visita sua filha no hospital, Joelle é surpreendida pelo próprio Lápide.

Edição #12: Gambit consegue resolver os assuntos com Joelle, embora muitas questões ainda tenha permanecido. Porém, agora, ele precisa ver se seu amigo receptador está bem, depois de ter sido torturado pelo Lápide.

O segundo volume de Gambit retoma a trama envolvendo a personagem Joelle, com participação especial de Vampira. A história começou bem, retratando o bom e velho Gambit, mas com um final que foi perdendo o fôlego. Leitura razoável.

Por Roger

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here