Planeta Comenta Marvel no Multiverso: Demolidor #1-6 (2011)

Li Demolidor #1-6, do encadernado Daredevil by Mark Waid Vol.1, com roteiro de Mark Waid e desenhos de Paolo Rivera e Marcos Martin, e tecerei breves comentários sobre as edições.

demolidor-1-6

Edição #1: Após um período sombrio em sua vida, Matt está de volta à Nova York junto com seu parceiro Foggy Nelson. Ao aceitar um caso de racismo e brutalidade policial envolvendo Ahmed Jobrani, Matt é afastado pela suspeita de ser o Demolidor. A Assistente da Promotoria, Kirsten McDuffie alerta Matt de que o caso Jobrani pode ser muito mais do que aparenta.

Edição #2: Parece que nenhum advogado da cidade quer aceitar o caso do Sr. Jobrani e Matt faz suas investigações, o que acaba levando-o a um prédio abandonado onde antes funcionava uma loja de eletrônicos de Jobrani.

Edição #3: O Demolidor descobre o mistério por trás da recusa dos advogados em cuidar do caso do Sr. Jobrani e enfrenta o Garra Sônica. A partir de agora, Matt e Foggy se tornam consultores ajudando as pessoas a representarem a si mesmas.

Edição #4: Muitos são ajudados pelos conselhos de Matt e Foggy e um caso recente chamou a atenção deles. Austin Cao, um promissor e talentoso jovem cego que trabalhava como intérprete para a Midas Investimentos é demitindo injustamente e sem nem ao menos saber o motivo.

Edição #5: Matt descobre muito mais sobre o caso Austin. Um conglomerado de organizações criminosas – IMA, Hidra, Espectro Negro, Agência Bizantina e o Império Secreto – se uniram e estão operando secretamente empresas de fachada como a Midas. O mercenário Brutamontes é enviado para apagar o Demolidor e todos os que sabem desse esquema.

Edição #6: Durante o embate com o Brutamontes, o Demolidor pega o Omegadrive, um disco de dados que contém todas as informações vitais de cada um dos cinco cartéis envolvidos. Agora, o Herói Sem Medo é um alvo em potencial.

Início da sensacional fase de Mark Waid à frente do Demolidor. Com um tom mais otimista, mas nem por isso, menos perigoso e desafiador para o Homem Sem Medo.

Por Roger

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet