Li Avante Vingadores #1, formato americano, 148 páginas, lombada quadrada, R$ 18,20, lançado em novembro de 2016 pela Editora Panini.

Comentário:

Squadron Supreme #1: Kyle Richmond (Falcão Noturno), Doutora Espectro, Marcus Milton (Hipérion), Jeff Walters (Vulto) e Zarda Shelton (Princesa do Poder) são sobreviventes reunidos e determinados a defender seu novo lar acima de qualquer coisa. Eles concluíram que Namor, a quem a Doutora Espectro acusa de ser responsável direto pela destruição de seu mundo, e seu povo atlante são uma ameaça ao planeta e deve ser eliminado. É claro que suas ações radicais não passariam despercebidos. Início arrebatador, de forma direta, sem rodeios. Leitura recomendada.

Captain Marvel #1: A Terra tem uma nova linha de defesa galáctica e Carol Danvers foi designada para comandar a Estação Espacial Tropa Nova. Ao interceptar uma colisão de asteroides, descobrem um suspeito ataque alienígena envolvendo o povo Eridani, cuja delegação estava em negociações com A Tenente Carol Danvers e a Tenente-Comandante Abigail Brand. Aventura cósmica da Capitã Marvel que assume um posto de responsabilidade em proteger a Terra contra invasões alienígenas. Leitura satisfatória.

Totally Awesome Hulk #1: Amadeus Cho, o jovem considerado a oitava pessoa mais inteligente da Terra sempre procurou ajudar Bruce Banner/Hulk e agora assumiu a alcunha de seu amigo. Sua missão, ao lado de sua irmã caçula, Maddy, é capturar monstros que estão aparecendo misteriosamente ao redor do mundo. Em sua última captura, com a ajuda da Mulher-Hulk e do Homem-Aranha (Miles Morales), Amadeus é surpreendido por Madame Devassa, a Rainha do planeta Seknarf Nove. Apenas uma edição de apresentação com muita ação e humor. Detalhes de como Amadeus se tornou o Hulk devem ser esclarecidos em breve. Leitura razoável.

The Ultimates #1: Os eventos da saga Guerras Secretas deixou seqüelas. É nisso que acredita o Dr. Adam Brashear, o Marvel Azul, ao pesquisar sobre o Iso-8, um elemento que foi modificado e possui poder imensurável. Ele a Carol Danvers, a Capitã Marvel visitam Galactus e propõe algo inusitado. No planeta Moroder-9, Mônica Rambeau (Espectro) e América Chavez (Miss América) estão atrás de um artefato, o Incubador, que está sendo usado como um meio de submeter o povo à obediência. Estilo de narrativa, enquadramento e formação do grupo, todos bem interessantes. Leitura recomendada.

A-Force #1: Diretamente do Mundo Bélico de Guerras Secretas, Singularidade desperta e encontra Carol Danvers, uma de suas amigas da Força-V do domínio de Arcádia. É claro que essa Carol Danvers não se lembra de Singularidade, que acaba aterrisando na Terra, tentando fugir da estranha criatura denominada Antimatéria. Ainda fugindo, Singularidade pede ajuda a mais uma de suas amigas do Mundo Bélico, Jennifer Walters (que naturalmente também não a reconhece), mas ainda não foi o suficiente. No fim da história, Medusa (outra amiga de Arcádia) também aparece, mas não necessariamente como Singularidade esperava. Apesar de não ser necessária a leitura da minissérie Força-V de Guerras Secretas, a leitura seria bem mais esclarecedora para quem leu. Mesmo assim, uma história ainda em início de construção. Leitura satisfatória.

Esta edição abre com uma história publicada em Avengers 0 I, que mostra o Esquadrão Supremo, grupo que reúne sobreviventes de seus mundos destruídos, se preparando para cumprir sua missão, não importa que obstáculos apareçam. Uma história publicada em Avengers 0 VI, apresentando a nova versão do grupo Os Supremos, onde a heroína com a habilidade de viajar entre o Multiverso, Miss América precisa fechar uma fenda dimensional que ameaça a estrutura do universo. E outra história que foi publicada em Avengers 0 III, onde uma misteriosa entidade de luz atrai a atenção da Capitã Marvel e sua Tropa Alfa. Um prelúdio para as histórias do Força-V.

Por Roger

Colecionador de HQs Marvel desde 1981 quando comprei minha primeira HQ Heróis da TV Nº 21 pela Editora Abril e HQs DC desde 1984 quando a Abril lançou os três títulos: Super-Homem, Batman e Heróis em Ação. Durante a década de 90, por motivos pessoais, fiz uma pausa, mas retornei em 2000 lendo algumas histórias do universo Ultimate.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here