X-Men

Li X-Men #1, formato americano, 84 páginas, lombada canoa, R$ 9,60, lançado em janeiro de 2017 pela Editora Panini.

Comentário:

Uncanny X-Men #1: Com medo de ser afetados pela Névoas Terrígenas, alguns mutantes estão comprando os serviços das Empresas Futuro, que prometem proteger seus corpos armazenando-os. Duvidando das verdadeiras intenções do pessoal da Futuro, Magneto e sua equipe – Psylocke, Dentes-de-Sabre, Monet e Arcanjo – resolvem agir. Os Fabulosos X-Men parecem ser a equipe proativa e hardcore do atual status dos mutantes, com uma formação um tanto instável, e a trama se mostra interessante. Leitura recomendada.

All-New X-Men #1: Os X-Men originais foram trazidos do passado e agora tentam viver num futuro (o nosso presente) em que mutantes são mais odiados do que nunca. Hank, Warren e Bobby juntam-se a Kid Apocalipse, Idie e a nova Wolverine (ex-X-23). Hank está à procura de Scott, que por sua vez, está à procura de um grupo mutante chamado Fantasmas do Ciclope, disseminando pavor nas pessoas em nome de uma suposta causa mutante. As investigações de Scott o levam até Chicago, onde ele confronta o grupo terrorista. Os Novíssimos X-Men são a face jovem entre os grupos de X-Men e promete encarar as questões envolvendo a presença dos alunos originais em nossos dias. Leitura satisfatória.

Extraordinary X-Men #1: Os mutantes continuam sendo caçados e odiados mais do nunca antes. Magia vai à Nova Déli para ajudar a jovem Sapna e percebe que a situação se deteriora a cada momento. Além disso, o perigo decorrente das Névoas Terrígenas ameaçam toda a espécie Homo Superior. Tempestade resolve tomar medidas extremas e com a ajuda de Magia e do Homem de Gelo, pedem ajuda à jovem Jean Grey, Colossus, Noturno para levar o máximo possível de mutantes ao Abrigo-X. Por sua formação básica, que deve incluir também o Velho Logan, os Extraordinários X-Men é o grupo que mais se assemelha com a formação mais clássica dos tempos de Claremont/Byrne, e que aponta para o lado mais heróico dos mutantes. Leitura recomendada.
Por Roger

Colecionador de HQs Marvel desde 1981 quando comprei minha primeira HQ Heróis da TV Nº 21 pela Editora Abril e HQs DC desde 1984 quando a Abril lançou os três títulos: Super-Homem, Batman e Heróis em Ação. Durante a década de 90, por motivos pessoais, fiz uma pausa, mas retornei em 2000 lendo algumas histórias do universo Ultimate.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here