Planeta Comenta DC no Multiverso: Eu, Vampiro #1-6 (Os Novos 52)

Li Eu, Vampiro #1-6, do encadernado I, Vampire: Tainted Love, com roteiro de Joshua Hale Fialkov e desenhos de Andrea Sorrentino, e tecerei breves comentários sobre as edições.

Eu Vampiro

Edição #1: Andrew Bennett, um dos mais antigos e poderosos vampiros que existe sempre manteve a humanidade a salvo de Mary, a Rainha de Sangue, que foi justamente criada por ele. Mas agora, Mary se libertou de seu controle e está disposta a trazer o horror com seu exército de vampiros.

Edição #2: Nos subterrâneos da cidade, Andrew tenta deter Mary, mas ela consegue escapar deixando-o encurralado por uma horda de vampiros.

Edição #3: Gravemente ferido, Andrew procura a ajuda de seu velho amigo, Prof. John Troughton. Recuperado, ele descobre um ataque coordenado em quatro cidades e segue pistas até a próxima – Gotham. Mas agora, os dois têm o apoio da jovem caçadora de vampiros, Tig.

Edição #4: A caminho de Gotham, Andrew conhece Steve, um vampiro renegado que ele teve de matar, mas depois descobre ser pai de Tig. Participação especial de John Constantine.

Edição #5: Ao chegar a Gotham, o grupo de caçadores de vampiros liderado por Andrew Bennett recebe o acréscimo de um desconfiado Batman para enfrentar Mary e seus vampiros.

Edição #6: Durante o confronto, Tig fica sabendo de algo que pode libertar centenas de vampiros da maldição, mas para isso, ele precisa matar Andrew, cortando-lhe a cabeça. Nesse instantes, surge Cain, o mestre de todos os vampiros. É o prelúdio para o crossover Ascensão dos Vampiros.

Conto de terror clássico com vampiros dentro do Universo Novos 52 da DC. Eu, Vampiro foi criado originalmente nos anos 80 por J.M. Dematteis.

Por Roger

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet