Planeta Comenta DC no Multiverso: Superboy #1-7 (Os Novos 52)

Li Superboy #1-7, do encadernado Superboy: Incubation, com roteiro de Scott Lobdell e desenhos de R.B. Silva, e tecerei breves comentários sobre as edições.

superboy-1-7

Edição #1: Clone de DNA humano e kryptoniano, o Superboy foi criado dentro de um dos laboratórios da organização secreta Momentum. Seu lado kryptoniano vem naturalmente do Superman, mas seu lado humano ainda é desconhecido.

Edição #2: Por ordem do Templário, dono da Momentum, e apesar dos protestos da “Ruiva”, sua criadora, Superboy é enviado junto com Rose Wilson em seu primeiro teste de campo – enfrentar três monstruosidades alienígenas em uma instalação secreta.

Edição #3: Depois de destruir completamente a instalação onde estava, Superboy foge do local, mas acaba retornando para confrontar a verdade com a “Ruiva”.

Edição #4: Soldados da Momentum interferem na luta entre Superboy e a “Ruiva” – Dra. Caitlin Fairchild. Prometendo descobrir a verdade sobre o doador humano do DNA que compõem o Superboy, eles deixam a decisão nas mãos do Superboy. Após enfrentar uma dupla de meta-humanos usando seus poderes de forma irresponsável, Superboy decide voltar à Momentum?

Edição #5: O Dir. Centerhall passa a ser a “pessoa de confiança” do Superboy e tenta convencê-lo de que a Momentum está atrás de jovens meta-humanos apenas para salvá-los, embora o objetivo seja justamente o contrário. Superboy resgata Caitlin, levantando suspeitas do Templário.

Edição #6: Superboy foi enviado para capturar a Moça-Maravilha, mas após derrotar todos os Novos Titãs, sente-se incomodado com a situação e decide fugir do local e da Momentum em definitivo. Enquanto pondera sobre si mesmo, Superboy tem um breve encontro com a Supergirl, e desse encontro, ficamos sabendo a origem do nome Kon-El.

Edição #7: Superboy resolve confrontar de vez o Templário, mas é capturado por Rose Wilson. Caitlin Fairchild acorda sob os cuidados da Polícia de NY.

Estreia de Superboy pelos Novos 52, uma história de origem e uma boa narrativa, onde o autor procura estabelecer bem o personagem, à medida em que ele vai aprendendo mais sobre si mesmo.

Por Roger

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Nova graphic novel da AVEC apresenta um universo que mistura Steampunk, fantasia e Superequipes.

Chega este mês às principais livrarias e lojas especializadas em quadrinhos do Brasil, o novo trabalho do escritor bestseller Felipe Castilho (autor de A Ordem Vermelha: Filhos...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Lançamento de Resgatar o Brasil, de Jessé Souza e Rafael Valim

A Editora Contracorrente e a Boitempo apresenta o lançamento da obra Resgatar o Brasil, coordenada pelos professores Jessé Souza e Rafael Valim, a coletânea confronta, neste momento dramático da história nacional,...

3º Festival de Quadrinhos de Limeira

Para quem esteve presente no ano passado na cidade de Limeira e pôde comparecer no FLIQ 2017 acompanhou dois dias de muita atividade relacionada à...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

Mais Notícias