Planeta Comenta DC no Multiverso: Stormwatch #1-6 (Os Novos 52)

Li Stormwatch #1-6, do encadernado Stormwatch: The Dark Side, com roteiro de Paul Cornell e desenhos de Miguel Sepúlveda e Al Barrionuevo, e tecerei breves comentários sobre as edições.

Stormwatch

Edição #1: Harry Tanner, o Espadachim vai investigar a Lua e descobre um plano terrível em andamento. Na Rússia, uma equipe formada por Jack Hawksmoor, Ajax e Projecionista tentam recrutar Apolo para o Stormwatch.

Edição #2: Com a aparição de Meia-Noite, o atual líder do Stormwatch, vai à Rússia pessoalmente realizar o recrutamento dele e de Apolo. De repente, Jack Hawksmoor começa a sentir todas as cidades do mundo em desespero. Uma ataque está vindo diretamente da Lua.

Edição #3: Apolo precisa impedir que a Terra seja atingida por mais meteoros. O único que caiu na Terra por enquanto, ativou uma enorme criatura que absorve energia ao seu redor. Projecionista tenta impedir a mídia de divulgar o que está acontecendo, mas nem o resto da equipe do Stormwatch não consegue deter a criatura.

Edição #4: Apolo retorna para ajudar a equipe, e uma antiga cidade é detectada. Mesmo assim, o caos e a destruição parecem inevitáveis. Diante da ineficiência de Adam Um, Engenheira assume o comando temporariamente.

Edição #5: A Divisão das Sombras, que controla o Stormwatch decidiu que é hora da equipe ter um novo líder, em vista da incapacidade de Adam Um demonstrada em sua última missão. Harry Tanner tem seus próprios planos, mas é descoberto por Meia-Noite. Porém, o Espadachim consegue detonar uma bomba dentro da Balsa.

Edição #6: Harry escapa da Balsa com a nova líder, Projecionista. O grande problema do Stormwatch não é simplesmente sobreviver, mas continuar a ocultar sua existência do resto da humanidade. Com a ordem instalada, a Engenheira é nomeada a nova líder interina. Com a adição de Apolo e Meia-Noite ao Stormwatch, a equipe está pronta para ir à caça de seu traidor.

Stormwatch foi um título muito bem conceituado pelo selo Wildstorm, às mãos do escritor Warren Ellis na década de 90. E agora, a equipe é inserida dentro da cronologia dos Novos 52 com a adição de J’Onn J’Onnzz, o Caçador de Marte. Muitas ação, mistério e traição em seu bom arco de estreia.

Por Roger

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Guardiões da Galáxia | Marvel divulga nomes dos personagens que poderão compor nova formação da equipe nos quadrinhos em 2019

Segundo arte promocional divulgada pela editora Marvel Comics em sua página oficial, a nova formação dos Guardiões da Galáxia está sendo escalada pelo roteiristas Donny Cates e Geoff Shaw...

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

Aposta de Robert Kirkman é anunciada pela Image Comics

Hardcore, de Andy Diggle e Alessandro Vitti é anunciada pela Image, no selo Skybound de Robert Kirkman (The Walking Dead), para ser lançada no final deste ano....

Parabéns Superman !!!

Quem me conhece pessoalmente ou nas redes sociais sabe da minha predileção pelo Batman (que devemos lembrar, que fará 80 anos em 2019...não se...

Mais Notícias

Você não está conectado à internet