Planeta Comenta DC no Multiverso: Convergência – Shazam, Homem-Borracha & os Combatentes da Liberdade (Editora Panini)

Veja a análise do Planeta sobre Convergência – Shazam, Homem-Borracha & os Combatentes da Liberdade, lançado pela Panini.

cv_shazam_homem_borracha_capa-600x917

Sinopse:

Mesmo em condições adversas a Família Marvel sempre foi capaz de superar o mal e auxiliar a justiça. Agora, sob o jugo de Telos, não vai ser diferente! Não muito longe dali, o Homem-Borracha e seus companheiros dos Combatentes da Liberdade se veem mais uma vez frente a frente com seus terríveis adversários nazistas!

(Convergence: Plastic Man and the Freedom Fighters 1-2; Convergence: Shazam 1-2)

Análise:

Shazam por Jeff Parker.

A história já começa com a queda do domo, porém, em Fawcett City acontece um pequeno atraso. Durante esse tempo os jovens defensores da família Marvel são capturados pelo Dr. Silvana e a Sociedade dos Monstros, mas não por muito tempo, já que, com a queda do domo, os poderes mágicos de Shazam estão de volta. Embora seu adversário seria o Batman da Inglaterra, os heróis acabam numa feroz luta contra o verdadeiro mal e arquiteto por trás de tudo, inclusive do próprio Silvana. Jeff Parker presta uma bela homenagem aos heróis da Terra-S inserindo o maior número de personagens e referências possíveis em apenas duas edições, além de homenagear o escritor e desenhista Jerry Ordway, cuja passagem por um de seus títulos foi memorável. Leitura obrigatória para fãs e também para quem aprecia uma leitura leve e simples.

Homem Borracha & os Combatentes da Liberdade por Simon Oliver.

O Homem-Borracha e os Combatentes da Liberdade atraíram o soldado nazista Fantasma Prateado para Nova York da Terra-X para uma armadilha justamente quando o domo cai sobre a cidade. Sem poderes, os nazistas se saíram melhor e dominaram a cidade oferecendo uma suposta segurança ao povo, afinal como o próprio Homem-Borracha disse: “Em tempo de crise, o povo sempre procura alguém oferecendo uma solução”. Agora, ele e os Combatentes – Ray, Tio Sam, Lady Fantasma, Bomba Humana, Condor Negro e Homem Boneco – são prisioneiros dos nazistas. Quando o domo cai, os heróis e os nazistas precisam dar uma trégua e enfrentar os robôs da versão de Fim dos Tempos (série semanal dos Novos 52). Eel O’Brian, o Homem-Borracha é o grande protagonista dessa história, narrando-a do começo ao fim. O autor explora ao máximo o herói, desde suas origens até seu pensamento final. Outra grande homenagem a personagens clássicos da DC, leitura recomendada.

Por Roger

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Marvel | Loki e Wanda ganharão séries no streaming da Disney

Segundo a Variety, Loki e Wanda, interpretados por Tom Hiddleston e Elizabeth Olsen, ganharão série no streaming da Disney na Marvel. A Disney pretende investir...

Panini divulga a primeira capa do crossover entre Turma da Mônica e Liga da Justiça da DC Comics

Sábado passado, dia15 de setembro, durante o Batman Day, um evento especial realizado pela Panini para os fãs do Homem-Morcego, a editora divulgou com...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Review | Fire Force Vol. 1, de Atsushi Ohkubo

Novo mangá do mesmo criador de Soul Eater, Fire Force nos traz a história do aspirante a bombeiro Shinra Kusakabe, mas não um bombeiro...

Mais Notícias