Review | Anarquia – Três lados para cada história de Emilio Baraçal

Recentemente o que mais acompanhamos (e ainda estamos acompanhando) nos jornais são as notícias de um império do crime que está desmoronando. Mesmo sabendo que muitas vezes tudo acaba em pizza, cabe a nós cidadãos de bem acreditar que iremos sair dessa situação e fazer algo pra sairmos de fato.

ANARQUIA é uma edição que nos mostra muito nosso atemporal cenário político, que parece sempre enfrentar os mesmos problemas, porém na história de Emilio Baraçal acompanhamos a jovem Adriana que está focada e predestinada a fazer o necessário.  A história nos apresenta alguns pontos primordiais para uma boa HQ, uma boa base, um cenário comum aos leitores e em alguns capítulos uma arte sem igual.

Adriana é jovem, filha de um dos homens influentes do exército brasileiro, ela sofre alguns problemas de perda de memória recente e tudo isso está relacionado a sua concepção e o seu propósito de vida. Apesar de se descobrir e provar todo seu potencial Adriana não quer apenas resolver seu problemas pessoais, mas também resolver de uma vez por todas os problemas de um país atulhado de corrupção que impede o progresso que tanto se orgulham de estampar na bandeira nacional.

A trama se desenvolve no estado de São Paulo, o que nos aproxima mais dos lugares e personagens que aparecem ao longo da trama. Impossível ler a edição e não lembrar da grande obra de Alan Moore V de Vingança.

O ápice da história (em minha humilde opinião) é o discurso da heroína sobre o que acontece em nosso país, e o que realmente fazemos (ou deixamos de fazer) para contribuir com tudo isso, um tapa na consciência e na base moral de cada cidadão brasileiro, que tem muito mais a pensar do que comemorar. Baraçal nos mostra que está ciente da construção de sua trama, nos prometendo nas entrelinhas uma série que tem tudo para ser um sucesso por mesclar tão bem o fictício e a realidade. Felizmente ou infelizmente se caso o autor escolher sempre o mesmo passo de uma anarquia civil, terá muita história a contar ainda, pois o que não nos falta são situações corruptíveis e abuso de autoritarismo político.

Enfim pra você leitor que não possui essa edição, fique sabendo que através do SNP COMICS no Play Store é possível ler gratuitamente essa e outras edições da SUPER NOVA. Para nossa alegria o segundo volume está em processo final e em breve teremos mais anarquia em formato digital. A Supernova trabalha dessa forma, a ideia central é publicar edições de 4 capítulos que fecham o arco em questão, e após um determinado tempo, poderemos ter as edições impressa. Em conversa com o escritor Baraçal, o volume 2 de Anarquia (A Casa dos horrores) trará não apenas o combate a corrupção política mas também contra uma aliança criminosa entre traficantes, juízes, milícias e promotores, que por traz dos bastidores também degradam nosso país. Mais do que recomendado fica a dica de uma boa leitura nacional, um tema muito interessante e recorrente a todos nós. Leia o quanto antes!

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Luke Cage | Netflix anuncia o cancelamento de mais uma série Marvel de seu catálogo

Sete dias após o serviço de streaming anunciar o cancelamento da série PUNHO DE FERRO (confira aqui a notícia) a Netflix vem novamente a público informar...

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

Crítica | The Man in the High Castle (3ª Temporada)

A terceira temporada de The Man in the High Castle vem grandiosa, com mais tramas envolventes e mais destruição.Depois da morte de Hitler, outro...

Star Trek terá um grande e massivo crossover em quadrinhos

A editora norte-americana IDW, detentora dos direitos de publicação de Jornada nas Estrelas, editará uma minissérie de seis números com o universo de Star Trek.Escrita...

Livro de José Guilherme Vereza responde ‘Quanto terror alguém é capaz de suportar?’

A editora 7 Letras traz O jardim dos anjos, novo livro de José Guilherme Vereza, quarto que o redator publica, os cenários e personagens são...

Mais Notícias

Você não está conectado à internet