Planeta Comenta Marvel no Multiverso: Demolidor por Frank Miller & Klaus Janson Vol.2 (Editora Panini)

Veja a análise do Planeta sobre Demolidor por Frank Miller & Klaus Janson Vol.2, que reúne as edições #173-182, lançado pela Editora Panini.

dd-2

Sinopse:

O segundo volume da fase que redefiniu o Homem Sem Medo. Pilar fundamental da Marvel desde 1964, o Demolidor ganhou vida nova entre 1979-1983, sob a batuta de Frank Miller e Klaus Janson. A reinvenção do personagem rapidamente tornou Miller um dos maiores astros dos quadrinhos. Ele imprimiu sua marca em personagens estabelecidos – como o repórter Ben Urich, a letal Viúva Negra, o assassino Mercenário, o Gladiador e o monstruoso Rei do Crime -, além de nos apresentar novos rostos, como o misterioso Stick, os mortíferos ninjas do Tentáculo e o velho amor de Matt, Elektra. Uma mistura sem igual de super-heroísmo, artes marciais e dramas pessoais, com uma narrativa visual que revolucionou a indústria dos quadrinhos! 

Comentários:

Demolidor #173 por Frank Miller.

Melvin é preso sob a acusação de estar atacando as pessoas. Matt e sua assistente Becky Blake vão visitá-lo na cadeia, mas assim que o vê, Becky desmaia, pois há três anos atrás, enquanto ainda era estudante na faculdade de direito, ela foi atacada e ficou aleijada por Melvin (ou alguém parecido com ele). Matt consegue adiar o julgamento de Melvin alegando insanidade mental e tenta ganhar mais tempo para investigar quem está atacando as pessoas com a mesma assinatura que o Gladiador. Infelizmente Foggy está passando por uma fase difícil e se afastou de seu trabalho, seus amigos e até de sua esposa, e Becky está muito traumatizada para ajudar. O “falso” Gladiador vai atrás de Betsy mas ela consegue escapara com vida. O Demolidor descobre em qual bar ele está, enfrenta-o e o derrota. Além disso, ficamos sabendo que o falsário foi o agressor que atacou Becky no passado, e não Melvin. Por mais difícil que seja, Becky aceita testemunhar.

Uma história onde Miller explora um tema polêmico – mulheres que são atacadas e violentadas fisicamente e emocionalmente também. Como isso as afeta a ponto de não terem coragem ou terem vergonha de prestar queixa na polícia. Infelizmente ainda é um assunto bastante atual que, muitas vezes, parece não ter uma solução.

Demolidor #174 por Frank Miller.

Elektra retorna aos EUA para tentar impedir o Tentáculo de assassinar Matt Murdock, e é revelado que Wilson Fisk é o contratante por trás do atentado. Ao atacar o escritório de advocacia de Nelson & Murdock, Matt acaba perdendo seu sentido de radar. Melvin Potter, o ex-vilão Gladiador também é atacado, mas o Demolidor, mesmo sem seu radar e sem saber da ajuda de Elektra conseguem vencer o grupo de ninjas designados para atacar Melvin.

Uma edição com muita ação, e um acontecimento que terá um bom desenvolvimento posterior relacionado à perda do sentido de radar do Demolidor.

Demolidor #175 por Frank Miller.

Ao impedir o Tentáculo de matar Foggy Nelson, Demolidor e Elektra descobrem um esconderijo dos ninjas. Lá, Elektra enfrenta um guerreiro aparentemente imortal – Kirigi. Foggy está de volta à corte e precisa defender Melvin, mas o problema é que Matt não está presente, pois está ajudando Elektra contra os ninjas assassinos do Tentáculo, mesmo assim, Foggy consegue ser bem sucedido em sua defesa. Elektra, após um confronto dramático, vence Kirigi.

Continuação direta da edição anterior, com a ação continuando de modo desenfreado, e batalhas quase impossíveis. Frank Miller explorar bem o lado místico e oriental ao introduzir o Tentáculo na trama, e mostra todo seu talento nos desenhos, principalmente nas cenas de ação, que são muitas.

Demolidor #176 por Frank Miller.

Matt Murdock sabe que não pode contar apenas com seus hipersentidos e busca ajuda de seu antigo mentor Stick para que possa recuperar seu sentido de radar. Sua namorada Heather e Elektra também decidem ajudar Matt na busca por Stick, mas a mercenária acaba enfrentando o lendário ninja Kirigi do Tentáculo.

A batalha entre Elektra e Kirigi é digna dos grandes combates no estilo oriental. Elektra mostra toda a sua perícia e técnicas apuradas. Há também momentos divertidos principalmente nas cenas envolvendo a busca por Stick, onde até mesmo o Tucão está envolvido.

Demolidor #177 por Frank Miller.

Começa o treinamento de Matt com Stick para recuperar seu radar. Durante o rígido treinamento, Matt começa a ter visões, ou alucinações – Matt ainda menino prometendo a seu pai que seria alguém importante, e por causa disso sofria bullying dos meninos de sua rua, o acidente que provocou sua cegueira quando ele salvou um velho, o sentimento de culpa por não ter cumprido seu voto a seu pai  – todos obstáculos na mente de Matt que ele precisa superar, o seu demônio interior. Enquanto isso, o candidato corrupto a prefeito Winston Cherry é denunciado pelo Clarim Diário por Ben Urich e são processados. Por isso, Jonah Jameson pede ajuda para Nelson e Murdock para defendê-los perante o tribunal.

Uma viagem ao fundo da psique de Matt Murdock onde Frank Miller demonstra um profundo domínio e conhecimento sobre as motivações do Homem Sem Medo. Uma edição memorável.

Demolidor #178 por Frank Miller.

Nelson e Murdock aceitam defender o Clarim, mas passam a correr risco de vida. Sem saber que seu sócio é o herói Demolidor, Foggy contrata os serviços de proteção dos Heróis de Aluguel – Luke Cage e Punho de Ferro. Um jovem chamado Sheldon está chantageando o vereador Cherry para que ele não entregue alguns documentos incriminadores do corrupto candidato. Eles marcam um encontro no meio de um evento e com a participação desorganizada dos heróis de aluguel, os documentos acabam se perdendo.

Embora tenha mais atrapalhado do que ajudado, foi bacana ver a participação de Luke Cage e Punho de Ferro, além de uma luta entre ele e o Demolidor, o que já é costume da Marvel, esses breves confrontos quando dois heróis se encontram.

Demolidor #179 por Frank Miller.

Urich continua a investigar sobre a corrupção de Cherry e é ameaçado de morte por Eelktra a mando de Fisk. Ao comentar sobre isso com Matt, ele descobre que Elektra está de volta e trabalhando como mercenária de aluguel para o Rei. Apesar das ameaças, Urich não desiste, mas quando o Demolidor é derrotado por Elektra, Urich se vê às portas da morte às mãos da letal assassina.

Essa edição traz um dos momentos mais marcantes de Ben Urich nas HQs. É ele mesmo que está narrando a história e seu desfecho é de tirar o fôlego. Observem as feições de Urich quando ele está no cinema e é ameaçado de morte pela Elektra.

Demolidor #180 por Frank Miller.

Duas semanas depois de passar por um tratamento intensivo no hospital, Urich está de volta, e ele percebe que uma de suas fotos tiradas quando estava de tocaia vigiando o Rei, é parecida com Vanessa, supostamente morta, e agora parecendo uma mendiga. Ele conta ao Demolidor e eles vão investigar nos esgotos. Enquanto a campanha de Cherry está indo de vento em polpa depois da desistência do Clarim em denunciar o vereador, o Demoldior desce até os esgotos atrás de Vanessa, enfrenta e derrota o Rei dos Subterrâneos. Demolidor resgata Vanessa e diz ao Rei que acabe com a campanha de Cherry se quiser ver sua esposa de novo. Fisk é obrigado a retirar seu candidato, mas como vingança, ordena que Elektra mate Foggy Nelson.

Miller finalmente revela o verdadeiro destino de Vanessa depois do atentado que Fisk sofreu quando ainda queria apenas uma vida longe do crime. Um detalhe interessante é que o rei dos esgotos é muito parecido com Fisk, o que traça um paralelo interessante entre os dois.

Demolidor #181 por Frank Miller.

Obcecado em matar o Demolidor, o Mercenário consegue escapar da prisão e até consegue descobrir a identidade secreta do Demolidor. Elektra rapta Foggy para matá-lo mas não consegue. Ela e o Mercenário protagonizam uma das mais brutais e violentas lutas das HQs com um final trágico para Elektra, numa das cenas mais emblemáticas já registradas no Universo Marvel. Matt descobre quem matou Elektra e vai atrás do Mercenário e mais uma feroz luta acontece entre os dois, um confronto brutal onde o Mercenário quase morre e fica paralítico e moribundo numa cama de hospital.

Assim, Miller encerra a passagem de Elektra nas histórias do Demolidor. Ela ainda teria importância na vida do Demolidor e as questões entre o Herói Sem Medo, o Rei e o Mercenário ainda estavam longe de acabar, mas o final dessa edição fecha um ciclo de modo convincente e surpreendente.

Por Roger

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Crítica | Castle Rock (1ª Temporada)

Sem muito alarde Castle Rock chega ao fim depois de uma temporada tecnicamente muito bem executada, e pode ser que passe despercebida já que...

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

Demolidor | Tudo o que já sabemos sobre a 3ª temporada

Cego desde pequeno, Matt Murdock luta contra a injustiça durante o dia nos tribunais como advogado e à noite nas ruas de Hell’s Kitchen...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

Mais Notícias

Você não está conectado à internet