Review | Procura-se um marido de Carina Rissi

Título: Procura-se um Marido
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Ano: 2012
Número de Páginas: 474
Classificação: 5/5

Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.

Carina Rissi sempre será uma fofa que sabe escrever com toda a desenvoltura de gente grande. Lembro a primeira vez que li “Perdida” e fiquei louca achando que era uma escritora internacional em toda sua glória rs
E estou tendo novamente o prazer de ler algo seu. “Procura-se Um Marido” não deixou a desejar em nada. Fiquei enlouquecida com o enredo da vida de Alicia, suas loucuras e desenvoltura em fazer traquinagens como uma adolescente.
Se o vovô Narciso não foi capaz de dar jeito na netinha amada em vida, mas na morte deu um jeitinho. Com um testamento cheio de cláusulas, entre elas que a maluquinha deveria casar, e em mais uma de suas loucuras faz isso: um anúncio.

“Procura-se um marido para curta temporada. Homem entre 21 e 35 anos, que tenha imóvel próprio e emprego estável, disponível para matrimônio. Boa aparência não é exigida. Apresentação de antecedentes criminais obrigatória (…)”

E assim conhecemos Max… ou melhor Maximus – e com trocadilhos, o cara é um máximo mesmo meninas. De babar! Meio cabeludo coisa que não gosto, mas me levou ao delírio por ser carinhoso e atencioso como não vejo há tempos em livros.
E uma coisa que a Rissi arrasa é na caracterização dos personagens. Vemos uma personagem bobinha no começo mas no decorrer da leitura e de seus problemas, Alicia vai amadurecendo mas sem deixar as traquinagens pra trás.  Max, ao contrário de Alicia, é responsável e leva a sério seu trabalho, apesar de se deixar levar pela garota.
Nenhuma resenha chegará aos pés do que a Carina merece. E sei que a cada vez que eu lê-lo vou voltar aqui pra adicionar alguma coisa que eu tenha esquecido.
E aqui vai meu quote preferido – na íntegra, porque só um pedaço não teria graça:

“Ele se mexeu no colchão, liberando espaço para que eu me acomodasse ao seu lado. Receosa, fiquei bem no canto, me equilibrando na beirada da cama, temendo ultrapassar os limites, mas Max não pareceu se importar e gentilmente escorregou o travesseio sob minha cabeça, dividindo-o comigo. Nossos rostos ficaram próximos, tão próximos na escuridão que nossas testas quase se tocavam. Vez ou outra a claridade iluminava o quarto e eu enrijecia. Ele me estendeu a mão, e eu, agradecida, a agarrei com força, apertando-a contra o peito. Fechei os olhos e desejei que aquele ruído horrível e ameaçador cessasse e eu pudesse deixar Max em paz.
Ele se moveu, me fazendo abrir os olhos. Alcançando alguma coisa na mesa de cabeceira – meu MP3 – , ligou o aparelho, colocou os fones em meu ouvido, o outro no seu, e voltou a deitar sem jamais soltar minha mão. A melodia não fazia desaparecer, mas abafava os sons da tempestade […] Concentrei-me nos acordes melodiosos, no vocal, na batida, ignorando o medo, tentando mantê-lo sob controle. O calor da mão de Max entrelaçada na minha era acalentador. Aos poucos meu coração voltou ao ritmo normal, a adrenalina deixou meu corpo e subitamente me senti exausta.”

Tipo assim, você fica louca pelo Max. E ahhh, ele também sabe abastecer uma geladeira como nenhum homem, e coloca de tudo mesmo que seja muita coisa, só pra não deixar faltar nada! *___*
Obrigada Carina, por mais um livro maravilhoso. Super recomendo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here