Review | Juliet, Nua e Crua, de Nick Hornby

A vida normal das estrelas

Sou fã de Nick Hornby e acho que todas as pessoas deveriam ler seus livros. Mas ao ler este livro passei a tomar mais cuidado com esta frase. Não que ela não seja verdadeira, mas é que  Hornby escreve tão bem que ao escrever a frase acima, sinto-me um personagem do autor.

Hornby tem 61 anos, e parece que se especializou em escrever sobre personagens nas suas crises de 40 anos. São sempre adultos que parecem ter parado no tempo, vivendo sempre uma certa nostalgia.

Gosto do humor inglês e pop que ele possui. São sempre sacadas muito irônicas. Não é o riso fácil, mas sim o riso inteligente.Os personagens são reais. É você, ou é um amigo seu. Ele tinha decaído um pouco em seu ultimo livro antes deste , que contava a estória de quatros suicidas e achei meio deprê. Mas aqui ele volta com todo seu talento ácido e nos mostra como nos tempos atuais nos preocupamos com migalhas.

Anne e Duncan são um casal que leva sua vidinha medíocre numa cidadezinha inglesa. Annie trabalha num museu, e Duncan é professor. Porém o que Duncan mais gosta é de exibir seus conhecimentos sobre Tucker Crowe, um cantor que teve uma carreira meteórica na década de 80, sendo comparado a Bob Dylan e Leonard Cohen, mas que desapareceu da mídia de uma hora para outra.
O que teria acontecido naquele banheiro que fez Tucker desistir de tudo no auge de sua carreira, quando tinha lançado Juliet, seu melhor disco? Esta é a duvida que persegue Duncan e todos os seguidores de sua página oficial sobre Tucker Crowe.

E assim Hornby nos mostra o quanto o culto a celebridade vem tomando vulto hoje em dia. As pessoas deixam de viver sua vida e passam a viver a vida de seus ídolos, ou melhor, passam a idealizar a vida de seus ídolos.
De repente Annie se cansa de Duncan e o ápice do stress do relacionamento aparece quando uma gravadora decide lançar restos da gravação de JUliet, num novo CD a se chamar Juliet Nua e Crua. Annie ouve o CD antes de Duncan, e como se não bastasse este ato “vil”, ela ainda confessa a Ducan, que achou o CD  muito ruim. Uma versão desnecessária.

Duncan, que com o advento da internet se tornou um nerd de 40 anos, há tempos elabora teorias malucas sobre seu ídolo, e acredita que qualquer suspiro dado por Tucker tenha significados eclesiásticos e com mensagens cifradas. Sendo assim, ele acha o novo CD uma obra prima, melhor do que o original. E corre para ser o primeiro a comentar sobre o novo CD em sua pagina oficial de Tucker Crowe.

Anne que também está beirando os quarenta, vem repensando sua vida sem encontrar muito sentido para ela. Quarenta anos, sem filho, sem uma carreira e namorando um cara que se preocupa mais com um cantor desaparecido do que com ela. Inconformada e cansada de viver na sombra de Duncan, entra no post do namorado e publica sua opinião, escrachando o CD. E qual não é sua surpresa ao receber um email de concordância do próprio Tucker, recluso há tantos anos.

O que a principio parece um trote, vai crescendo e vemos que o mundo de Tucker não tem nada a ver com o idealizado por seus fanáticos seguidores. O grande astro decidiu levar uma vida medíocre. Nada mais do que isso.

Será Anne capaz de virar o jogo de Tucker? Ou será ele o responsável pela ressurreição de Anne?

Essa redenção é um dos motes do livro, mas em minha opinião, a critica maior de Hornby neste romance é aos chamados “especialistas”. Incrível como nos tempos de hoje temos especialistas em tudo. Especialistas em cafés, especialista em cervejas, especialista em chocolates, especialistas em vinhos, até especialistas em Big Brother. Mas será que as coisas são assim tão complexas e sofisticadas, ou a vida real é muito mais simples e banal?

Um livro leve, divertido, mas cheio de reflexões sobre nossa época atual e que acaba de ganhar uma versão cinematográfica que parece ser bem fiel ao livro.

…bora ler o livro e ver o filme, pois Nick Hornby é selo de qualidade.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet