Review | Favores Vulgares, de Maureen Orth

O Livro que Inspirou a Série de TV Vencedora do Emmy 2018.

Pensando em mais uma vez apresentar uma ótima a obra aos nossos fiéis leitores em parceria com o Grupo Autêntica. Hoje o Mundo Hype, traz literalmente mais um livraço de um dos casos mais conhecidos do mundo. Favores Vulgares: A Real História do Homem que Matou Gianni Versace, escrito pela jornalista Maureen Orth.

Bom, antes de falarmos sobre essa história, precisamos fazer algumas “apresentações”: Quem foi Gianni Versace?

FAVORES VULGARES - MUNDO HYPE
GIANNI VERSACE AO LADO DA TOP MODEL NAOMI CAMPBELL

Giovanni Maria Versace, nascido em 02 de dezembro de 1946 em Reggio Calabria na Itália, foi um famoso estilista de alta costura italiana que fundou sua própria marca em 1978, erguendo uma das maiores e mais importantes casas de moda do século XX. Após seu assassinato, a marca foi assumida por sua irmã, Donatella Versace, que hoje é conhecida e renomada, e em 2018 completou 20 anos de sua criação. Gianni revolucionou a moda dos anos 80/90 e era homossexual assumido e o mais famoso de uma época onde muitos ainda tinham medo de “sair do armário”. 

 


Favores Vulgares relata a história do assassino de Gianni Versace, Andrew Phillip Cunanan. Nascido em 31 de agosto de 1969 em National City, Califórnia. Andrew vinha de uma família com histórico de instabilidade mental, roubos, mentiras e ambições. Foi nesse ambiente tóxico que ele cresceu, sendo mimado pelo pai e pela mãe, que lhe ensinaram também desde cedo que ele poderia ter tudo o que queria sem o menor esforço. Com isso Andrew desenvolveu uma personalidade forte e o desejo pela vida boemia recorrente em sua história. Além de se mostrar um narcisista de carteirinha, criando várias identidades fictícias para si e se apropriando de histórias que não lhe eram originais, ele se tornou um alpinista social implacável.

Andrew era gay assumido desde sua adolescência, mas apenas para amigos, nunca falando sobre isso abertamente com a família. Mais tarde Andrew, bem educado e inteligente que sabia muito sobre arte, se tornou garoto de programa e traficante de drogas, bem como usuário. Atendia ricos clientes do sexo masculino e segundo amigos próximos, ele sempre esteve a procura de um velho rico que bancasse seus desejos, sonhos de grandeza e que lhe sustentasse literalmente.

O livro é na verdade um trabalho minucioso da jornalista Maureen Orth onde apresenta a vida de Andrew desde sua infância até o fim precoce de sua vida. O que acaba se tornando muito importante para traçar o perfil da personalidade doentia de Andrew e explicar nas entrelinhas o porquê de tantas mentiras e vida dupla/tripla que ele criou para si mesmo. Trabalho este que, por todo o seu teor investigativo, ajudou até nas investigações dos assassinatos cometidos por ele na época (sim spoilers a parte, foram, 5 oficialmente – sim, Andrew não matou apenas Gianni Versace, antes dele houve mais 4 mortes, 3 delas sendo de amigos próximos, pessoas com quem ele realmente se importava e sim 1 sendo “aleatória”, apenas por desejo de sangue).

O trabalho de Maureen conta com detalhes de como Andrew chegou a se tornar um Serial Killer famoso e mais procurado da época, não sendo capiturado frustrando assim as autoridades locais. A edição apresenta o decorrer das investigações que se mostrou um show bizarro de falhas e pistas desencontradas. Na época, a polícia já ganhara uma má reputação por suas falhas no caso das investigações do caso de O.J. Simpson e não haveria espaço para mais erros. O FBI também teve sua parcela de culpa nas investigações frustradas. Em partes a mídia, tida na época como uma besta faminta por noticias e audiência em cima desse caso, contribuíram assim para piorar o cenário geral, sendo também uma das responsáveis por mais uma morte nesse macabro processo.

FAVORES VULGARES - MUNDO HYPE
JORNALISTA E ESCRITORA – MAUREEN ORTH

Uma das vertentes do livro descreve também o quanto era difícil naquela época, as pessoas com dinheiro e estatus sociais se assumirem gay. O leitor conhece e se surpreende com um mundo diferente do contemporâneo. Secreto e discreto, era assim o mundo gay dos anos 90.

O livro se trata de uma grande edição fisicamente falando, e conta com mais de 448 páginas, entre relatos, documentos oficiais e entrevistas. Rico em detalhes, chega até a ser um pouco cansativo pelo volume de informações. Outro ponto negativo ou menos atrativo é o fato de por muitas vezes, constar na edição relatos aparentemente sem relevância para o desenrolar da trama principal. O trabalho da jornalista Maureen foi incrível com toda a certeza, como disse anteriormente, sendo muito importante nas investigações, mas por vezes parece que o tiro saiu pela culatra. Pela forma como é apresentada ao grande publico, a velocidade de narrativa, e os tantos trechos, o livro serve mais como um dossiê completo sobre o caso e não uma obra de entretenimento.

Aos grandes admiradores de biografias, saibam que é uma história interessantíssima. Relacionamentos conturbados, mentiras e assassinatos brutais. Leia, tire suas conclusões e tenha uma ótima leitura.

– Soinara Paiva


E você é fã do gênero?

Leia nossos mais variados reviews clicando aqui, e conheça ótimas obras que estão aguardando sua atenção. Não se esqueça, curta, comente e compartilhe nas redes sociais e leve novas histórias por onde for. Faça o que for, não saía daqui!!!

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here