Review | Demolidor: A Queda de Murdock

Demolidor: A Queda de Murdock nos mostra que caso um segredo (a identidade do Matt Murdock) caia em mãos erradas, ele pode ser utilizado tão malignamente por um vilão (Wilson Fisk, o Rei do Crime) quando ele tem a inteligência e os meios para mexer os “pauzinhos” em prol de desmoronar a carreira pessoal, profissional e principalmente a identidade secreta do vigilante mais temido de Hell’s Chicken, Demolidor, o Homem sem Medo.

Numa comparação, podemos dizer que o pobre Matt em Demolidor: A Queda de Murdock começa a história em cima de uma montanha com uma linda paisagem, porém no decorrer da história ele só desce o morro de forma desenfreada. E sabe aquele papo que dizem de que: “Algo que está ruim não pode piorar“? Tenho certeza que quem já disse isso não leu essa história. Pode ter certeza, sempre pode piorar, para o mal não há limites! Matt passa por cada aperreio, que é de dar pena, pois em dado momento ele já não confia em ninguém a sua volta e chega a cogitar que seus melhores amigos o traíram.

Falando do vilão, só temos que aplaudir o Rei do Crime. Ele é um excelente estrategista e quando necessário sabe ser cruel como ninguém, seja psicológica ou mesmo fisicamente.

Quanto aos personagens coadjuvantes/secundários em Demolidor: A Queda de Murdock, eles não deixam a desejar e mandam muito bem. O tom investigativo atribuído às páginas dedicas ao jornalista investigativo Ben Urich, é muito show, principalmente aliado aos excelentes desenhos do artista David Mazzucchelli. Não menos importante, o drama vivido pela personagem Karen Page é impactante e chocante ao mesmo tempo, algo bem pesado, principalmente se analisarmos o contexto da época de quando essa história foi publicada. Até mesmo o camarada e parceiro de negócios de Matt, o atrapalhado Foggy Nelson tem lá sua importância nessa história.

Algo que chamou muito a atenção nessa história foi a forma como Frank Miller dividiu em capítulos, escolhendo títulos que representam diretamente o momento em que o Homem Sem Medo vive na história. Isso chamou tanto a atenção que a seguir temos cada um dos títulos, e pode ter certeza, cada um faz muito sentido para o que virá após ele:

1. Apocalipse
2. Purgatório
3. Pária
4. Renascido
5. Salvo
6. Por Deus e Pela Pátria
7. Armagedon

Ao término da leitura, fazemos uma pergunta: “Tem dúvidas sobre o quanto eu gostei dessa história e de quanto ela é boa?“.

Recomendamos, vale a pena e tem mais um motivo para aumentar a sua vontade de ler essa história (caso você tenha gostado da adaptação do Demolidor na série da Netflix): A nova temporada (3º temporada) terá como base essa história.

Leia mais sobre: Demolidor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here