Review | Vozes, de Jéssica Dias

Vozes é aquele conto curtinho, que você lê em ”uma sentada” como quem não quer nada e, no fim, acaba ficando com medo de sair na rua por pelo menos um dia e te deixa paranoica por pelo menos três dias.

Sinopse: Quando sussurros sopram em seu ouvido, você tem duas opções: ignorá-los ou dar-lhes atenção. Muitos beiram à loucura, outros os enterram no canto mais profundo de sua alma, mas há aqueles que abraçam a obsessão como se fosse uma amiga íntima.

Cuidado ao olhar pela janela à noite. Você pode estar sendo vigiado. Você pode estar sendo perseguido. Você pode ser vítima da obsessão.

Tive o prazer de conhecer o conto da Jéssica Dias em uma leitura coletiva – a Darklytona – e fiquei super empolgada ao descobrir o conto da Jéssica. Vozes é um conto que mostra até onde uma pessoa doente pode ir acreditando nas ”vozes” em sua cabeça. Um conto que é rápido, mas consegue deixar aquela sensação de agonia por um tempo depois de finalizada a leitura.

De maneira rápida (não sei se intencional), Jéssica conseguiu mostrar que devemos ter cuidado com certos hábitos inocentes, como onde deixar uma chave por exemplo, e até com as redes sociais – um pouco do que foi retratado na série YOU da plataforma Netflix.

Recomendo a leitura de Vozes, mas garanta que vai ler quando já estiver em casa, no conforto do sofá, ou pode correr o risco de parecer um lunático na rua com medo de aparecer alguém capaz de se apaixonar com apenas um sorriso.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here