Review | TEX Platinum Volume 2 – O Ouro dos Confederados, de Antonio Segura & José Ortiz

Racismo não mais!

Olá navegantes do Mundo Hype! Hoje trataremos de falar sobre um dos quadrinhos mais consagrados de todos os tempos: Tex! O famoso e lendário ranger foi criado pela dupla italiana Bonelli e Gallepini, e desde então, conquista uma legião que acompanha o personagem de maneira quase que religiosa. Mas não é para menos: as histórias do personagem são publicadas aqui no Brasil há várias décadas e de maneira ininterrúpta. Eu como um fã do personagem digo que simplesmente não existem histórias ruins de Tex. O padrão de qualidade dos roteiristas e dos desenhistas (com raras exceções) é impecável. Pessoalmente, Tex ocupa um lugar cativo no meu coração, pois foi o gibi que me inseriu no mundo dos quadrinhos!

Hoje farei uma review de Tex Platinum vol 2 – O Ouro dos Confederados, lançado pela Mythos Editora. Pretendo fazer de todos os volumes dessa excelente coleção que vem sendo lançada. Optei por fazer dessa história antes de fazer do volume 1 por ter me agradado imensamente e por fazer jus ao momento atual em que vivemos, pois certamente é uma HQ que tem muito a nos dizer. O Ouro dos Confederados é argumentada pelo espanhol Antonio Segura e desenhada pelo monstro José Ortiz.

A história se inicia já com uma cena bem forte envolvendo um ritual da racista seita americana Ku Klux Klan. Inclusive, algo que percebi nessa leitura é que ela foge um pouco do padrão típico de Tex, pois nela temos uma pegada de cenas mais chocantes e violentas. Nela, Segura e Ortiz não pouparam cenas de opressão, covardia, enforcamentos, tiros na cabeça e sangue. Na trama, um foragido soldado da confederação e um membro casca grossa da KKK partem junto de uma pequena equipe atrás de lingotes de ouro que estão escondidos nos implacáveis pântanos sulistas. Com ambições diferentes, as duas cascavéis precisam lidar com alguns problemas internos e, pior do que isso: precisam lidar com dois Satanáses – Tex Willer e Kit Carson.

A aventura é extremamente bem conduzida, prende o interesse do leitor tanto no núcleo dos ambiciosos bandidos como na investigação dos rangers, que contam com a ajuda do carismático soldado negro Isaías. Há uma interessante alternância entre momentos de tranquilidade e acolhimento como em cenas de uma tremenda adrenalina. Tex, Carson e Isaías fazem uma verdadeira Odisséia, conhecem o mitológico bebum Hannibal, são recebidos em um povoado negro no qual precisam trabalhar juntos para carregar um canhão, vivenciam também uma espécie de montanha russa no trilho de um trem. Fui surpreendido pela quantidade de cenas criativas e resoluções fora do padrão nesta HQ. O roteiro como sempre impecável e as últimas falas de Tex são um verdadeiro petardo. Do tipo que se vocễ não se arrepiar, algo no Brasil está muito, muito errado. José Ortiz está mais afiado do que nunca, fazendo seu bom e velho jogo de luz e sombra, o preto e branco, justamente para vir a calhar na história que é contada. Para nos dizer que são nuances extremamente contrastantes, mas que a beleza está justamente na união e no respeito das diferenças.

Tex Platinum vol 2 – O Ouro dos Confederados é uma leitura obrigatória não só para os fãs de Tex ou para os fãs de quadrinhos, mas para todos aqueles que tem interesse neste que é um tema até hoje tão atual nos nossos dias. A sociedade está precisando tomar um sério sacode, pois infelizmente, até hoje grande parte das pessoas, sem perceber, reproduzem o discurso daqueles criminosos atrás dos lingotes do Ouro dos Confederados.

TEX Platinum Vol 2 - O Ouro dos Confederados - MUNDO HYPE
REVER GERAL
Nota
9
COMPARTILHAR

Boa Tex!

Sou psicólogo e um fã assíduo de filmes, HQs, livros, séries, videogame, cerveja, rock n’ roll e futebol. Me ingressei no mundo dos quadrinhos lendo Tex em formatinho e nunca mais parei de ler. Dentro dos quadrinhos, sou apaixonado pelo selo Vertigo e meus autores prediletos são Garth Ennis e Alan Moore. Meus personagens favoritos são: John Constantine, Conan, Batman, Demolidor e Justiceiro.

Últimos Reviews