Review | Sempre a Encontrarei, de Megan Maxwell

O terceiro volume da série Guerreiras que continua nos encantado com mulheres destemidas nas Highlands escocesas

Sempre a encontrarei é o terceiro volume da série Guerreiras de Megan Maxwell, lançado no Brasil pela Editora Essência em 2018. O livro conta a história de Kieran O’Hara, personagem que aparece nos livros anteriores (Desejo Concedido e Fúria Domada – já resenhado aqui no site), que de certa forma, paga sua própria língua, pois acaba se apaixonando por aquilo que ele repudiou nos livros anteriores, uma guerreira  ‘respondona e desafiadora’. E, nesse livro, ele acaba se envolvendo com uma mulher que o desafia muito mais do que ele poderia imaginar, uma mulher eu tem uma personalidade forte, e, para proteger os seus, se veste de ‘Fada’, uma mulher encapuzada que lidera um bando de guerreiros que protege o bosque ao redor do castelo onde vive.

Sinopse:

O laird Kieran O’Hara e seus guerreiros são atacados enquanto passam a noite na floresta perto do castelo de Caerlaveroch, mas um misterioso bando de encapuzados, liderados por uma mulher que os aldeões chamam de “Fada”, consegue salvá-los.

Angela é a mais nova das filhas do laird Kubrat Ferguson. Todos pensam que ela é uma menina fraca, chorona, medrosa e covarde. Quando Kieran a conhece, a atitude tímida da jovem, sua falta de jeito e seu senso de modéstia diante de seu cavalheirismo e bravura chamam sua atenção… sem saber que ela é a encapuzada que está procurando.

Serão eles capazes de desmascarar os perigos que ameaçam Caerlaverock, enquanto negam seus sentimentos um pelo outro?

Uma coisa eu gosto bastante nos livros da Megan Maxwell, principalmente nessa série, é que o livro não é uma narrativa simples que tem apenas um problema a ser resolvido e tudo termina bem. A cada capítulo, uma reviravolta acontece, fazendo com a história nunca perca o ritmo ou caia na mesmice, por mais que saibamos que a maioria dos desafios serão resolvidos (apenas não sabemos como). E é exatamente isso que aconteceu em Sempre a encontrarei. Quando tudo estava indo bem eu olhava quantas páginas faltavam para o livro acabar e já me preparava para algum problema que ia surgir no caminho dos personagens.

E mesmo que saia, saiba que não importa aonde vá, eu sempre a encontrarei.

Por falar nos personagens, Angela e Kieran são maravilhosos. É muito divertida a interação dos dois ao longo do livro, e ver Kieran sofrer por alguém que ele jamais imaginou gostar e sempre desdenhou dos amigos nos livros anteriores é engraçado. Angela é cativante, por mais que seja irritante no inicio de sua relação com Kieran. Ela se desenvolve bem durante a narrativa, e mostra sua força e determinação no final do livro, dando voz ao próprio coração. Os personagens secundários são trabalhados e apresentados de forma primorosa, onde a história de alguns começa e termina nesse mesmo livro. Uma que merece destaque é Iolanda, e eu acho que ela merecia um livro próprio. Os casais dos livros anteriores também aparecem, fazendo com que relembremos suas próprias histórias de amor.

Eu poderia dar nota máxima e favoritar esse livro facilmente, mas achei que faltou uns três capítulos no final para explicar uma situação que envolvia Iolanda, que foi deixada de fora do livro. Eu queria muito saber o que e como aconteceu, e Megan não contou. Mas isso algo pontual, mas não darei a nota máxima por isso.

O livro 4 da série já foi lançado em espanhol e em português em Portugal com o nome de Uma flor para outra flor, contando a história de Sandra, personagem que aparece no inicio de Sempre a encontrarei. O livro 5 foi lançado em fevereiro de 2019, por enquanto, apenas em espanhol, com o título Una prueba de amor, contando a historia de Aidan McAllister, personagem que também aparece em Sempre a encontrarei.

Por fim, é uma leitura divertida, que arranca sorrisos, que toca o coração, mesmo com algumas cenas mais calientes. Recomendo a leitura de toda a série, pois é uma série de romance medieval muito bem escrita e que diverte, entristece, enlouquece e aquece nossos corações, tudo ao mesmo tempo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here