Review| Querido Edward, de Ann Napolitano

Review| Querido Edward, de Ann Napolitano

Autora de Querido Edward, Ann Napolitano.

 

Querido Edward foi o enviado da Tag inéditos em parceria com a editora paralela do mês de agosto de 2020. Com um texto cativante e emocionante, a autora tece uma narrativa de tristeza, tensão e superação.
Edward está de mudança junto com seus pais , Jane e Bruce, e seu irmão mais velho Jordan para outro estado. São apenas quatro passageiros entre tantos outros no voo 2977 de Nova York para Los Angeles. A decolagem é garantida, já o pouso em segurança… é incerto. O avião infelizmente cai, ceifando a vida de todos os passageiros e apenas o pequeno Edward Sobrevive. Temos aqui uma criança orfã, que acorda no hospital dentro de uma nova e dolorosa realidade. Edward tão jovem passa pela dor da perda, pelo luto e no meio de toda essa tristeza ainda tem que lidar com a mídia sensacionalista. Ele está em todos os noticiários, todos querem saber como ele sobreviveu, como se sente, como vai se recuperar. Em casa, na escola, a presença dele não passa despercebida. Algo que o incomoda bastante. Edward em dado momento também recebe a solidariedade dos familiares das pessoas que foram mortas na queda. Ele passa a receber cartas e conhecer mais as pessoas com que ele conviveu tão brevemente durante o voo.

O menino então é acolhido por um casal de tios, Lacey e Jonh, que também tinham planos para suas próprias vidas, como ter um filho. E vão tentar se ajustar e reorganizar a vida com a presença de Edward e os desafios que isso implica. Suprir as necessidades do garoto da melhor forma, tanto física quanto emocional. Juntar os destroços que sobraram da vida da criança. E não será tarefa fácil. São muitas lacunas que jamais serão preenchidas, um trauma terrível, perdas irreparáveis. Não só os pais que ele amava, mas também o irmão mais velho, o qual Edward se espelhava e admirava muito. E assim vamos acompanhando Edward antes, durante e depois do acidente. A evolução do personagem é gratificante.

Edward se sente muito bem com a presença de Shay, filha de uma vizinha da tia dele. E logo nasce uma linda amizade. Uma parceria que vai ajudar o menino a ter dias mais tranquilos.

A narrativa alterna entre os acontecimentos e personagens do voo 2977 e o luto de Edward, o que torna a leitura mais rápida, interessante e dinâmica.  Durante o voo vamos conhecendo mais personagens e suas histórias. Cada um ali com um objetivo diferente. Um pensamento diferente. Uns querendo diversão, outros mergulhados no trabalho, outro viajando para se tratar de uma doença, outra tendo uma grande novidade para contar a um namorado, a família de Edward que vai pensando na mudança, em como será viver em outro lugar e o que o futuro lhes reserva. E nós, leitores, vamos ficando profundamente angustiados, pois ao lermos a resenha já sabemos que nada disso vai se realizar, que muitas vidas serão terminadas para ali. A jornada na terra acaba ali dentro do avião.

E essa parte me deixou muito tensa, aflita mesmo.  Saber que vai morrer, e não se pode fazer nada para evitar. É um livro que nos deixa refletindo sobre o tempo, sobre a vida, sobre as coisas que a gente prioriza em vez de viver ao máximo cada dia. A gente termina a leitura e fica pensando: “Vou aproveitar mais a vida, pois no fim somos só uma vela acesa ao vento, prestes a apagar a qualquer momento”.

O livro é escrito com bastante sensibilidade. A autora se inspirou em uma história real para escrever “Querido Edward”.

E vocês, gostam de livros assim?
Que mexem com as nossas emoções e provocam nossa empatia e solidariedade?
Então esse livro é para você.

Sobre o autor

Leia mais Reviews

Review | “VINGADORES PRIMORDIAIS”

Boa noite amigos da Mundo Hype !!! Eu sou o Paulo Cruz e esta é uma coluna sem data fixa de postagem (pintou a ideia, vai...

Review | A Paixão Segundo G.H., de Clarice Lispector

Ainda que a canção não tenha sido escrita para a escritora, toda vez que escuto a canção de Caetano Veloso e José Carlos Capinam...

Review | Neurocomic, de Matteo Farinella e Hana Ros

Eu amo livros de divulgação científica, isso é um fato. E quando é possível aliar divulgação científica com quadrinhos e uma edição incrível da...

Com Sangue, de Stephen King

Há uma máquina criadora de histórias, com alto índice de produtividade e criatividade que finge se passar por humano chamado S.T.E.P.H.E.N. K.I.N.G. - Hoje...

Review | O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel

O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel é um thriller realmente psicológico que acaba de ser lançado pela Editora Verus. Você curte thrillers com...

Review | “VINGADORES PRIMORDIAIS”

Boa noite amigos da Mundo Hype !!! Eu sou o Paulo Cruz e esta é uma coluna sem data fixa de postagem (pintou a ideia, vai...

Review | A Paixão Segundo G.H., de Clarice Lispector

Ainda que a canção não tenha sido escrita para a escritora, toda vez que escuto a canção de Caetano Veloso e José Carlos Capinam...

Review | Neurocomic, de Matteo Farinella e Hana Ros

Eu amo livros de divulgação científica, isso é um fato. E quando é possível aliar divulgação científica com quadrinhos e uma edição incrível da...

Com Sangue, de Stephen King

Há uma máquina criadora de histórias, com alto índice de produtividade e criatividade que finge se passar por humano chamado S.T.E.P.H.E.N. K.I.N.G. - Hoje...