Review | Por Lugares Incríveis de Jennifer Niven

Às vezes no mercado editorial aparecem livros que são como pérolas. Por Lugares Incríveis de Jennifer Niven, lançado aqui no Brasil pela Editora Seguinte é um destes casos.

Confesso que sempre tive certo preconceito com este livro. Muito hype! Historinha de amor adolescente! “Oh meu Deus, cuidado que o livro tem gatilhos”. Muitos motivos que por anos me fizeram deixar este livro parado na minha fila de leituras.

Mas ao ver que iria virar um filme na Netflix,  resolvi encarar a leitura. E a única coisa que me passava pela cabeça durante a leitura era:

Porque demorei tanto tempo para começar a ler este livro.

Por Lugares Incríveis conta a estória de Violet Markey e Theodore Finch, dois jovens adolescentes que se conhecem em um local e situação inusitada: Em cima da Torre do sino da escola.

Por Lugares Incríveis
Por Lugares Incríveis

Violet e Theodore sempre estiveram em grupos separados, mas de repente um estado de espirito acaba por uni-los.

Violet está claramente deprimida desde que sua irmã mais velha morreu em um acidente de carro. Ela também estava no carro e se culpa por ter sobrevivido ao acidente.

Já Finch é um cara difícil de definir.

Tem problemas com seu pai, sofre bullying na escola, e é conhecido por todos como Aberração. Mas por outro lado é um espirito tão livre, criativo e extravagante que a principio fica difícil entender o que ele fazia em cima daquela torre.

Ambos estão no mesmo ano escolar, porém a única matéria que cursam juntos é Geografia, e preocupado com Violet, é nesta aula que Finch vê a chance de se aproximar da garota,  quando o professor pede que seja montado um grupo para realizar um trabalho em campo.

O trabalho consiste em conhecer o local onde moram, visitando pelo menos dois lugares “incríveis”, turísticos ou não de Indiana, o estado em que moram e apresentar um trabalho sobre estes locais.

Finch escolhe Violet como sua dupla antes que ela possa dizer qualquer coisa.

Violet está em um casulo. Sua vida está parada.  Ela não tem vontade de sair de casa, não consegue mais andar de carro, não consegue mais escrever, não quer mais ir para a faculdade e só de imaginar fazer aquele trabalho começa a entrar em desespero.

Isso é relativo. Olha só, eu não acho que está tarde. Eu acho que está cedo. É o início das nossas vidas. O início da noite. O início do ano. Se você parar pra pensar, vai ver que está mais cedo que tarde.

Mas Finch é insistente, e tem uma maneira cativante de conseguir o que deseja. Através de citações de livros , encontros pela madrugada, letras de musicas e até muitas flores, ele vai cativando Violet e o leitor também.

E para ele, parece que desejar nunca é algo pequeno.

Para Finch dois lugares a serem conhecidos é pouco, então ele propõe a Violet conhecer diversos pontos de Indiana, e a partir de um mapa cheio de marcações e de um conceito todo especial sobre o que significa um “lugar incrível”, começa um belo relacionamento, onde ambos vão encontrar novas razões para viver.

O livro é um Jovem Adulto (YA), mas suas discussões são pertinentes a todas as idades.

Começa discutindo suicídio na adolescência, mas no fundo a intenção é discutir a depressão e transtornos psicológicos que são coisas mais abstratas e na maioria das vezes algo difícil de ser percebido.

Principalmente se aqueles que passam por isso não aceitam este rotulo e não buscam ajuda.

É melhor manter as palavras tristes, ruins, más, desagradáveis separadas, onde possam ser vigiadas pra gente ter certeza de que não vão nos pegar de surpresa

Finch é um dos personagens mais sensacionais que já encontrei em um livro.

Leitoras, com certeza gostariam de ter um Finch como namorado.

Leitores, com certeza gostaria de ter um Finch como amigo, ou até gostariam de ser Theodore Finch, só para poder falar todas aquelas frases mega inteligentes e legais.

Emergência talvez seja uma palavra muito forte, não queria assustar a senhora. Mas o inverno está aí e não sei onde estarei até a primavera. Ela tem nome de flor, e o pai dela me odeia, e quero que ela saiba que estou pensando nela e que esta não é uma estação em que a natureza morre, mas renasce

Mas quem é Finch de verdade?

Talvez nem ele mesmo saiba.  E assim, cria seus personagens. O Finch fodão, o Finch anos 80, e assim por diante.

Pela primeira vez, não quero ser outra pessoa além de Theodore Finch, o garoto que ela vê. Ele sabe como é ser elegante e eufórico e cem pessoas diferentes, a maioria imperfeita e burra, parte babaca, parte problemático, parte aberração, um garoto que quer ser fácil de lidar pras pessoas à volta pra que não se preocupem com ele e, principalmente, fácil pra si mesmo. Um garoto que pertence a este lugar ? aqui neste mundo, aqui na própria pele. Ele é exatamente quem quero ser e o que quero que meu epitáfio diga: O garoto que Violet Markey ama

Mas em tempos de likes em Instagram e Facebook, o que mais existe é uma falsa alegria, que  muitas vezes esconde enormes dores, e sufoca gritos, que se fossem exteriorizados, poderiam salvar muitas pessoas.

Às vezes, aqueles que ajudam é que precisam ser ajudados.

Mas como perceber isso?

Jennifer Niven e a capa da edição americana
Jennifer Niven e a capa da edição americana

Jennifer Niven trata assuntos importantes através de um texto extremamente poético.

Difícil terminar a leitura sem o livro estar todo grifado ou cheio de post-its.  E também sem lagrimas nos olhos.

Vontade de abraçar Ultravioleta Markante e Finch!

No final ainda existe um texto da autora extremamente sensível onde ela nos conta o que esperava ao escrever este livro.

Por Lugares Incríveis não é um livro fácil. Seu caminho é lindo, porém leva a lugares escuros.

Mas mesmo assim, ou talvez até por isso, seja uma leitura essencial para todos os públicos a partir dos 13 anos, seja você adolescente ou idoso, filho ou pai.

Se até agora você fugiu deste livro ou o deixou de lado, eu te recomendo a mudar de ideia.

Deixe Finch e Violet mudarem pelo menos um pouco de sua visão de mundo.

Eu acho que vale a pena.

Pra mim valeu!

Devido a estréia do filme na Netflix , a Editora Seguinte fez um relançamento do livro com uma capa dura, jacket com a capa do filme e comprando na Amazon, vem até um poster exclusivo conforme a foto abaixo:

Segue o link para comprar o livro na Amazon : Por Lugares Incríveis Capa Dura + Poster ou se preferir e o dinheiro estiver mais curto, Por Lugares Incríveis Capa Simples.

O que eu percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa

 

Não tem problema rir, sabia? A terra não vai se abrir. Você não vai pro inferno. Acredite. Se existe inferno, eu vou pra lá antes, e eles vão estar muito ocupados comigo pra fazer seu check-in.

E você, já leu este livro? Qual foi sua experiencia com ele? Já leu algum outro livro de Jennifer Niven? O que achou?

Vamos conversar nos comentários.

E Não se esqueça que temos muitas outras indicações, clique aqui e conheça um pouco mais.

E Curta o Site Mundo Hype nas redes sociais, compartilhe com amigos e continue por aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here