Review | O que eu faço com a saudade?, de Bruno Fontes

Tem dia que faço besteira. Tem dia que faço caipirinha. Depende muito. Hoje, fiz brigadeiro!

O Que Eu Faço Com a Saudade? de Bruno Fontes é um lançamento de maio da Editora Planeta.

Neste caso, o livro é um relançamento, pois já havia sido publicado de maneira independente via crowdfunding, também conhecida como vaquinha, em 2017 pelo autor.

O bom, é que agora com esta edição e distribuição da Editora Planeta, mais pessoas vão poder ter acesso a esta bela obra.

Mas quem é este cara que chega de repente falando de saudades?

Bruno Fontes já foi cantor de uma banda indie chamada Soulstripper cuja musica mais famosa se chama Não Trocaria um Sorvete de Flocos por Você. Nunca ouviu? Então procure agora no You Tube e me responda:

– O que esperar de alguém que escreve uma música com um nome deste?

Com o fim da banda, desde 2018, o local onde podemos encontrar Bruno Fontes é no Instagram, plataforma que ele decidiu usar para publicar pequenos textos que tratam basicamente do mesmo tema de suas antigas musicas: O Amor.

Mas engana-se quem mede seus textos somente pelo tamanho.

São pequenos textos poéticos de onde vazam sentimentos.

E bendita hora que a Editora Planeta resolveu investir neste rapaz, pois ele tem o dom das palavras, e é impossível não se emocionar e se arrepiar com diversos textos deste livro.

O Que Eu Faço Com a Saudade? é um livro para encher de post it, ou ler com um marcador de texto em mãos.

O livro é dividido em 4 partes: Amor, Nós, Fim e Saudade, mas onde na verdade todas falam sobre o amor, com o antes, o durante e o depois.

O Que Eu Faço Com a Saudade? fala sobre o fim do amor e sobre a saudade que normalmente dói , mas que às vezes até aquece a alma.

Bruno pega situações cotidianas e tira amor de atos muitas vezes rotineiros, repetitivos e simplórios, mas que vistos pelos seus olhos de poeta, nos tiram o chão.

Se eu te conhecer dez vezes, vou gostar de você em oito das dez. Em duas eu vou dar a sorte de não estar prestando atenção. 

Outro dia tinha lido um livro de outro rapaz vindo do Instagram e ali me senti enganado, pois não havia nenhum conteúdo em seus textos.

Aqui a sensação foi completamente diferente e a todo tempo eu me perguntava como textos muitas vezes pequenos, podiam dizer tantas coisas.

Se você acha exageradas as coisas que eu escrevo pra você, é porque não viu as que eu apago.

Bruno tem as palavras certas.

As palavras que me faltam.

E que inveja que isso dá!

Apenas peço que tome cuidado, pois a poeira que você levanta altera qualquer coisa no Cosmos e faz tudo balançar por ti; olhe os planetas se alinhando e a lua se ajeitando, só pra te ver sorrir. Tem dois dias que não faz sol, eu suspeito que a culpa seja sua, porque, se você apaixonou a lua, como um garoto iria resistir?

Nesta resenha eu poderia ficar aqui copiando muitas citações que marquei deste livro com a intenção de te convencer a lê-lo, mas acho melhor parar por aqui e deixar o prazer das descobertas a você que está lendo esta resenha e vai buscar esta perola após o termino deste texto.

Libere um espaço na sua cabeceira e compre seu exemplar. E vá lendo em pequenas doses.

Te garanto que pequenas doses de sorriso aparecerão no seu rosto.

Este ano eu já tinha feito resenha de um livro de Fabrício Carpinejar (Clique aqui) que conseguira me emocionar com seus textos curtos. Que alegria agora descobrir Bruno Fontes e ver que temos muitos talentos a serem descoberto em nosso país.

Que o mercado tenha espaço para estes talentos.

Bruno Fontes é um nome a ser acompanhado.

Recomendo.

“A saudade de você

É igual àquelas bobagens

Que eu ainda tenho no quarto,

Que nunca mais vou usar

E que não tenho onde guardar;

Mas guardo.

Só leia!

E você, curte poesias?

O que acha das editoras estarem investindo em novos nomes vindos de mídias sociais? Uma maneira de deselitizar a leitura aproximando mais o livro e seu publico leitor? Ou simplesmente uma aposta com menos risco em autores que já trazem uma legião de fãs após terem sido validados nas plataformas digitais?

Vamos conversar nos comentários.

E Não se esqueça que temos muitas outras indicações, clique aqui e conheça um pouco mais.

E Curta o Site Mundo Hype nas redes sociais, compartilhe com amigos e continue por aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here