Review | O mundo de Lore: Criaturas Estranhas, de Aaron Mahnke

Do produtor, apresentador e escritor do posdcast Lore, Aaron Mahnke, temos o livro O mundo de Lore: Criaturas Estranhas, publicado no Brasil pela Editora DarkSide Books. O livro nos conta a origem real de várias lendas que permeiam o imaginário e o medo coletivo.

Sinopse:

Elas vivem nas sombras, ocultas nas trevas da noite, habitando os cantos mais obscuros de nossas mentes. Conhecemos algumas delas através de superstições, fábulas e lendas urbanas. Ou, quem sabe, por meio de contos sinistros sussurrados de geração para geração. Elas. As criaturas estranhas. Acomode-se ao redor da fogueira e tente não temer os vultos sinistros na escuridão. A DarkSide® Books vai contar uma história para você. Uma não, várias. Uma mais aterrorizante do que a outra. E todas elas podem ser encontradas nas páginas de O Mundo de Lore: Criaturas Estranhas. Originado do premiado podcast Lore ― cujos episódios se inspiram nas famosas creepypasta dignas de pesadelos ―, o livro de Aaron Mahnke encontrou seu verdadeiro lar na editora mais tenebrosa do Brasil. Imagine que anos atrás havia um especialista em vampiros alugando seus serviços a quem precisasse. Ou que zumbis realmente existem. Ou ainda que há áreas na Islândia que não devem ser visitadas para proteção do mágico povo escondido. Compartilhando detalhes fascinantes sobre monstros assustadores e bizarros, O Mundo de Lore: Criaturas Estranhas explora o encanto que nós, humanos, temos por saber o que já houve de fantástico neste mundo em que vivemos. Seja um vilarejo europeu onde gremlins tocam o terror ou uma casa nos Estados Unidos assombrada por um boneco chamado Robert. As belíssimas ilustrações de M.S. Corley aumentam ainda mais o ar de encantamento que percorre todo o texto. E o “mundo” do título vem bem a calhar: além do podcast de sucesso que contabiliza mais de 180 milhões de reproduções e do livro de arrepiar, o projeto foi transformado em série pela Amazon Prime Video, e já conta com duas temporadas disponíveis em português no Brasil. A verdade realmente pode ser mais apavorante do que a ficção. Mas quem tem um coração dark batendo no peito gosta ― e inclusive pede mais.

Quando comecei a ler O mundo de Lore imaginando que teria muito mais foco nas lendas e nos mistérios que permeiam o mundo, mas, tive uma grata surpresa: não é bem assim. Nesse livro Aaron Mahnke nos mostra uma versão um pouco mais sombrias do terror em si, a sua parte na realidade. Ficou confuso? Eu explico: o livro nos mostra as verdadeiras histórias por trás de muitos mitos que acreditamos, mostrando o real muitas vezes pode ser mais assustador do que achamos.

O livro é dividido em cinco grandes partes, Quando os mortos retornam, Nossos pequenos problemas, De volta à natureza selvagem, Nosso outro eu e Portas para o desconhecido. Dentro disso, Aaron dá voz a muitos de nossos terrores e explica como pode ter surgido muitas das histórias que conhecemos hoje, como lobisomens, vampiros, zumbis, duendes e até a boneca Annabelle.

Vamos ser claros: esse é o ponto em que eu teria comprado fluido para isqueiro e uma lixeira de metal. Não consigo pensar em um presente de aniversário que eu não queimaria se começasse a fazer essas coisas.

Com uma linguagem simples e divertida, ‘causos’ inexplicáveis são contados ao longo do livro, alguns com explicação, outros, nem sempre. Por mais que a leitura parece simples, foi um pouco demorada por causa das informações que eram apresentadas ao longo dos temas, todas essas com embasamento histórico (tem uma linda lista de referências no final do livro – algo que AMO!).

Para aqueles fãs de creepypastas e histórias de terror, alguns fatos do livro não serão novidade, porém, o livro ajuda a aumentar o nosso repertório de conhecimento sobre o assunto. Eu vários momentos me peguei pesquisando pelos lugares citados no livro. Das fotos que vi, pouco são os lugares que eu visitaria. Há um mausoléu lindo na ilha de San Juan, em Washington, da família McMillin, que já fiquei mais que satisfeita em ver apenas por foto.

Quando o inexplicável se torna crível, as coisas ficam realmente terríveis

Por mais divertida que tenha sido a leitura, dois pontos me incomodaram muito: as mudanças de um caso para o outro eram diversas vezes abruptas e os casos contados foram majoritariamente da Europa e dos Estados Unidos. No caso das mudanças de assunto, as quebras no texto eram tão repentinas que as vezes eu voltava a folha para ter certeza de que não havia perdido nada. E, no caso da origem das histórias, fiquei sentindo falta de casos de outros países, de outros continentes, que poderiam sim ser relacionados com os casos apresentados. Principalmente na cultura oriental – eles sabem fazer boas histórias de terror.

O medo, o pânico e a histeria são doenças transmissíveis

O mundo de Lore é um livro divertido para aqueles que gostam de histórias de terror, e ainda mais divertido para os céticos, que vão conseguir (quem sabe?) descobrir a origem de alguns medos coletivos. Para aqueles que não gostam, também é uma ótima leitura, principalmente para entender como um fato isolado pode se tornar uma lenda. Dá para sentir medo e chorar de rir na mesma página. Ou, ao fim do livro, você pode topar com o Mothman em uma esquina para te avisar da presença de um lobisomem? Talvez encontrar um poço abandonado vigiado por um antigo fantasma de alguém que viveu por ali? Você se arriscaria a procura-los?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here