Review | O hospício de Muskov

Review | O hospício de Muskov

O hospício de Muskov da Editora Wish foi uma experiência sem igual de leitura. Peguei o livro sem nenhuma pretensão. Esperava contos sobre casos dentro de um hospício, mas o que me entregaram foi algo muito, muito maior. Muito melhor.

Muskov tem a alma faminta de um monstro que se alimenta de nossas almas. Desconfio que aqui não se trate a insanidade, querida. Desconfio que aqui se alimente dela.

O hospício de Muskov é uma antologia de contos de vários autores brasileiros. O livro se passa durante os anos de funcionamento do hospício, e vamos acompanhando as histórias de pacientes, médicos, e da própria instituição em si, se perdendo dentro das paredes de Muskov. Perdendo a sanidade e, em muitas vezes, a vida.

Eu não esperava o nível de terror que me foi entregue. Fiquei chocada logo no primeiro conto, O filho bastardo da Rússia, de Valquíria Vlad, temos uma breve noção do terreno onde estamos pisando. E, a cada conto que se passa, mais aterrorizante a leitura fica. Os autores conseguiram em seus contos criarem uma aura sobrenatural, mas, ao mesmo tempo, com situações que não estão longe da realidade.

Os contos são curtos e de leitura rápida, o que me fez gostar mais do livro. Poderia parar a qualquer momento, pois as histórias se encerravam sem demora, mas, ao mesmo tempo, queria saber cada vez mais sobre O hospício de Muskov e quais eram as atrocidades que aconteciam lá.

A loucura, segundo ele, está escondida numa legião de trivialidades do cotidiano, nos contratempos acumulados, naqueles momentos que a vida parece conspirar particularmente contra nós: um botão que arrebenta quando estamos sem tempo, o dedo que encosta na chaleira quente, a goteira que nos acorda à noite, a cobrança da conta que esquecemos de pagar, a criança que choraminga no quintal ao lado, a tinta que acaba no final do texto urgente. É lá, na última pequena gota do copo, que reside o inferno.

Para quem gosta de um bom terror e quer conhecer alguns novos autores, recomendo muito a leitura de O hospício de Muskov. Uma leitura que mostra que temos muitos talentos (e algumas mentes bem perturbadas) em nosso território, e que suas histórias precisam ser lidas.

Apenas, tenham cuidado para não ficarem presos para sempre no hospício.

Não importa qual seja o seu cárcere, a pior das prisões é a sua própria mente. A segunda, sem dúvidas, é o Hospício de Muskov.

Leia mais Reviews