Review | Não Fale com Estranhos de Harlan Coben

Será que realmente conhecemos aqueles que amamos?

Não Fale Com Estranhos de Harlan Coben foi lançado no Brasil em  2016 pela editora Arqueiro e voltou aos holofotes agora com a estreia na Netflix de uma série baseada no livro.

Harlan Coben é um dos maiores autores de suspense americanos, e quase todos os seus mais de 30 livros já foram lançados no Brasil, sendo sempre sucesso de vendas.

Mas como escrever 30 livros e ainda manter o pique e a criatividade?

Muitas pessoas acusam Harlan Coben de ter uma receita pronta para suas obras, e eu até concordo um pouco com isso, mas no caso deste Não Fale com Estranhos a receita deu origem a um prato muito saboroso.

Como sempre temos aqui uma família de classe media americana que é ameaçada por um segredo do passado.

Mas o que fazer quando descobrimos que fomos enganados pela pessoa que amamos?

Adam Price está em um bar onde ocorre uma reunião com os pais dos alunos que jogam Lacrosse, quando é abordado por um estranho que lhe diz que tem um segredo sobre a sua esposa e precisa lhe contar.

Começa ai uma estória que parece muito simples e localizada, mas que vai criando diversas teias, e quando percebemos já estamos seguindo diversas linhas que parecem completamente desconexas, mas que ao fim serão todas costuradas pelo mestre Coben.

Adam e Corinne tem o casamento perfeito. Moram numa cidade de classe media alta, estão inseridos nas atividades da comunidade e tem dois filhos adolescentes que vão bem na escola e nos esportes.

Mas será que Adam conhece Corinne?

Infelizmente, no seu intimo, Adam percebe que aquilo que o homem do bar lhe contou pode ser verdade.

Mas porque Corinne fez aquilo?

E o que Adam deve fazer com tal informação?

Ficar quieto sentado sobre este segredo, ou pedir uma explicação para sua esposa?

O inicio da trama é um pouco moroso, pois o autor precisa nos fazer conhecer a perfeita vida suburbana americana que a família Price leva. Ele nos apresenta o relacionamento do casal, os filhos, a relação dos pais com os filhos, os vizinhos e principalmente os pais que coordenam o time de Lacrosse da escola, algo que a principio é chato, mas que está completamente associado a trama.

A partir do momento que Adam confronta Corinne sobre a verdade, o livro pisa no acelerador e torna-se difícil parar a leitura.

Corinne não confirma nem nega a sua acusação, mas pede um tempo para pensar e marca de encontrar Adam em um jantar. Porém ela não aparece no encontro e só manda uma mensagem pedindo mais um tempo e que ele cuide das crianças.

Assombrado pela duvida, Adam resolve investigar a estória sugerida pelo estranho e acaba se envolvendo em uma intrincada trama que envolve roubo,  chantagem e até assassinatos.

De repente , em outros locais, aquele mesmo estranho encontra outras pessoas e informa que sabe de informações que podem mudar suas vidas.

Mas nem tudo é tão simples.

E Harlan Coben tem o dom de escrever como se fosse um roteiro para um filme, com capítulos curtos e cheios de reviravoltas, que prendem totalmente o leitor.

O problema que parecia simples e localizado a uma casa em um bairro Classe Media dos EUA vai tomando um vulto muito maior, em uma emaranhado de reviravoltas cada vez mais surpreendentes.

Muitas vezes achei que não estava entendendo nada e que aquela estória ia se perder, mas Coben tem total controle sobre suas tramas.

O livro discute a privacidade em tempos de internet, e nos mostra que todos têm segredos, em diferentes graus, mas que em tempos de internet, o conceito de sigilo é algo completamente frágil.

Algumas cenas de ação são sensacionais e o final me pegou completamente de surpresa, pois não esperava tal coragem no autor.

Não Fale com Estranhos nos mostra que alguns segredos quando revelados, podem ter consequências desastrosas. Mas será que tudo precisa ser revelado? Devemos buscar sempre a verdade a qualquer preço? Para o bem de quem?

Um livro para se divertir e também para pensar na sua vida.

Não é o melhor Harlan Coben, mas é um ótimo livro. Perfeito para quem deseja adentrar o mundo dos thrillers.

Li este livro em 3 dias, por total falta de tempo, pois com certeza pode ser lido de uma sentada só em um domingo chuvoso.

E que venha a série agora.

E você, já leu este livro? Curte Harlan Coben ou acha que seus livros são todos iguais?

Qual seu livro preferido deste autor?

Vamos conversar nos comentários.

E Não se esqueça que temos muitas outras indicações, clique aqui e conheça um pouco mais.

E Curta o Site Mundo Hype nas redes sociais, compartilhe com amigos e continue por aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here