Review | Na cama com a Fera, de Tara Sivec

Se um dia eu falir, saibam que a Editora The Gift Box tem um pezinho de culpa nisso. A cada 5 lançamentos deles, pelo menos 4 eu quero ler. O primeiro deles que li foi Cage, um romance dark, e, meu segundo livro é Na cama com a Fera, da autora Tara Sivec. Depois desse livro já sei que não terei nenhuma decepção com os livros deles.

Na cama com a Fera é o segundo livro da série The Naught Princess Club, e conta a história de Belle, uma bibliotecária tímida que vive com a cara nos livros e no porão do pai superprotetor. Porém, ao fazer amizade com Cindy e Ariel e fundar o negócio de stripper com as novas amigas, sua vida toma um novo rumo. Belle quer se aventurar mais, e, como consequência disso, acaba sendo expulsa de casa pelo rígido (e babaca) pai.

Eu não preciso do dinheiro para comprar sapatos chiques ou joias ou qualquer coisa do tipo! Eu preciso para salvar minha biblioteca. Meu lar. O único lugar que sempre fez com que eu me sentisse normal, onde as pessoas não me olham de maneira estranha quando eu falo fatos aleatórios e inuteis. Aquele lugar é a minha vida toda, e sem ele, eu não sei quem eu sou!

Belle não consegue contar para as amigas sobre a sua situação, pois não tem dinheiro para arrumar um lugar e precisa juntar grana para manter a biblioteca, seu local mais seguro do mundo, funcionando. Uma das coisas que já gostei na premissa foi que Belle entrou nessa loucura divertida com as amigas para salvar algo que fez e faz parte dela, seu canto especial, seu mundo rodeado de livros.

Como não tem lugar para ficar, Fera, ou Vincent para os mais próximos, oferece a ela uma vaga na sua casa, para que Belle não fique mais dormindo no chão da biblioteca. – Ele mais impõe do que oferece, mas Belle ao menos arruma um lugar para ficar por um tempo –  Claro que essa ajuda não vem de graça, e, para poder permanecer ali, Belle precisa seguir algumas regrinhas, como não fazer noite do pijama e não abrir a porta do quarto em frente ao do seu anfitrião. Mas será que Belle vai ser capaz de seguir as regras e entender mais sobre Fera, e até mesmo descobrir sobre si?

_ A biblioteca está fechada. Tranque tudo, pegue essa coisa ridícula que você chama de cama, de debaixo do balcão, e a mochila com roupas que você esconde na última gaveta, e vamos embora.

 

 

_Você é estranha.

_ Eu sei – respondo, encolhendo os ombros. – Obrigada por não me trazer aqui para me matar.

Esse dois morando juntos é muito divertido. Belle precisa descobrir como ser mais sensual para conseguir dançar e fazer as festas na empresa, e Vincent precisa aprender a lidar com o seu temperamento, sua nova inquilina e tudo o que ela desperta nele. Belle pede a ajuda de Vincent para aprender a flertar e entender os homens, e, claro, a gente já sabe que isso não vai dar tanto certo.

_Você deve malhar bastante – Sussurro, maravilhada.

_Meus olhos estão aqui em cima, princesa.

É um livro de leitura rápida, mas que deixou bem satisfeita com a historia. Como não li o primeiro, já imaginei que a Belle era uma stripper, mas não é assim. Belle precisa se entender e se descobrir para conseguir se apresentar. Ela acaba descobrindo o próprio poder ao longo da história, além de descobrir o amor mais lindo.

Maldito seja. É como acontece sempre: em um minuto, eu quero dar um soco na cara dele; e no outro, quero abraça-lo e fazer com que tudo fique bem.

Vincent/ Fera é um personagem que consegue esconder seu segredo de todos até o fim de Na cama com a Fera. Ele se preocupa com a Belle, ao ponto de segui-la em seus encontros (e rendendo ótimas cenas). Ainda assim, ele se preocupa com Belle, ao ponto de temer machuca-la ou mesmo vê-la ferida. Ele esperar ela estar pronta para enfim se entregarem um para o outro é uma atitude extremamente tocante dele. Existem outros segredos dele que são revelados que deixam os leitores de queixo caído, mas esses vou deixar guardados para vocês descobrirem depois. Vincent e Belle descobrem ao longo do livro que precisam muito mais um do outro do que imaginam.

Os personagens secundários são um show à parte. A sra. Potter é o tipo de pessoa que eu quero ser quando envelhecer. Em todas as vezes que aparece rouba a cena e várias risadas. A Ariel também é muito divertida, mesmo que eu tenha detestado a personagem em boa parte do livro. Quero ler o próximo para descobrir mais sobre ela e seu passado. A Cindy e a Ariel juntas são loucas demais. Elas tem cada ideia que não tem como não se divertir.

_ Aquele homem, com certeza, tem uma bela bunda.

_ Sra. Potter! – Sussurro, olhando chocada para ela.

_ Estou velha, não morta. Olha só como ele preenche aquela calça jeans!

_Ai, Jesus. Acho que a quebramos. Cindy, eu acho que a quebramos _ Ariel murmura.

Na cama com a Fera é um ótimo livro para quem gosta de romances, de momentos hilários, de uma boa dose de contos de fadas e pra quem tenha mais de 16 anos (classificação do livro). Recomendo muito a leitura, e sei que antes que o ano acabe eu vou reler esse livro mais umas duas vezes.

 

Adquira o seu na Amazon!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here