Review| Mapa dos dias, de Ransom Riggs

Lançado pela editora intrínseca, este é mais um livro das crianças peculiares .
Depois do incrível desfecho de biblioteca de Almas, Jacob agora é uma espécie de celebridade no clã peculiar.

A Srta. Peregrine está de volta com suas crianças e ,nesta aventura, o protagonismo da série é todo delas.
O grupo de peculiares continua com o mesmo brilho e carisma de sempre. Agora , eles estão reunidos e empenhados em construir uma nova fenda temporal , ajudando a Srta Peregrine e outras Ymbrines , a dar um lar seguro para seus pupílos.

No livro não há tanta ação, mas existe sim um clima de mistério no ar. O avô de Jacob , Abe, mesmo depois de morto ainda é uma incógnita. Um oásis de mistério. Em “Mapa dos dias” Jacob vai descobrir muitas aventuras que envolveram seu avô e as habilidades peculiares que ele tinha. Inclusive Jacob e os outros descobrem um Bunker subterrâneo na casa de seu avô. E lá encontrarão Pistas de uma organização secreta. As missões que ele comandava e, com isso, passará a se sentir cobrado pelos outros e por si mesmo. Afinal, um dia, ele pretende ser um peculiar tão sagaz, corajoso, habilidoso e audacioso como foi o seu querido avô. E ele sente que isso é uma responsabilidade imensa.

Essas revelações também abrem velhas feridas no coração de Emma, que continua obcecada pelo antigo amor, Abe. O que acaba trazendo problemas em sua relação no presente com Jacob.
A narrativa se divide entre passado e presente. E o presente é justamente na América, onde vive Jacob. E os peculiares acabam tendo contato com o mundo atual. Com a tecnologia e a modernidade, as quais eles não tinham acesso vivendo confinados por tanto tempo com sua tutora nas fendas temporais.

Neste Volume da série, Jacob e seus companheiros vão encontrar outros peculiares e velhos amigos de Abe que vão orientá-lo a salvar crianças peculiares na América e levá-las a um lugar seguro. E não será tarefa fácil. Já que será uma ação altruísta e totalmente voluntariosa apenas de alguns peculiares sozinhos, sem ajuda ou interferência de Ymbrines. E Nessa viagem vão encontrar peculiares bons, peculiares perigosos e Criaturas jamais vistas.
Os que mais aparecem aqui são Emma, Millard, Jacob, Bronwyn, Olive e Enoch. Que partem em missão liderados por Jacob.
Enoch, aaahhhh Enoch. Continua o mesmo de sempre. Super engraçado, irônico, com aquele humor ácido que diverte os leitores e fãs da série. Com certeza ele é a parte cômica do livro.
E a saga não termina por aqui. Com certeza virá uma continuação com mais aventuras dos peculiares por aí. Eu, particularmente, amo essa turma. E espero que Ransom Riggs traga mais histórias bem escritas sobre eles.

Como sempre, o livro visualmente falando é um espetáculo! Em capa dura e com essa jacket. As fotos se destacam e dão aquela sensação sombria e obscura que vai “casando” perfeitamente com cada capítulo apresentado. Ajuda e muito na nossa imersão na estória. É incrível como a gente vai lendo e se sentindo “Em casa”. Totalmente conectado com os personagens e seu universo. Uma leitura muito fluida , que cativa o nosso coração e nos mantém alerta a cada página.
Gostei muito. Os peculiares são meus queridinhos!
Que venha o próximo livro da série!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here