Review | Luxúria, de Raven Leilani

Review | Luxúria, de Raven Leilani

Luxúria de Raven Leilani , lançado pela Companhia das Letras no fim de 2021 com um pequeno alarde, é um achado.

Não acho que seja o livro do ano como foi veiculado em alguns meio literários, mas com certeza é uma obra extremamente complexa e moderna, sem ficar esfregando esta modernidade na cara de quem está lendo.

Raven Leilani, Luxúria é seu primeiro livro
Raven Leilani, Luxúria é seu primeiro livro

As relações existentes neste livro são extremamente complexas e acabam mexendo com o leitor, desde o seu titulo.

É ironico imaginar o titulo Luxúria para uma obra onde se vê pouco prazer.

Eddie é uma garota de 25 anos. Negra, pobre e perdida na vida.

Seus pais estão mortos, mas seu histórico familiar é complexo. Mãe drogada, pai distante.

Vive sozinha num apartamento onde normalmente aparecem baratas e ratos e trabalha numa editora de livros infantis, para cumprir cotas de contratação,  onde ganha pouco, e como não tem nada melhor para fazer, já dormiu com quase todos os funcionários.

Ela conheceu Eric pela internet. Ele tem o dobro de sua idade, é branco, casado, classe media,  com uma filha e segundo ele, possui um casamento aberto com a esposa.

Capa inglesa de Luxúria
Capa inglesa de Luxúria

No começo Eric supria as necessidades de Eddie, mas hoje, em muitos momentos ela termina o começado na masturbação mesmo, porém de repente ele parou de responder suas mensagens eletronicas e isso a incomoda.

Eddie resolve “stalkear” seu amante, e acaba indo a casa de Eric, onde conhece Rebecca, a esposa, uma personagem que até agora estou tentando decifrar.

Rebecca realmennte sabe da existencia de Eddie, e ao saber que esta perdeu o emprego e não tem para onde ir, chama-a para morar na sua casa, com ela, Eric seu marido e Akila, a filha adotada do casal, que por um acaso é negra.

E assim a autora subverte ou extrai diversos preconceitos que estão inseridos no leitor.

Capa Italiana
Capa Italiana

Quando Eddie passa a morar naquela casa, passamos a ser enredados em relações que nos parecem completamente improváveis, mas é assim que a autora vai nos mostrando de maneira sutil diversos preconceitos institucionalizados em nossas raízes, e sem levantar bandeiras.

A obra tem um clima constante de tensão e é difícil para o leitor não julgar os personagens de acordo com seus próprios preconceitos.

Edie parece só tomar atitudes erradas. Às vezes é extremamente liberal. Outras é completamente submissa, e isso não se refere somente a sexo.

NO fundo, Eddie teve uma vida tão sofrida e solitária, que ela se considera invisível. Como raça, classe e gênero, se é que isso é possível.

Capa Americana
Capa Americana

O livro tem cenas sensacionais que mexem com o leitor ao criar relações que nunca esperamos que possam acontecer.

É difícil entender o que Rebecca vê em Eddie, mas é muito legal ver a relação que vai sendo criada entre Akila, a menina negra adotada por um casal branco e a jovem Eddie, que simplesmente consegue enxergar o mundo da pequena garota negra vivendo num rico subúrbio veladamente racista, algo que os pais adotivos da menina não conseguem enxergar.

Eddie passa a ser ao mesmo tempo um elo da familia com a menina e um ponto de apoio a esta, lhe ensinado a agir como uma pessoa preta, ensinando-a como cuidar de seus cabelos ou até lhe mostrando o dia a dia em ser confundida com bandidos ao andar por bairros majoritariamente brancos.

Infelizmente para a história, e felizmente para os leitores, a autora não busca soluções fáceis e está aqui para mostrar a vida real, mesmo que isso doa.

E é incrível como consegue fazer isso em tão poucas páginas.

E a vida não é fofa e cor-de-rosa.

Luxúria é um livro seco, adulto e que nos traz bastente reflexões.

Festa estranha, com gente esquisita! Eu acho que queria um final mais feliz, mas torço realmente para que alguém enxergue Edie. Sei que lá dentro tem coisa boa. Ela só não consegue parar de se sabotar.

E você, já leu este livro? O que achou?

Converse com a gente nos comentários.

Se você ainda não leu, e ficou interessado, segue aqui um link para compra do livro:

Na Amazon. Luxúria

Lembrando que ao comprar com estes links, você ajuda na manutenção do nosso site.

E se você curtiu esta resenha, temos muitas outras clicando aqui.

Leia mais Reviews

Review | Luxúria, de Raven LeilaniLuxúria de Raven Leilani , lançado pela Companhia das Letras no fim de 2021 com um pequeno alarde, é um achado. Não acho que seja o livro do ano como foi veiculado em alguns meio literários, mas com certeza é uma obra extremamente complexa e...