Review| Flores da morte, de Jen Williams

Review| Flores da morte, de Jen Williams

Kit do mês da Trama Box.

Flores da Morte é o primeiro Thriller da autora Jen williams e também foi o primeiro livro trazido pelo novo Clube do livro da Trama Box no mês de novembro. Então vamos à trama:

Heather é uma jornalista, que após a morte da mãe, volta à sua cidade natal em busca de respostas. A mãe dela provavelmente cometeu suicídio, por motivos que sua filha desconhece. Apesar de serem mãe  e filha as duas mulheres não eram muito próximas. Passando uns dias na antiga casa de Colleen, a filha pródiga vai tentar entender como sua mãe vivia, e o que pode ter motivado essa atitude desesperada.

“Eu sei o que você é e acho que você também sabe”

Após encontrar algumas cartas de sua mãe, Heather  chega à conlusão que Colleen escondia coisas e mantinha uma relação secreta com alguém, e esse alguém é Michael Reeve, um assassino em série que no passado matou várias mulheres e atualmente está cumprindo sua pena em regime fechado. É um sujeito reservado e considerado perigoso. E Heather está disposta a descobrir que conexão tinha a sua mãe e o assassino, para isso começa a visitar Michael na prisão para fazê-lo falar qualquer coisa que saiba sobre a mãe dela e o que pode ter ocasionado a morte dela. O que ela consegue é que ele fale sobre o Morro do violinista, um lugar misterioso na floresta, e o que acontecia por lá. Através das histórias sombrias do irmão Grimm Michael vai dando algumas pistas. Algo que Heather Teme em descobrir.

O livro é dividido em partes,  pela perspectiva de Michael no passado, e Heather no presente.

Minhas impressões:

Sendo bem honesta, achei a premissa muito boa mas não achei o desenvolvimento tão bom assim. Os personagens achei fracos, rasos. A investigação policial não teve seu Lugar, ficou apagado e em segundo plano. O inspetor Parker parece ter entrado em cena apenas para engatar um romance bem fora de hora com a Heather, que por sua vez não soube direito se investigava para ter uma matéria para o jornal ou se iniciou isso pela mãe mesmo. Teve muita coisa desnecessária. A tradução também bem ruim. Era um tal de “Dona “Heather e “Seu” Reeve que sinceramente me irritaram. A personagem principal é morna, enfadonha, fala coisas desnecessárias, por vezes achei bem infantil. Teve até umas reviravoltas boas, isso eu tiro de positivo.

Mas o fato é que esse livro não funcionou para mim. Para quem está acostumado com thrillers vai ser difícil ser convencido por esse aqui.  Mas de maneira alguma desencorajo a leitura de quem ainda deseja ler. Como eu falo sempre: a leitura é única. Cada um tem sua perspectiva. Então só lendo para saber. 🙂

Sobre a Trama, é uma editora que curto demais! Vem trazendo grandes thrillers para o Brasil. Já li vários títulos maravilhosos. O kit foi muito bem elaborado, bem pensado, estava lindo e bastante caprichado. E vamos para dezembro, ver que surpresas nos aguardam. Já estou ansiosa pelo próximo.

Sobre a autora:

Jen Williams mora em Londres com seu companheiro e seu gatinho. Fã de contos de fadas sombrios na infância, hoje ela escreve  histórias perturbadoras de crime envolvendo personagens femininas fortes.  Já escreveu outras obras porém, Flores da Morte é seu primeiro thriller

 

Então é isso, pessoal!

Já leram o livro? O que acharam?

Leia mais Reviews