Review | Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido de Nancy Springer

Review | Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido de Nancy Springer

Até mais ou menos um ano atrás poucas pessoas tinham ouvido falar sobre Enola Holmes aqui no Brasil, mas Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido de Nancy Springer é um livro Young Adult, aliás, é o primeiro livro de uma série de seis títulos que foram todos publicados aqui no Brasil desde 2010 em edições caprichadas com capa dura pela Editora Novo Século.

Os livros da Serie Mistérios de Enola Holmes lançados no Brasil pela Editora Novo Século
Os livros da Serie Mistérios de Enola Holmes lançados no Brasil pela Editora Novo Século

Porém precisamos que Milly Bobby Brown e a Netflix se interessassem por estes títulos para que eles se popularizassem, e agora o primeiro volume da serie acaba se ser relançado pela Editora Verus.

Nova edição de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido da Editora Verus
Nova edição de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido da Editora Veruso

E que sorte grande teve Nancy Springer, pois se até agora o seu sucesso foi moderado, agora tem tudo para ser tornar um grande bestseller, pois pelo que vemos pelos trailers, parece que Enola Holmes tem tudo para se tornar mais uma grande franquia do cinema.

Mas quem é Enola Holmes? Ou melhor, primeiro, quem é Nancy Springer?

Nancy Springer, autora da série Mistérios de Enola Holmes
Nancy Springer, autora da série Mistérios de Enola Holmes

Procurando no Google descobri que Nancy Springer é uma prolixa escritora americana que já escreveu mais de 50 livros dentre Fantasia, Young Adult, Suspense e até Ficção Cientifica.

Porém aqui no Brasil seus únicos livros publicados foram a serie Mistérios de Enola Holmes, que tinha um grande apelo para o público adolescente, porém infelizmente não causou grande alvoroço em nosso mercado.

Enola Holmes é uma criação de Nancy Springer baseada no cânone Sherlock Holmes criado por Arthur Conan Doyle.

De acordo com a criação da autora, Enola é a irmã mais nova de Sherlock e Mycroft. O pai deles faleceu e ela foi criada somente pela mãe, sendo inclusive educada em casa por esta.

Acontece que exatamente no dia do aniversário de 14 anos de Enola, sua mãe desaparece, aparentemente sem deixar pistas.

Enola sabe que algo estranho aconteceu e começa a procurar pistas, porém os empregados da casa decidem chamar os irmãos Holmes que moram em Londres para resolver a situação.

Neste reencontro fica obvio que os irmãos Holmes, Mycroft e Sherlock, não têm nenhum contato com Enola e a mãe há muito tempo, e eles ficam chocados com o que encontram.

Enola e os irmão Holmes na versão cinematográfica
Enola e os irmão Holmes na versão cinematográfica

Durante os últimos anos, Mycroft,  o irmão Holmes mais prático e capitalista, seguiu enviando dinheiro para sua mãe cuidar da casa e educar a pequena Enola, porém logo ele descobre que nada do que acreditava  pagar existe, e que realmente Enola está longe de ter sido criada para ser uma Lady.

No fim, eles não se surpreendem muito com desaparecimento da mãe, pois aparentemente ela foi embora porque quis, mas agora eles têm um problema:

O que fazer com a jovem Enola?

Como estamos falando de um livro de época, e uma época em que mulher só servia para se casar, a única possível solução é: Colégio Interno para Moças.

Capa de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido na edição de Novo Século
Capa de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido na edição de Novo Século

Porém a mãe de Enola, aparentemente uma feminista,  sempre lhe disse que locais assim eram péssimos, pois só serviam para criar mulheres para se tornarem esposas, então a menina bola um plano para fugir deste novo destino e ir a procura de sua mãe, e é na execução deste plano que ela acaba se deparando com o caso do Marques Desaparecido e percebe que tem talentos muito parecidos com seu famoso irmão, porem estes não evitam que ela se meta numa grande aventura.

Uma das partes interessantes do livro é o disfarce escolhido por Enola para fugir, e como os costumes da época lhe ajudam, principalmente com as vestimentas femininas cheias de detalhes. Quando isso acontece até entendemos a longa introdução trazida pela autora.

Enola Holmes disfarçada?
Enola Holmes disfarçada?

Porém existem muitas situações bem inverossímeis na estória, principalmente na maneira fácil que uma menina de 14 anos que nunca saiu de casa, consegue se instalar em uma cidade enorme como Londres.

Capa Americana de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido
Capa Americana de Enola Holmes e o Caso do Marques Desaparecido

Infelizmente o livro de Nancy Springer demora um pouco para se encontrar e não foi uma leitura muito fácil.

Eu imaginava encontrar uma estória adolescente, com bastante ação, mas até 40% da leitura mais ou menos, nada acontece.  A autora parece mais interessada em falar sobre os costumes femininos da época, o que torna a leitura extremamente enfadonha com as descrições de todas as roupas que Enola tem que vestir e a maneira como os homens da família acham que uma dama deve se comportar.

O ritmo na estória só aparece mesmo depois dos 60% da leitura, porém a autora segue perdida, já que no meio da estória ela se esquece o que Enola estava buscando e traz um novo problema para nossa agora audaz heroína adolescente.

Outra capa / edição em inglês
Outra capa / edição em inglês

Mas como a partir daí o livro fica interessante, e digamos até um pouco violento, a gente acaba perdoando a autora, pois é somente a partir deste ponto que a autora entrega o que estávamos procurando.

O último terço do livro é difícil de parar a leitura, mas ainda falta alguma coisa.

Fica claro ao final do livro que a intenção da autora é mais criar uma personagem feminista do que propriamente aventureira.

Eu li este livro para meus filhos que são pequenos, pois pretendo assistir a série com eles e no início foi bem difícil conseguir a atenção deles.

Sendo assim recomendo a leitura mais para um público adolescente, e que persistam, pois o livro melhora sim.

Porém lendo somente este livro, eu não sei se seguiria lendo o restante da série, mas como tenho a impressão que depois do filme da  Netflix ainda vamos ouvir falar muito de Enola Holmes, vou seguir lendo a série com meus filhos, pois agora acho que Enola já sabe do que é capaz e pelo final aberto deste volume, podemos esperar novas aventuras.

Versão americana da série MIsterios de Enola Holmes
Versão americana da série MIsterios de Enola Holmes

Aguardem novas resenhas dos outros livros e da série, que com certeza conseguiu melhorar muito o livro.

E você, já leu este livro?  Qual a sua opinião?

Já leu algum outro livro da série? Valeu a pena? Qual o seu favorito?

Converse com a gente nos comentários.

Se você ainda não leu, e ficou interessado, segue aqui um link para compra do livro:

No Submarino: O Caso do Marques Desaparecido.

Na Amazon. O Caso do Marques Desaparecido.

Lembrando que ao comprar com estes links, você ajuda na manutenção do nosso site.

E se você curtiu esta resenha, temos muitas outras clicando aqui.

Fique com a gente e nos indique para seus amigos que curtem cultura hype!

 

Sobre o autor

Leia mais Reviews

Review | Neurocomic, de Matteo Farinella e Hana Ros

Eu amo livros de divulgação científica, isso é um fato. E quando é possível aliar divulgação científica com quadrinhos e uma edição incrível da...

Com Sangue, de Stephen King

Há uma máquina criadora de histórias, com alto índice de produtividade e criatividade que finge se passar por humano chamado S.T.E.P.H.E.N. K.I.N.G. - Hoje...

Review | O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel

O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel é um thriller realmente psicológico que acaba de ser lançado pela Editora Verus. Você curte thrillers com...

Review | Sem Saida de Taylor Adams

Desde o fim do ano passado venho escutado que Sem Saída de Taylor Adams, lançado pela Faro Editorial é o livro de suspense do...

Review | Villette de Charlotte Bronte

Villette foi minha primeira experiência com Charlotte Bronte, e apesar de ser uma leitura lenta, tornou-se uma leitura interessante, principalmente pelo retrato da época...

Review | Neurocomic, de Matteo Farinella e Hana Ros

Eu amo livros de divulgação científica, isso é um fato. E quando é possível aliar divulgação científica com quadrinhos e uma edição incrível da...

Com Sangue, de Stephen King

Há uma máquina criadora de histórias, com alto índice de produtividade e criatividade que finge se passar por humano chamado S.T.E.P.H.E.N. K.I.N.G. - Hoje...

Review | O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel

O Segredo de Rose Gold de Stephanie Wrobel é um thriller realmente psicológico que acaba de ser lançado pela Editora Verus. Você curte thrillers com...

Review | Sem Saida de Taylor Adams

Desde o fim do ano passado venho escutado que Sem Saída de Taylor Adams, lançado pela Faro Editorial é o livro de suspense do...