Review | Dinastia da Noite, de Kristen Ashley

Review | Dinastia da Noite, de Kristen Ashley

Dinastia da Noite, da autora Kristen Ashley, é o terceiro livro da série Fantasyland, publicado pela Editora 3DEA. O livro é uma fantasia hot onde a personagem principal, Cora Goode, acaba acordando em um mundo de contos de fadas, onde ela podia falar com passarinhos. Cora, sem saber nada sobre esse novo mundo, sem querer, acaba desencadeando uma terrível maldição.

Nesse outro mundo, ela precisa lidar com um sombrio guerreiro chamado Noctorno, tão sombrio quanto cabeça dura. Só que Tor não acredita que a Cora que acordou em seu mundo é uma Cora diferente, pois a Cora de seu mundo é uma completa vaca (com o perdão para os animaizinhos). Tor e Cora precisam seguir juntos para sobreviver, enquanto Cora procura uma forma de voltar para casa e de não se apaixonar por seu irritante salvador.

Sinopse: Cora Goode acordou em um mundo de conto de fadas onde conseguia entender o que os pássaros diziam para ela; os homens montavam cavalos, usavam penas nos chapéus e os móveis eram milagres da marcenaria. O problema é: ela acha que está sonhando, mas, na verdade, tomou o lugar da Cora do universo paralelo. E sem perceber, dá início a uma maldição secular, que varrerá a terra se ela for capturada pela malvada Minerva. Então, Noctorno, um homem bonito e misterioso, está lá para salvá-la das garras das criaturas grotescas enviadas por Minerva para capturá-la. Porém, ele não gosta da Cora do seu mundo e acha que a nossa Cora é ela. E não importa o que se diga ou faça para tentar convencê-lo, ele não se convence. Mas Cora precisa do Tor para mantê-la segura e guiá-la através deste mundo fantástico, enquanto espera retornar para a sua antiga vida. A convivência dos dois será marcada por desavenças e brigas. Contudo, quanto mais tempo eles passarem juntos mais se apaixonarão.

A história de Dinastia da Noite é envolvente. As discussões de Cora e Tor são um prato cheio de diversão e sensualidade na mesma medida. É muito bom ver como a personagem precisa aprender a conviver em um mundo diferente do que ela está acostumada, e em como ela passa a lidar com cada descoberta.

_Como disse, gosto de ter você por perto.

_ Nós brigamos o tempo todo, – o informei de algo que ele já sabia.

_ De fato, e gosto disso também.

Os dois passam praticamente o tempo todo juntos, e eles brigam tanto que acaba rendendo momentos divertidíssimos na leitura, pois Cora tenta de todas as formas provar que não pertence àquele mundo. Mas Tor, mesmo estranhando as atitudes de Cora pois ela sempre fica deslumbrada com suas descobertas, ainda é resistente em acreditar. Ele prefere acreditar que tudo é um jogo, e tenta se manter distante para não se envolver. Mas já sabemos o fim de tudo: os dois acabam se envolvendo mais do que imaginavam.

Como nada é perfeito, minha crítica principal e mais importante ao livro é a revisão. Diversos momentos as falas dos personagens se confundiam, de modo que era difícil saber se quem estava falando era Tor, Cora ou outro personagem presente em cena.

E não foram poucas vezes que isso aconteceu para passar batido. Esses erros de revisão foram tantos que tornaram a leitura menos empolgante, e fez com que eu tirasse duas estrelas da minha pontuação final do livro. Não sei se esses erros estão presentes na edição e-book, pois li a edição física, mas reafirmo que esses erros aconteceram tantas vezes, que eu me irritava e largava o livro por um tempo.

Dinastia de Noite é um bom livro pra quem gosta de hot com uma pitada de fantasia. Recomendo a leitura após uma revisão mais acurada da editora em uma próxima edição.

Leia mais Reviews