Review | Ayra, de Andy Collins

Review | Ayra, de Andy Collins

Ayra, da autora Andy Collins (que é brasileira, por sinal), foi um livro bem aguardado por mim. Ayra foi publicado pela Editora The Gift Box e conta a história de um personagem secundária do livro Cage. Mas toda essa ansiedade valeu a pena?

A minha vida toda aprendi que o nosso passado faz parte de quem nos tornamos, que por mais que as memórias doam, elas não somem. Então é preciso lidar, encarar o feio para aproveitar o belo.

O livro Ayra conta a história de Ayra/Estela, personagem que aparece no livro Cage e que é a melhor amiga do personagem principal, além de ter um papel importante na trama. Andy Collins deixou o passado de Ayra um pouco obscuro, o que nos incita a ler a continuação.

Ayra não é um livro fácil. É um romance dark que tem vários gatilhos, sendo o principal abuso infantil. Ao ler o livro, conseguimos entender porque Estela se afastou de Cage logo após o final do primeiro livro, porque ela é tão fechada, porque não consegue confiar nas pessoas.

Você sempre soube lidar com as pessoas, agora precisa aprender a lidar com si mesma, Ayra.

O livro é intercalado com as narrações de Ayra e Daniel, outro personagem do primeiro livro que também saiu quebrado do último ato do livro Cage. Ayra, pela primeira vez em muito tempo se sentiu segura nos braços de alguém – dele – e demora a se permitir viver algum tipo de relacionamento mais íntimo com quem quer que seja.

Daniel é um personagem incrível construído pela Collins. Um pai muito bacana para o seu filho, que precisa enfrentar uma vida nova pela qual ninguém está preparado para enfrentar, e que se apaixona por Ayra e dá a ela o tempo e espaço necessário que ela precisa para conseguir sair do casulo onde está presa a anos.

Há muito mais dentro da carcaça quebrada. Mais beleza, mais força. Mais de você.

Eu realmente gostei muito de conhecer mais sobre a personalidade e de como os personagens principais saíram dos problemas que enfrentaram. Os personagens secundários são incríveis, principalmente o avô da Ayra – muito sensato – e o Javier.

Mas o que fez minha nota para o livro abaixar foram as lacunas que a história deixou bem abertas. Sabemos o que aconteceu no passado com Ayra e como isso abalou seu relacionamento com sua mãe, mas esse relacionamento não foi tratado no livro. A mãe de Ayra aparece umas duas vezes apenas e recebe um fim que me deixou meio perdida, porque foi uma resolução tão simples que desagradei. Sei que em muitos desses casos não há um final feliz na vida real, mas a decisão tomada pela autora não me agradou tanto.

Outro ponto que ficou sem explicação foi a relação tão intrigante de Cage no passado de Ayra. Sabemos que ele fez por ela algo que a ajudou muito, e sabemos o que ele fez, mas isso não foi bem explicado e deixou mais uma ponta solta.

 _ Já parou para pensar que talvez o dragão estava apenas protegendo a princesa? – Sua mão toca o meu joelho. – Que, na verdade, a princesa nunca precisou ser salva e que o dragão só afastava os príncipes porque não acreditava que nenhum deles a merecia?

Minha impressão geral do livro foi muito positiva. Ayra, depois de muito tempo (e terapia) conseguiu achar seu final feliz, assim como Daniel, e apesar das dúvidas, traumas e incertezas, eles conseguiram seguir em frente juntos. Ficaram alguns buracos na trama que poderiam ter sido mais trabalhados, até porque o livro é pequeno.

Relembrando que Ayra é um romance dark que tem temas delicados e a recomendação de leitura é para maiores de 18 anos.

Adquira o seu na Amazon clicando aqui.

Sobre o autor

Leia mais Reviews

Review| O jardim de bronze, de Gustavo Malajovich

O jardim de Bronze, do autor Argentino Gustavo Malajovich, foi trazido pela Tag Inéditos em parceria com a Globo livros em novembro . Trata-se...

Review | Contos Vol. 2, de H.P. Lovecraft

O volume dois dos contos reunidos pela Martin Claret do mestre do horror cósmico desta vez nos leva por um viés onírico, o chamado...

Review | Contos Vol. 1, de H.P. Lovecraft

A editora Martin Claret nos traz a peculiar e altamente influenciadora escrita de H.P. Lovecraft nesse primeiro volume de contos e nos mostra a...

Review | Custe o Que Custar de Harlan Coben

Custe o Que Custar é o penúltimo livro de Harlan Coben lançado nos EUA e o mais atual lançado aqui no Brasil pela Editora...

Review | Raio Negro: O Rei Aprisionado, de Saladin Ahmed e Christian Ward

  Com uma premissa inusitada desde seu título, afinal estamos falando do Raio Negro, um dos mais poderosos personagens de toda a Marvel, vê-lo aprisionado...

Review| O jardim de bronze, de Gustavo Malajovich

O jardim de Bronze, do autor Argentino Gustavo Malajovich, foi trazido pela Tag Inéditos em parceria com a Globo livros em novembro . Trata-se...

Review | Contos Vol. 2, de H.P. Lovecraft

O volume dois dos contos reunidos pela Martin Claret do mestre do horror cósmico desta vez nos leva por um viés onírico, o chamado...

Review | Contos Vol. 1, de H.P. Lovecraft

A editora Martin Claret nos traz a peculiar e altamente influenciadora escrita de H.P. Lovecraft nesse primeiro volume de contos e nos mostra a...

Review | Custe o Que Custar de Harlan Coben

Custe o Que Custar é o penúltimo livro de Harlan Coben lançado nos EUA e o mais atual lançado aqui no Brasil pela Editora...