Review | Amor Sob Encomenda de Carina Rissi

Amor Sob Encomenda de Carina Rissi foi um dos maiores lançamentos deste segundo semestre da Editora Verus, e vem dar seguimento a série de chick lits da autora iniciado com Procura-se um Marido e seguido por Mentira Perfeita

SINOPSE: Melissa Gouvêa está totalmente focada na profissão. Responsável pela situação financeira da família, incluindo o caro tratamento médico da mãe, a determinada assistente sonha em se tornar a produtora de eventos da Allure. Como se casar não faz parte de seus planos no momento, ela se assusta ao saber que o namorado foi visto comprando um anel de noivado. Mas Mel não devia ter se preocupado tanto, já que o anel não era para ela e, pior ainda, a Allure foi contratada para o cerimonial do canalha. Mesmo assim, Melissa aceita o maior desafio de todos: produzir o casamento do ex. A bagunça em sua vida aumenta quando ela se vê dividindo o apartamento com o cara mais irritante, cínico, atrevido – e muito lindo, infelizmente – que conhece. Melissa devia se concentrar em manter o que resta de seu coração a salvo e sobreviver ao casamento do ex. O problema é que o novo colega de apartamento confunde sua razão e seus batimentos cardíacos, despertando desejos avassaladores até então desconhecidos. Tarde demais, Mel se dá conta de que seu coração nunca correu tanto perigo. Amor sob encomenda vem cheio de humor, amor e emoção e apresenta uma história que nos fará refletir a respeito do que realmente é importante na vida.

Sempre gostei muito da escrita de Carina Rissi, e dentre as autoras nacionais ela é uma das minhas favoritas, e nesse ano tive a oportunidade de ler dois livros ótimos dela e que me surpreenderam, e foram eles  Procura-se um marido e Mentira Perfeita, e como Amor Sob Encomenda iria mostrar personagens dos livros anteriores, eu estava com uma ansiedade imensa para lê-lo.

Assim que o tive em mãos resolvi começar e como os outros livros da autora esse conseguiu me envolver, me tirou risadas, me fez ficar toda derretida com os momentos fofos e românticos que apareceram e é claro, como já é praxe também me fez querer bater na mocinha, porque Carina Rissi também tem um ótimo dom de criar protagonistas que fazem um monte de bobagens que não precisavam existir.

Algo que me encanta muito nos livros da autora e aqui não foi diferente, é o amor que os personagens sentem por suas famílias e isso sempre me fascina, e nesse caso a mocinha lutava para dar uma vida melhor para sua mãe que possuía um problema de memória, e sempre me sinto comovida com o modo como essas pessoas são abordadas e o carinho que seus entes queridos tem por eles.

Além disso, outra coisa que adorei foi o trabalho de Melissa, a mocinha, pois sua função era a organização de festas, e eu adoro esse ritmo, tanto que meus chick-lits favoritos trazem essa premissa.

Ainda, vale muito destacar a série de temas sérios e interessantes que foram trazidos neste enredo, que vão desde amor próprio, culpa, até traição, e ao mesmo tempo que eles são sérios também são sempre abordados com uma leveza que não deixa espaço para o livro cair nos dramas mais intensos.

Porém, como já mencionei houve coisinhas, ainda que pequenas, que me incomodaram e não permitiram que o livro se tornasse o meu favorito, estando com toda certeza na frente dele como meus favoritos  Procura-se um Marido e também Mentira Perfeita.

Uma dessas coisas foi a mocinha que ao decorrer da história acabou inventando algumas mentiras, e toda vez que surgia uma oportunidade de esclarecer aquilo tudo ela arranjava uma desculpa e isso foi me irritando, a ponto de que quando tudo veio a tona, da pior forma possível, é claro, eu não consegui mais ter tanta empatia por ela, porque senti que ela causou parte daquilo.

Além disso, eu já mencionei em outras resenhas de obras de Carina Rissi e volto a repetir que acho que um dos defeitos recorrentes na obra dela é o excesso de páginas e acho que umas 200 a menos iriam dar conta perfeitamente, além,  também, da repetição de situações, pois é um tal de encontra, desencontra, resolve, dá ruim de novo que isso acaba se tornando cansativo e aí pensamos; ok, agora já chega.

Porém, Amor Sob Encomenda é um bom chick-lit para entreter e divertir, e me envolveu intensamente.

Se é bom?

Com toda certeza.

Se tem melhores?

Tem sim, mas ainda assim recomendo muito, especialmente para os fãs da autora.

E você, é fã de Carina Rissi? Qual seu livro favorito da autora? Tem algum para indicar para nós?

Vamos conversar nos comentários.

E não se esqueça que temos muitas outras indicações, clique aqui e conheça um pouco mais.

E curta o Site Mundo Hype nas redes sociais, compartilhe com amigos e continue por aqui.

#pracegover,  na capa vê-se uma bela mulher em um lindo vestido longo azul claro,  caminhando sobre pétalas de rosas vermelhas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here