Review | Aluga-se um noivo, de Clara de Assis

Review | Aluga-se um noivo, de Clara de Assis

Eu não sou a maior fã de romances contemporâneos, muito menos de chick lit, mas a sinopse de Aluga-se um Noivo da autora brasileira Clara de Assis me ganhou no primeiro paragrafo. E, logo que o livro chegou aqui em casa (obrigada Editora Charme!), eu o devorei de uma única vez. Não consegui dormir enquanto não descobrisse todas as confusões entre Débora e Théo.

Aluga-se um Noivo conta a história de Débora, uma mulher que já teve diversos desentendimentos amorosos, e seu último que durou mais tempo, João, a trocou por uma antiga colega de faculdade de Débora. Como se isso já não fosse o bastante, João vai ser o padrinho do casamento do irmão de Débora. Como ela não quer parecer que sua vida amorosa era um desastre (mesmo sendo), Débora decide contratar um acompanhante para se passar por seu namorado. Só que, Carol, melhor amiga de Débora e uma das personagens mais divertidas desse livro, além de sensata, faz com que o namoro suba de patamar e que o rapaz contratado agora se passe por noivo de Débora. Confusão na certa.

Théo, o garoto de programa contratado, é tudo o que uma mulher como Débora sonha, em todos os sentidos. Ela acaba se apaixonando por ele e isso complica a relação entre os dois, já que Débora não sabe dizer quando Théo está atuando e quando ele está sendo sincero. E Débora também não sabe nada sobre o passado e a verdadeira identidade daquele homem que seu coração insiste em amar e declarar como seu.

O casal Débora e Théo tem uma química maravilhosa desde o início do livro. O primeiro encontro deles em uma livraria é ótimo e tive que parar de ler para rir demais da cena. Clara de Assis construiu na Débora uma personagem super divertida, intensa e extremamente insegura, tornando-a crível aos nossos olhos de leitores. Débora e Carol são a dupla dinâmica mais divertida dos chick lit que li até hoje.

_Recapitulando, ele disse que era com você que queria passar o aniversário dele e você não agarrou o cara?! Sinceramente, Debby, você tem graves problemas cognitivos. É muito, muito lerda, mesmo!

Théo esconde muito mais do que as garotas pensam, e sua vida dupla pode colocar tudo a perder em seu relacionamento/negócio com Débora. Ele é um homem misterioso, que some e aparece de tempos em tempos, mas que se mostra preocupado com Débora e em cuidar dela, desde preparar seu jantar até em leva-la para casa depois de uma noite de bebedeira.

Théo era mais alto, mais forte, mais bonito e, apesar de ele não saber, mais avantajado também, o que me fez rir por dentro.

Os personagens, tanto os principais quanto os secundários, são incríveis. São divertidos e super simpáticos. A família de Débora é um amor à parte, e Carol, como já disse lá em cima, é a amiga mais sensacional de todos os chick lit que li até hoje.

A história de Aluga-se um noivo é muito gostosa de ler, um amor que começou em um esbarrão em um local público, continuou com uma falta de comunicação e um acordo maluco e terminou com um final feliz (e com vários gritos porque da Débora não esperaríamos menos).

Só teve uma coisa que me incomodou muito na história: a falta de comunicação clara entre Théo e Débora. E esse foi o único ponto que me estressou nesse livro. Théo não tinha tantos motivos para esconder a verdade de Débora, e, se eles conseguissem se comunicar de maneira melhor, muita enrolação e briga teria sido evitada o tempo em que ficaram brigados. O segredo nem era que Théo é um fugitivo fora da lei para valer tanta enrolação para Débora.

Débora teve que passar por várias coisas que eram realmente difíceis para ela, mas, dentre o casal, ela estava sendo a mais clara dos dois. Ela é uma personagem incrível, que passou por vários momentos de superação até enfim encontrar e se declarar para o seu amor.

Aluga-se um Noivo é um livro divertidíssimo da Clara de Assis, que agora ganhou mais uma fã. Recomendado para maiores de 18 anos devido ao conteúdo sexual, mas uma leitura que encanta, diverte e te prende nas páginas. O amor de Théo e Débora é um amor bonito de se acompanhar.

Adquira seu exemplar na Amazon

Adquira seu exemplar no Submarino

Sobre o autor

Leia mais Reviews

Review | Esplendor da Honra, de Julie Garwood

Depois que li A Lady de Lyon da autora Julie Garwood, sabia que teria que ler outros livros dessa autora sensacional. E logo tive...

Review | Malorie, de Josh Malerman

Malorie de Josh Malerman, continuação do best seller Caixa de Pássaros foi o grande lançamento da Editora Intrínseca neste mês de julho. Em um ano cheio...

Review | A Canção de Sangue (Série A Sombra do Corvo 1), de Anthony Ryan.

A Leya recentemente lançou um comunicado sobre uma retração no gênero fantasia, justificando o abandono da publicação dos livros de Brandon Sanderson e de...

Review | Pecados Noturnos, de Islay Rodrigues

Pecados Noturnos é um romance de época da autora brasileira Islay Rodrigues. Esbarrei nesse livro por acaso e, depois de ler a sinopse, entrei...

Review | A Garota do Calendário (Janeiro)

Atenção, a review abaixo é escrita a base de ironia, deboche, sarcasmos e tudo que pode habitar num coração geminiano! Pois bem, A Garota do...

Review | Esplendor da Honra, de Julie Garwood

Depois que li A Lady de Lyon da autora Julie Garwood, sabia que teria que ler outros livros dessa autora sensacional. E logo tive...

Review | Malorie, de Josh Malerman

Malorie de Josh Malerman, continuação do best seller Caixa de Pássaros foi o grande lançamento da Editora Intrínseca neste mês de julho. Em um ano cheio...

Review | A Canção de Sangue (Série A Sombra do Corvo 1), de Anthony Ryan.

A Leya recentemente lançou um comunicado sobre uma retração no gênero fantasia, justificando o abandono da publicação dos livros de Brandon Sanderson e de...

Review | Pecados Noturnos, de Islay Rodrigues

Pecados Noturnos é um romance de época da autora brasileira Islay Rodrigues. Esbarrei nesse livro por acaso e, depois de ler a sinopse, entrei...